NotíciasOpinião

Análise: Por que a Apple limita tanto o iPhone?

Limitações do iPhone

Eu acho graça quando vejo noticias do tipo “Analista prevê que Android passará iPhone em 2012“. Acho graça não por ser fã da plataforma da maçã, mas porque é impossível prever uma coisa dessas, ainda mais se tratando da Apple, que já provou ter criatividade suficiente para mudar o mercado quantas vezes ela quiser. Fazer análise baseado em dados de hoje, sem levar em consideração os possíveis avanços tecnológicos que estão por vir, é chover no molhado.

Apesar de muitos reclamarem que o iPhone é “capado“, a verdade é que este é o grande trunfo da Apple. Isso porque, se o iPhone não tivesse as limitações que tem hoje e fosse possível fazer tudo o que é capaz, ele seria o supra sumo dos celulares, o melhor dos melhores; mas isso apenas por alguns meses. Logo os concorrentes iriam seguí-lo e começariam a adotar várias de suas características, aliás, como fazem hoje. E aí, como ele evoluiria se já estivesse no máximo de sua performance?

Atenção: não estou justificando e nem gosto dessa estratégia, só tento explicá-la.

Eu sei que é meio maquiavélica a ideia, mas os números a comprovam. Em março deste ano, falamos aqui na aceleração das ações da Apple depois do anúncio do iPhone OS 3.0, que desbloqueava algumas funções simples, tão aclamadas pelos usuários, como o copiar/colar, MMS e possibilidade de usar o telefone como modem 3G (tethering). Passados 6 meses, o valor das ações da empresa foram as que mais cresceram (61%) entre as gigantes tecnológicas como Dell (50%), Microsoft (37%) e Google (44%). A HTC, cujos smartphones trazem o sistema operacional Android, viu suas ações caírem 13% no mesmo período.

Ações da Apple em 6 meses

Ou seja, parece que a estratégia funciona. Talvez o próximo iPhone OS 4.0 traga como “novidades” a função de bloqueio de ligações externas, a gravação de chamadas e a possibilidade de trocar o fundo da tela de início, quem sabe? E mais: se isso acontecer, nós vamos adorar. Não porque somos fãs cegos influenciados pelo campo de distorção da realidade de Steve Jobs, mas porque sabemos da potencialidade do nosso adorado telefone e achamos o máximo quando a Apple resolve nos conceder a possibilidade de usar mais funções, sem termos que recorrer ao jailbreak.

É horrível para o usuário? É, e muito. Mas infelizmente vivemos em um mundo capitalista, onde todos querem comprar cada vez mais coisas novas. Se a Apple não apresentar um novo modelo com mais funções em junho do ano que vem, todos reclamarão e por isso ela reserva algumas funções para ir soltando aos poucos, dando tempo para ela criar coisas novas. Afinal, é impossível ser genial o tempo todo.

Mas uma coisa é certa: provavelmente o modelo de iPhone que será lançado daqui há dois ou três anos será muito próximo do aparelho ideal que todos sonhamos, com todas as funções liberadas e cheio de novidades que ainda nem imaginamos.

Afinal, Apple é Apple. 🙂

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Marcos Melo

    Deviam liberar o flashplayer. Não consigo acessar vários sites.

    • Daniel Costa

      Até lá pode ser que o flash nem seja mais essencial para visualizar sites ricos em conteúdos interativos e multimídia. É isso que a Apple quer com o HTML5 que inclusive já faz parte de todos os iPhones atuais.

      • [2] 🙂

      • [3] 😉

      • Bruno Júnior

        Pode começar a cantar “Sonho meu” então. Adobe está investindo massivamente na tecnologia flash, por sinal o Flash CS5 vai permitir criação de aplicações no iPhone. Fora Flex e Air… 🙂 Flash cada dia se mostrando mais forte.

  • Eu gostaria da possibilidade de liberarem totalmente o bluetooth, stacks, fone com controle de volume para todos iPhones (não somente 3GS), câmera de 5M com flash, bateria p/ 2 dias de uso intenso e avisar quando o café estivesse pronto.

    • [2] 😉

      Já vi q meus comentários hj, serão apenas concordando?

      hehe

  • Edu

    Eu só espero pro OS 4 em termos de recursos:
    .Suporte a widgets na tela unlock.
    .Background limitado para alguns apps, como streaming de audio (talvez numa API fazendo os mesmos correrem “dentro” do iPod.app, assumindo os controles e atalhos destes), e GPS.
    .Nova homescreen e com algum tipo de uso para landscape.
    .Suporte para que os apps se integrem com o iCal.app, possibilitando notificações offline em background.
    .Sincronia com o iTunes via WiFi, salvo, óbvio, atualizações de firmware.
    .FullScreen mode no Safari (sumindo os controles), através de uma simples chacalhada no aparelho.
    .Alguma espécie de Pasta ou App para arquivos centralizada para os arquivos, quem sabe aceitando um modo de disco.
    .Melhorarem ainda mais a interface, tanto em termos de beleza quanto funcionalidade.

  • boas observações iLex, vendo deste modo você está certo, mas acho que a apple não tem mais o que fazer no iPhone, o tamanho é o ideal para segurarmos a tela tem as dimenções apropriadas, tela touch screen, aplicativos maraviolhosos, mais também tem uma coisa: se or um momento um telefone ultrapassar o iPhone ou chegar perto de ultrapassar a apple liberaria as aplicativos ou pelo menos os melhores. Essa seria uma carta na manga que a apple esconde de todos, porém tá muito na cara, só que a apple deixaria de ganhar milhões, de todas as formas chegamos em um beco sem saída.

  • Diogo Freire

    Vocês já perceberam que só reclama do iPhones aqueles que NUNCA tocaram em 1?

    • Lipe

      err.. eu tenho um 3GS e reclamo um monte

      quem acha ele um celular perfeito, é no mínimo besta

    • Felipe Drumond

      Eu tenho um 3G 16GB. E acho que o iPhone deveria ter, no mínimo, as funcionalidades de um celular normal. O app de SMS do iPhone, se fosse mais básico, nem existiria! O fone, se você perder, só acha o do 3GS, que não funciona o controle de volume no 3G. As chamadas, não tem como salvar… e por aí vai. Graças a Deus, tudo isso depende de SOFTWARE.

  • JuniorCeara

    Gostaria que ele fizesse pipoca ;D

  • Vitor Sá

    Na visão capitalista a estratégia da Apple é perfeita. Para os usuários a solução imediata é o jailbreak.

  • iPc

    Se as pessoas lissem posts como esses que o iLex faz, do mundo todo, o iPhone cresceria ainda muito mais. Digo isso pq na minha classe de aula chegou uma menina com um Hiphone dakeles xing-ling e todos acreditaram! Se nao fossem a ignorancia de certas pessoas que nao sabem o que é um iPhone e o que nao é…
    Apesar de falar que era xing-ling, 1 semana chegou outra menina com um “mini Hiphone” escrito Foston na frente e falou que era verdadeiro… Merecia “apanha”!

  • Welton

    “Isso porque, se o iPhone não tivesse as limitações que tem hoje e fosse possível fazer tudo o que é capaz, ele seria o supra sumo dos celulares, o melhor dos melhores;”

    Então a Apple é do Futuro! ahuehuea 🙂

  • iLex, estou com um problema, não consigo colocar pontuação nas palavras, se der para você me ajudar ou quem sabe fazer um post sobre isso vai ser um favorzão.

  • Eder

    Provavelmente ele vira com muitas correçoes de hardware muito intenças
    camera
    wi-fi
    gps
    provavelmente deve melhorar muitas outras coisas
    mas o que deve vir sem duvida e provavelmente um bloqueio quase q definitivo
    mesmo cada vez mais as exploradoras operadoras do brasil vem colocando muita presao na apple
    deixando claro q sou a favor de bloqueio de aplicativos cracker
    afinal devemos todos pagar por aplicativos bacanas
    pois nos nunca pensamos nas horas ou dias trabalhados p q esses aplicativos tenha um funcionamento aprovado

  • Cara, você não acha que eles fazem esta limitação por pura precaução em manter a qualidade do software intacta de modo a garantir a mesma performance e duração de bateria para todos os usuários?

    Eu sou totalmente a favor do jailbreak, mas acho que não deveria ser algo totalmente bloqueado, mas sim uma opção a parte, para quem deseja fazer isto, e com um aceite de um termo explicando os riscos e consequências.

    • Não, não acho.
      Acho que tem limitações como falta de bloqueio de ligações e não poder apagar ligações ou SMS individuais que não tem nada a ver com o processamento do aparelho. 😉

  • Alex iPilot

    Já ouvi uma historia que há um campeão de salto com vara (acho que é a russa Isinbayeva) que vai quebrando os próprios recordes aos poucos, de forma controlada, porque a cada recorde ele (ou ela) ganha um prêmio $$$ extra…

    Parece a estrategia da Apple… Espero sinceramente que não seja isso, apesar de ficar mais claro a cada dia… 🙁 … Até acredito que outras empresas também adotem alguma coisa parecida, porém, muito menos aparente para o consumidor.

    Na minha opinião, esse tipo de atitude beira o desrespeito com o consumidor, descaradamente utilizado no joguete mercadológico para maximizar o lucro da Apple. Respeito aqueles que tem opinião diferente, mas estou decepcionado. Sou consumidor “de primeira viagem” da Apple e desconheço se esse modelo economico-tecno-mercadológico (eita) é hábito antigo da empresa. A mim não agrada e vai pesar na manutenção do iPhone.

    O fato que mais me aborrece (e me afeta) é o caso do tethering bloqueado para a TIM. Lembremos que a Vivo “livrou” a TIM dessa responsabilidade na questão (talvez até sem querer) quando esclareceu publicamente que a decisão quanto à liberação cabia à Apple (baseado em critérios técnicos questionáveis). Então a TIM tem razão quando diz que depende da Apple para que eu tenha o meu iPhone plenamente funcional.

    O iPhone é excepcional, assim como devem ser os outros produtos que não conheço, mas a Apple revela-se uma empresinha pequenininha… Pela forma como a vejo tratando a legião de fãs (ou apenas consumidores simples) ela não merece a posição que tem na Historia.

    • Alex, isso não é exclusividade só da Apple não, é uma prática muito comum nas empresas. O avanço tecnológico sempre foi barrado pelo interesse capitalista, ao mesmo tempo que foi sustentado por ele. É um dos paradoxos do mundo moderno.

      Em questão de smartphone, as outras também fariam, se não tivessem correndo atrás. Elas ficaram acomodadas durante muitos anos na mesma fórmula, até que chegou a Apple e mudou tudo, lançando um telefone completamente diferente de qualquer outro. Elas agora estão correndo atrás e só quem está na frente pode se dar ao luxo de economizar novidades.

      Não pensem que algum outro celular vai conseguir passar tão cedo o iPhone, porque quando tentar, a Apple vai vir com mais surpresas. O que temos que fazer é torcer para que os outros venham logo. Mas infelizmente por enquanto só o Android é considerado um concorrente de respeito, mas está tão atrás… :/

      • Olá iLex… Peço que você dê uma lida sobre Maemo 5 antes de falar que somente o Android é algum tipo de ameaça… devemos esperar também o Symbian^2 , Symbian^3 e Symbian^4… no Symbian^4 e Maemo 6 veremos uma boa revolução! para o Maemo 6 aguarde começo do ano que vem, Symbian^4 demorará um pouco… Maemo 5 é este mês ainda!!!

        • Eu estava falando de presente não de futuro. 😛

          • cara, nao sei como seu comentario apareceu depois do meu e mostrando que foi feito as 22:04 enqto escrevi efetivamente as 23:22, mas de qq forma me parece que seu relogio nao foi ajustado ao horario de verao e, o mais estranho ao que parece (mas espero estar enganado), o servidor nao usa o horario dele proprio para colocar as datas no post! se for, meu post vai aparecer as 18:39 que ajustei o relogio aqui pra testar. 😀

    • Felipefp

      Alguém acha q o Ussain Bolt já correu o mais rápido que ele pode??? hehehe

  • Edguitarra

    O que acho ridículo é a Apple não ter implementado antes funções básicas como: MMS, Copiar e Colar, gravar vídeos, etc. A empresa achou que não precisava disso pois ia criar uma ferramenta totalmente nova, realmente criou, mas para quem tem um smartfone hoje, essas aplicações são básicas e indispensáveis.
    O mais impressionante é o poder que a Apple possui, pois quando ela apresentou o implementação dessas funções, no OS 3.0 na WWDC 2009, todo mundo aplaudiu como se fossem super invenções que nunca tinham visto antes.

    • A Apple criou um OS para celulares totalmente dela, baseado num sistema de computador (Mac OS, UNIX) então para desenvolver em tempo hábil, na primeira versão do iphone os não havia muitos recursos e nem otimização suficiente. As pessoas aplaudiram porque gostam do iphone, e viram que seu querido aparelho agora tem suporte a funções realmente básicas! Concordo que se tivesse saído de cara com suporte a várias coisas simples como MMS teria uma aceitação muito maior, principalmente do iphone 3G na europa, mas ao menos a forma que o Tio Jobs trabalha é essa, fazer bem feito (apesar dos defeitos, ele nao é lotado de bugs como o N95 em seu primeiro firmware) (falo do N95 por exp. própria)

  • Ale

    Isso que eu queria te perguntar iLex.
    A falta de programas como o iBlacklist na AppStore se deve ao bloqueio da Apple? Isso fere alguma regra de programação do iPhone? O iBlacklist interfere tanto assim no core do OS?Ando achando que sim pois eu ainda não tinha feito jailbreak do meu GS. resolvi fazer semana passada por saudade do iBlacklist. Só tenho ele e o SBSettings instalado. Minha bateria ficou um lixo….

    • O iBlacklist interfere da parte do sistema do iPhone, o que é vetado pelo SDK oficial. Ou seja, não teremos tão cedo um programa similar na App Store…

      • E se tiver será feito pela Apple. Ela nunca habilitaria o recursos necessários para os desenvolvedores, porque esses recursos sim, podem avacalhar muito com o funcionamento do sistema, criação de vírus e esses lances.

      • Alexandre

        Eu acho que a liberação de uma função como a do iBlacklist pode comprometer o crescimento do iPhone no mercado corporativo. A possibilidade de bloquear ligações pode não ser vista com bons olhos por chefes de empresas que esperam ter acesso imediato aos seus subordinados.

        Uma coisa que me incomodava muito no iPhone (e que me deixava com saudades da plataforma Palm) era a dificuldade de se enviar documentos para o aparelho. Sempre ter que criar um rede ad-hoc ou estar na mesma rede wireless que o computador, ativar um servidor no iPhone, conectar-se ao iPhone através do Finder ou do Safari era uma tarefa que me deixava com preguiça. Meus problemas foram resolvidos quando assinei a MobileMe e passei a deixar a minha pasta Documentos em sincronia com o iDisk. Agora basta ter acesso à rede 3G para acessar todos os principais Documentos do meu computador pessoal no iPhone.

        Java é uma coisa que faz falta, mas acredito que nunca será liberada pela Apple porque ela perderia completamente o controle dos Apps. Já o Flash Player acho que pode ser viável num futuro próximo.

  • Ale

    Continuando….. Estou ate pensando em desfazer o jailbreak de tanto que aumentou o consumo da bateria. Faz sentido esse aumento de consumo se não interferisse tanto?

    • GRM177

      É, ando louco para fazer o JB agora com o Blackra1n que tornou isso muito simples, no entanto, sei de OS’s anteriores que queimavam chips wifi (se não me engano era algum dos 2.X.X), o que foi corrigido no 3.0 (por isso muitos usuários acharam que o wifi piorou, pois o chip era overclocked pelo sistema). Da mesma maneira, cada OS novo procura otimizar a bateria (embora alguns como o 3.1, talvez tenham prejudicado). Então, me preocupa um pouco utlizar um sistema customizado por pessoas que embora muito capazes para abrir as limitações do iPhone, não tem o conhecimento amplo dos engenheiros e programadores da Apple.

    • Roger

      Acho que você desconfigurou alguma coisa. Tenho um 3GS no OS 3.1.2 e minha bateria sem jailbreak estava uma vergonha, no standby durava pouco mais de um dia (detalhes a parte que tentei trocar o aparelho e Apple e operadora ficaram jogando a responsabilidade uma para a outra). Fiz o JB, alterei algumas configurações e não é que a bendita ficou uma belezinha?

      • Ale

        Que eu tenha percebido, as configurações continuam as mesmas.
        Deixo durante o dia só o Wi-fi desligado, com 3G, bluetooth e push ativados por padrão.
        sempre carreguei ele toda noite.
        agora, se eu não deixar carregando no carro enquanto estou dirigindo (que em são paulo náo é pouco tempo), ele entra no vermelho no meio da tarde….. tá foda…. estou quase desfazendo o jailbreak….
        e olha que eu intalei somento o iblacklist e o sb settings dos progamas do cydia…..

  • GRM177

    Muito boa análise, só um acréscimo: é natural que as empresas não soltem tudo que podem de uma vez, não conseguiriam se renovar continuamente se fosse assim, no entanto, o que me faz pensar em abandonar o iPhone (e me fez por exemplo não comprar um Macbook Pro e mudar de plataforma) é o fato de funções já liberadas (tethering, voip via skype) se tornarem escolhas das operadoras (dispensáveis, a Apple não precisaria disso, vende todos os outros produtos independentemente disso, e mesmo que não desse tais opções, as operadoras, ainda assim, iriam querer vender o iPhone pela óbvia razão de que o usuário quer o iPhone).

    Então simplesmente considero inaceitável o fato de uma escolha que deveria ser minha, por um aparelho que eu paguei, ter uma função limitada a uma opção de um burocrata que muitas vezes mal sabe o que significam conceitos como Internet e iPhone. Considero inaceitável também, upgrades que são mais downgrades, sem aviso de que se tratam de atualizações irreversíveis (embora eu tenha conseguido retornar ao 3.0.1), coisa que nunca vi em nenhuma outra plataforma ou produto, literalmente uma armadilha. É uma filosofia nefasta e que no fundo nos chama de idiotas, o produto (hardware) sem dúvida é ótimo, mas abri mão de um Mac Pro pq não quero ser refém dessa empresa.

    Agora para ter tethering, ou faço JB (que curiosamente eles, da Apple, não querem), ou deixo de usar a Tim e fico apenas com a Vivo (que é a operadora mais cara). Mas principalmente a armadilha que foi a atualização para o 3.1 não engoli ainda.

    • Os computadores não precisam de operadoras como o iPhone precisa.
      E outra, não pense que as operadoras não liberam o tethering ou o VoIP porque são más. Elas fazem isso exclusivamente porque não seriam capazes de suportar um tamanho aumento da demanda. A culpa é da fragilidade da rede.
      A AT&T é uma gigante comparada com nossas teles, e mesmo assim está sofrendo com isso…

      • GRM177

        Em parte, iLex. Por exemplo, primeiro no caso do tethering, a grande maioria dos usuários que conheço não usariam o iPhone como modem 3G (um modem 3G custa mixaria, isso quando não vem de brinde num plano de dados ou já embutido no notebook/netbook), meu caso, por exemplo, não tenho cable disponível na região, preciso de ADSL (que é instável), o tethering é uma ótima opção de emergência quando muito eventualmente fico sem Internet, ou em caso de uma viagem, não consumiria nada significativo.

        E me parece que elas (operadoras) estão se matando para vender planos de dados, cancelei meu ilimitado da Tim, pois não faz sentido sem tethering, mas vivem enchendo para eu refazer. O problema é que nas reclamações que fiz para a Anatel (e consequentes respostas, eles não sabem direito sequer o que é tethering, e todos os técnicos que entendiam juraram que não é bem assim a história da operadora solicitar para a Apple liberar, parece que a Apple exige isso por contrato e tem um custo – não acredito necessariamente em nenhum dos lados, ambos não são de confiança, a Apple já deu provas disso com as mentiras no caso dos apps do Google).

        Com relação ao voip over 3G/Edge, ok, concordo, isso exige capacidade de tráfego, mas a questão é a seguinte, o que eu usuário e comprador da Apple tenho a ver com isso? Pode parecer uma posição superficial, mas não, por que a Nokia/Samsung/Outras não criam esses entraves (N95 e seguintes, todos tem tethering nativo, inclusive como router). Sei bem das questões técnicas, sei que tudo tem dois lados, mas a Apple opta reiterada e demasiadamente pelo lado da operadora sempre, eu realmente não gosto da filosofia da empresa (não gosto de muitas, mas a da Apple em especial me decepciona pq eles amam se fazer de bem intencionados, não é a toa que embora eu seja um usuário/comprador, muitos não são, são simplesmente fans de carteirinha e qualquer discussão fica próxima a algo messiânico, Apple é como religião para alguns).

        Um exemplo do abuso que já não tem sentido algum? Por que diabos não liberar todos os iPhone Classic (desbloqueio, digo), pois é via iTunes mesmo, tendo em vista que parte do sucesso da primeira geração, que abriu caminho para as seguintes, se deve também a esses compradores de outros países.

        Me parece mesmo que falta uma certa sensibilidade em relação ao usuário, se a operadora não se atualizou ou opta por viver no passado ok, mas acaso já vimos alguma marca de carros limitar a velocidade em 100km/h só porque o limite de velocidade máximo é esse e porque o governo não investiu em boas estradas em tempo?

        E embora a Apple possa depender das operadoras para comercializar o produto, isso não é necessariamente assim, ela optou na verdade por isso para lucrar mais.

      • Acho que me expressei mal, o que eu quis dizer é que o iPhone precisa de uma linha telefônica (operadora) para funcionar, senão vira só um iPod touch…

        E muita gente já declarou aqui que cancelou o plano de dados com o modem 3G depois que conseguiu o tethering com o iPhone, isso porque é muito prático, você não precisa nem tirar o aparelho do bolso para se conectar.
        A facilidade do iPhone faz a gente usar muito mais os serviços, diferentemente de um N95. Já ouvi muitos relatos de pessoas que afirmaram que o iPhone foi o primeiro celular em que elas usaram todas as funcionalidades, nos outros geralmente se limitavam a usar o telefone e a agenda (que na verdade era mais uma lista de números do que agenda).

    • iSam

      Primeiro, desculpe o offtopic. Segundo, só pra constar, tenho birra com a Vivo. Mas falar que ela é a mais cara é mancada. Tô louco pra sair dela, mas descobri que não tenho pra onde ir. Qualquer outra operadora está cobrando pelo menos quase o dobro do preço no minuto da ligação!

      • GRM177

        Desculpe, mas não concordo. Ao menos não no RS, sou usuário Vivo e Tim, e já fui Claro (talvez a Claro fique pau a pau com a Vivo).

        Num plano Infinity da Tim, vc consegue falar ilimitadamente, inclusive via DDD, com outra pessoas da mesma operadora, veja o caso, minha namorada p. ex., que mora em SC, e eu moro no RS, nenhuma outra operadora oferece algo semelhante para que eu possa falar a vontade com ela. Mas nas ligações locais paga só o primeiro minuto também.

        Um Infinity de 160 min. da Tim custa certa de R$ 90 (com Internet ilimitada vai a 130), o Escolha 180 da Vivo quase R$ 200.

        Já no plano empresarial que possuo com a Tim, ele oferece a mesma quantidade de minutos por 40% do valor cobrado em um plano empresarial da Vivo.

        Não gosto muito da Tim, mas de todas que usei é a que menos incomoda. Em termos de serviços e estrutura a Vivo é a melhor, mas se não for a mais cara, a única que se aproxima é a Claro (essa é a pior das piores para mim).

      • iSam

        Ah, é que vc está contando que vai ligar para a mesma operadora…
        Eu telefone pra muita gente e normalmente não sei pra qual operadora estou ligando…
        Experimentei um plano infinity que seria “equivalente” ao que tenho na Vivo. Gastei pouco mais de 2x o que gasto na Vivo (tudo bem que não é legal falar de valores… mas meu minuto é $0,28 na Vivo – e na pessoa física! – e TIM cobra $0,56 se não me engano… só me cobra pouco se eu ligar pra números dela, coisa que não é certo que vai acontecer)

  • Jose

    Legal o post.
    Com certeza o OS 3.0 deu um UP nas ações da apple, mas isso está longe de provar uma relação causa-efeito entre a estratégia de limitação de funcionalidades e o sucesso da empresa. Isso so mostra que funcionalidades novas atraem clientes e consequentemente investidores, obviamente, diferente de provar o sucesso da limitacao do aparelho.
    E mais uma coisa que eu discordo é que em tres ou quatro anos teremos um aparelho perfeito. Acredito que o desejo dos clientes por novas funcionalidades cresce na mesma proporcao que a tecnologia avanca. Se hoje temos tethering e mms, amanha desejaremos uma camera com 10mp e flash, televisao, identificacao biometrica, utilizacao do celular como cartao de credito e principalmente, uma bateria que aguente tudo isso e ainda caiba num aparelho de tamanho reduzido.

    Parabens pelo blog.

  • mvsv

    eu tendendo essa tecnica assim:

    iPhone: lançado em 2007, o celular que revolucionou o mundo.
    iPhone 3G: lançado em 2008, nada tão significativo se não o 3G e GPS
    iPhone 3GS:lançado em 2009 com bussula, comando de voz, camera de video…

    notaram que mudanças significativas só foram implementadas no ano em que o contrato de fidelidade com a AT&T acabou?

    o iPhone 2010 não vai trazer muita coisa nova (quem sabe o flash), mas o de 2011 vai trazer radio, videochamada, java (supondo é claro) para os que tinham contrato com a AT&T renovarem o contrato denovo

  • Eu ja acho que o problema da Apple é que ela, como qualquer outra empresa, é nova no setor de telefonia, então acho que demora-se pra fazer um sistema “novo” e “totalmente funcional”. E como a Apple gosta que as coisas sejam perfeitas, ela prefere estudar a função, trabalhar na função, deixa-la perfeita e depois lança-la. Pensem nisso 😉

  • Joey

    Exatamente, controle do mercado.. fazer o que..

    Todo mundo sabe o quão fácil a intel pode fabricar um 50core a preço de core2duo… mas pra que pular todos os estágios?

    Quem agentar esperar se dá bem.. facil, uma hora acontece.

  • JPSAL

    O trunfo da Apple foi lancar uma interface muito boa (que foi o principal motivo de eu trocar meu Nseries pelo 3GS) e nao descontinuar o suporte, além de nao liberar todas as funcoes de uma vez. Assim, ela mantém o hype absurdo em torno de upgrades que podiam ter integrado o produto desde o comeco.

  • Fernando

    AVISO: Vou fazer uma comparação muuuuuito tosca…

    Quando foi lançado o Playstation 3, os esforços mudaram tanto de direção que o Ps2, hoje em dia, tá praticamente morto, caindo no esquecimento… Jogos novos e bons são lançados só para a nova geração, até mesmo porque o Ps2 já tinha atingido seu potencial máximo

    Voltando pro caso do iPhone… acho que 3G ainda tem um baita potencial, mas outro dia já achei alguns apps específicos para o 3GS.

    A Apple ainda tem planos pra explorar o máximo de potencial do 3G? Ou a tendência é que as “boas atualizações” sejam mais voltadas para o 3GS e o 3G aos poucos vá caindo no esquecimento?

    Por exemplo… a gravação de vídeos está disponível só para o 3GS, certo?
    Mas já vi um 3G com jailbreak que tinha um aplicativo para a gravação de vídeos… e com qualidade boa. Não seria possível uma atualização de OS pela própria Apple pra habilitar essa função de vídeo no 3G?

  • Alex iPilot

    Pois é, iLex, mas essa estrategia de “segurar” tecnologias prontas para implementação eu só vejo na industria automobilística, por exemplo os sensores de estacionamento, baratos e simples que todos os carros poderiam ter; até o Mercedes “top dos tops” que esta causando furor só porque tem um LCD que desenha os instrumentos no painel, coisa simples e barata de fazer…

    Eu não via Motorola, Ericson e Nokia com produtos “na gaveta” esperando o mercado, nos tempos idos da telefonia celular. Aliás o que sei da Motorola é a fama de lançar tecnologia, deixar a patente aberta e “partir para outra”. Em outro ramo de ponta, há o exemplo da Panasonic que é líder na (caríssima) pesquisa de painéis de plasma e vende para todos os concorrentes… Quem ganha são os consumidores.

    Na Apple/iPhone há os exemplos do copiar/colar, mms, vídeo, tethering, …, não estariam disponíveis desde o primeiro modelo? E a bússola? Não estaria no 3G? Já vi algumas desmontagens comentadas e nenhuma identificou a (suposta) novidade do “magnetômetro”… Já foi comentado um chip para radio FM. Quem sabe já não poderíamos ter TV digital no iPhone?

    Eu confesso minha ignorância a respeito do Android. Preciso atualizar isso. Não vejo a concorrência “correndo atrás” muito longe. Ela tem câmeras melhores, video-chamada, interface “multi touch”, flash, TV digital, etc. Afinal o que o iPhone tem hoje que é melhor? A bússola, o design e o Safari sem flash. Não é pouco? Para ainda nos privar, deliberadamente, do básico?

    • Não caia no erro de achar que ter “argumentos melhores” significam que o celular será o preferido.
      Eu testei por um tempo o G1 Android, para uma pesquisa de mercado e devo dizer que depois de 2 dias, se me dessem um de graça, com a condição de não usar mais o iPhone, eu recusaria na hora.

      Não adianta um outro ter uma câmera de 5 megapixels ou rodar flash, se nos detalhes e na facilidade de uso ele perde.

      • Fabi

        É exatamente neste quesito que o iPhone me pega, “facilidade de uso”
        Sempre gostei de trocar de telefone, meus amigos vinham me perguntar antes de comprar um aparelho para ver o que eu estava usando, ou qual era o melhor no momento.
        Realmente não adianta ter camera de 5 megapixel rodar flash e você quase morrer para conseguir editar uma foto ou até mesmo configurar data e hora.
        Desde 2007, quando foi lançado o iPhone, eu sosseguei com essa neura de trocar de aparelho.
        Bom, na verdade não sosseguei não, estou no terceiro iPhone 😉

    • E quanto a estratégia de “segurar tecnologias”, já foi citado o exemplo aqui das fabricantes de chip. 🙂
      Hoje acontece muito menos, mas quando havia a corrida por MHz dos computadores, isso era um fato bem conhecido.

      • iPc

        Momento brinks:
        Nakele tempo…
        E ae tudo supimpa? Qual é o seu processador e sua memoria do pc?
        A, meu é um q montei faz pouco tempo, pc para jogos, 55 MHz e 5 bytes de memoria!
        Nossa, vc manda um homem pra lua com um pc desses!!!

  • Joao Paulo

    Isso sempre foi assim em tecnologia.
    Quando lancaram o CD ja tinham tecnologia por CDR e nem por isso lancaram junto…..

  • Júlio

    Não é questão de “se liberar todos os recuros ele será o supra sumo e logo todos irão segui-lo.” Olha, a gente sabe que tem muito smartphone e até os genérico phones que tem recursos que o próprio iphone NÃO tem simplesmente por não ter sido feito pra isso. Tem bluetooth? tem! É liberado? Não! Pra que ter então? Tem rádio? Não! Radinho qualquer celular merreca tem, porém, mesmo sendo um recurso basicão, MUITA gente gosta e sente falta. E o rádio é só um pequeno exemplo.
    A Apple não é a deusa do mundo. Eles mudam o mercado? Claro. Mas vale lembrar que bem antes de a Apple resolver entrar no ramo de telefonia, mesmo com um único aparelho, antes já tinha muita empresa com muuuuuuuuita cancha no ramo. Vejamos aqui….alguém lembra quem foi a primeira empresa a lançar um smartphone?

    • Vejamos aqui: de quanto foi o prejuízo da Nokia nesse último trimestre? 😛

  • LeonardoD.

    pra mim, a prioridade máxima que faz falta é a capacidade de compartilhamento de imagens e músicas com outros celulares.
    talvez isso seja liberado nas próximas versões…

  • Felipe Drumond

    Wesley e iLex, eu não posso afirmar que seja isso, mas apostaria todo meu dinheiro dizendo que é a obsolescência programada. Você compra um Apple iPhone 2G 8GB, quando, na verdade, o mercado já tem rede 3G e celulares fazendo video chamada. Então a Apple lança o 3G, sem vídeo chamada, com uma câmera que quase sempre deixa a desejar, quando um Nokia 5610 de R$ 400 tem 3G, vídeo chamada e câmera 3.2 com estabilizador. (Meu cel. anterior era um destes). Daí a Apple lança o 3GS, com funcionalidades que o 3G poderia ter. Mas não libera por que? Pra você enfiar a mão no bolso novamente. Resumindo… o que a Apple criou foi um produto com a obsolescência programada, para que sempre um modelo tenha uma característica diferencial para animar o consumidor a gastar.

    Só que, como todos sabem, a concorrência está querendo pegar o vácuo. Outro dia um amigo me mandou o link de um HTC (http://www.htc.com/pt/product/touchhd/overview.html). Esse aparelho é 3.5G, tem câmera de 5MP e uma segunda câmera, VGA CMOS para video chamada, tem muita memória RAM, um processador de 528Mhz, GPS e G-Sensor (acelerômetro), wi-fi, bluetooth, etc… Resumindo, em termos de hardware, eu diria que já está jantando o 3GS.

    Agora, graças a Deus a Apple inventou o SDK e a Apple Store. Senão, seria um celular touch NORMALÍSSIMO, principalmente se levarmos em conta a falta de funções básicas que, de verdade, não existem no aparelho.

  • JanjaBoy

    É o pessoal que tem bola de cristal, também achava que o Palme Pre seria o iPhone Killer. Não foi dessa vez….

  • Lucas

    Acho que é por isso que ela quer tanto bloquear o jailbreak, pensamos, com jailbreak liberariamos o aparelho por completo,e a apple não teria como fazer isso “no momento certo” pra conseguir mais compradores,correto?

  • paulo sampa

    somos fãs cegos influenciados pelo campo de distorção da realidade de Steve Jobs

  • felipecruz

    Ilex,
    aproveitando o post do colega ae sobre os hiphones xingling, tem um blog quase igual a esse aqui só que é dedicado ao hiphone. Que barbaridade. ehehehehehe

  • GRM177

    Penso que – embora marketing segmentado e reserva de tecnologia façam parte das empresas, e está correta essa colocação na análise, é assim mesmo – a Apple não deveria tratar o consumidor como um incapaz tomando todas as decisões ou, pior, deixando a critério de terceiros. A Apple só existe enquanto tiver utilidade e servir ao consumidor, não o oposto, mas muitas vezes parece haver pessoas lá dentro que pensam o oposto (ao menos é o que se deduz de algumas atitudes da empresa), caso contrário, por que não liberar o desbloqueio para aparelhos já com dois anos (que não traria prejuízo algum a essa altura do jogo) como o caso dos usuários do Classic que necessitam obrigatoriamente de jailbreak, curiosamente, o jailbreak que de modo algum eles querem que o usuário faça, incoerência enorme.

  • Rafael Nogueira

    Mas que o Android passara o iPhone OS em quantidade, certamente passará. A qualidade na minha opinião será a mesma, é só visualizar um comparativo com o Hero. Mesmo o Android sendo tão recente está com uma maturidade incrivel.

    A lista de lançamentos de telefones com Android (já no Brasil, visualizado recentemente em notícia publicada na Globo) será grande no natal, ou seja não será apenas o G1 ou G2… etc que concorrerá, e sim uma grande lista. E para quem mecheu nos novos smarts com Android (como o Hero) tem uma boa idéia de capacidade do sistema! Possui realmente o mesmo nivel do iPhone OS. Ganha em vários pontos e perde em outros, mas no final da para concluir que é um verdadeiro corrente de ponta com o nivel de um iPhone OS com originalidade (e não apenas uma imitação como o caso do Palm Pre). Sem contar que vem de uma empresa que costuma oferecer serviços de qualidade. Mas bem, quem ganha somos nós, pois havendo concorrente de qualidade, haverá necessariamente lançamentos de forma muito mais rápidas e interessantes.

    • GRM177

      Nem é só qualidade (que muitas vezes acho que o Google deixa a deseja por investir em mais frentes do que dá conta, no final não fazendo muitas coisas direito), mas o detalhe é que o Google é incansável, gosta de briga e tem um orçamento sem fim. Mais o fato de que as outras empresas não devem gostar de ficar na mão da Apple, preferindo diferentes marcas e aparelhos com uma mesma plataforma, não sei, não usei o Android, no momento gosto do iPhone, foi o primeiro aparelho que tive que não tem prazo de validade, continua se inovando e atualizando um ano depois da compra, mas se tem uma coisa certa nessa vida é a mudança, é bom que o iPhone tenha concorrência de verdade.

      • Rafael Nogueira

        Mas veja que estás apenas fazendo comparativos de “acho”, já que nunca viu um htc hero, ou um mais atual com Android. Também possuo iPhone (desde o classic) e já estou em meu terceiro (e com certeza bem satisfeito! Muito mais do que com todos os outros telefones que já possuí) . Mas nunca tinha visto um concorrente (que não imita completamente o iPhone) e com tanta qualidade como o Android… E acredite, está tão bom quanto o iPhone! Esta com um visual bonito e fácil, e com manuseio tão agradável quanto o iPhone e sempre gostei de todos os serviços da Google da mesma forma que gosto dos da Apple. São duas empresas indiscutivelmente excepcionais, com excelente qualidade de tudo em que se focam.. o que nos faz esperar uma boa concorrencia.

        Não leve isso como um ponto negativo, pois assim como disse anteriormente, apenas com boa concorrencia que teremos com rapidez as melhores novidades e lancamentos!

  • GRM177

    Outra coisa, não que faça diferença, mas da mesma forma que não querem o jailbreak, impulsionam o usuário para isso, na medida que no JB teria tethering, full skype, atalhos mais decentes, vídeo e percentagem da bateria, mesmo no 3G… por que razão vou continuar pagando os apps como fiz até hoje? Se a empresa me empurra (empurra o usuário em geral) para a clandestinidade, que haja coerência, serei clandestino em todos os aspectos, para que pagar app de U$ 100… não entendam errado, tanto não defendo pirataria que, nem no iPhone, nem em meu notebook há o que não tenha sido adquirido legalmente, mas se isso vier a acontecer, não podem se queixar depois, no fundo, o jailbreak só existe por opção da Apple.

  • ifire

    Todas empresas de tecnologia seguram as suas inovações a Sony é uma delas exemplo de hoje em dia é o BD (blue ray disc) já faz quase um decada que ela tem discos de 100 gb mais lançou primeiro o tocador a um preço absurdo e agora passa ao gravador com 25 e 50 gb ainda falta o de 75 e 100 gb e provavelmente já tenha o disco que a fuji naquela epoca já tinha em mãos de 1 tera. O que me irrita são as criticas em cima da Apple quase sempre sem base e como se a concorrência tivesse algo melhor, mesmo tendo ou sendo melhor o que estaria fazendo que não muda de dispositivo, falo de dispositivo porque o Iphone não é nada daquilo que já existe, como diz o Steve, phone + ipod + internet.

  • cj

    Já pensaram que a tecnologia flash no iPhone + html 5 pode causar 1 redução no numero de desenvolvedores de apps?
    pq daria para ‘fazer aplicativos’ em flash, que funcionariam offline, e poderiamos ainda criar atalhos no desktop do iphone (como ‘ atalho para 1 página do safari)

  • Caro iLex,

    Não concordo com essa sua visão da política da Apple para o iPhone. Se você observar toda a linha de produto Apple, principalmente na área de softwares, verá que a Apple tem por hábito sempre limitar seus softwares que tem como clientes o grande público, como o iMovie, iPhoto, iWeb e etc.

    O iPhone OS é desse jeito para oferecer ao usuário comum, sem conhecimentos técnicos, uma excelente usabilidade. Usuários que estão usando iPhone muitos deles são usuários de smartphones pela 1a vez na vida. Não se importam com multi-tasking ou qualquer outra coisa que nós nerds nos importamos? Eles querem apenas um telefone que mande e-mail, navegue na internet e tire fotos. Vide o ranking das cameras que fornecem fotos para o Flickr.

    O Cut/Paste não foi um feature que seguraram para impressionar depois. Eles queriam uma maneira fácil, sem complicação e que não causasse nenhum crash para essa simples operação. E eles encontraram uma.

    Qualquer pessoa que trabalha com suporte sabe que quanto mais possibilidades você oferece ao usuário comum, maior a possibilidade de algo dar errado. Até mesmo a simples possibilidade de colocar uma imagem de fundo geraria problemas (qual formato de arquivo? E o tamanho? Pode qualquer coisa?) e principalmente gerar frustração.

    Se para nós geeks essas limitações frustam, para o usuário comum, o João que compra o iPhone porque quer um telefone “cool”, nem percebe.

  • Dynho

    Pra que esquentar gente?! O fim do mundo vai ser em 2012…

    • Beto

      É verdade!! Relaxem!! Steve Jobs terá q lançar o produto final “supra sumo” em 2012 tomara q seja em janeiro pra dar tempo de usar um poko e ter do que reclamar!!! 🙂

  • Qual a graça de ficar eternamente esperando as coisas? Eu já faço tudo o que preciso num smartphone desde 2005. Skype, modo de modem, gerenciamento de chamadas e SMS do jeito que eu bem entender.

    Uma coisa é usar um aparelho como aliado no trabalho, uma ferramenta de produtividade. Outra coisa é produzir um celular bonito, fácil de usar, para coisas básicas, como abrir um browser ou ouvir música e… principalmente porque está na moda, pura e simplesmente. Isso explica os números.

    Digo com conhecimento de causa. Tenho aqui Symbian, Windows Mobile, Android e iPhone. Uso todos. O iPhone é o que mais deixa a desejar em recursos de produtividade.

    • ifire

      Bia Kunze me diga se vc conhece o 50.000 aplicativos um a um do iphone e diga qual função que vc encontrou em outro que o iphone não tenha :?? agora se o iphone não fosse bom não estaria ditando as regras, não sou eu que estou falando é só olhar os lançamentos. O mundo agora é touch graças a quem ?? quem não tem o iphone tem uma cópia.

    • Daniel Taiguara

      Bia eu sempre tive um N95 ( n85, e71 e depois mais tops da nokia ) e troquei pelo iPhone minha produtividade é baseada em web e nada melhor que o navegador do iPhone para me dar ela !
      Acrescentei ainda um pouco de diversão tambem na historia coisa que os games do N95 nao se compraram, facilidade de intalação de aplicativos e atualização de sistema nem se fala !

      Ainda bem que apareceu um iPhone na jogada se não hoje nao teriamos um N97 ou o N900 !

      Sem querer plagear o Rodrigo Toledo mas pegado emprestado as palavras dele cada aparelho para um perfil de usuario e sua nescessidade !

  • Alex iPilot

    O Android não é tão bom? Ok, mas quem disse que é preciso ser melhor do que o iPhone para enterrá-lo, comercialmente???

    A Historia esta cheia de exemplos de disputas comerciais onde “o pior” ENTERROU “o melhor”…

  • É um pensamento bem interessante esse seu iLex. Afinal a Apple faz produtos muito bons, mas ela não é boazinha não. Ela está nesse jogo para ganhar dinheiro (ponto).

    Tenho outra visão sobre o fato dela soltar as funcionalidades aos poucos. Imagina o custo dela produzir um celular (hardware e software) do zero. E mais, sem a menor certeza que se torne um sucesso. Ninguém poderia imaginar o sucesso. Então, se o negócio falhasse, ela perderia muito dinheiro.

    Então, por que fazer o primeiro celular cheio de funcionalidades e tal? Creio que ela deve ter começado fazendo um celular mais simples e aí ir evoluindo conforme ela sentisse que fosse um sucesso e adquirisse mais experiência com a tecnologia.

    No ramo de desenvolvimento de software temos um ditado: “Quanto mais software, mais bug.”, ou seja, quanto mais o programa fica complexo e extenso, as chances de ter um bug são maiores.

    Assim, o programa para processar uma foto de 2Mb é menos complexo que um de 8Mb. O software para Copiar e Colar é mais software para dar pau. Filmar, mais software e mais bug, e assim por diante.

    Resumindo, a Apple poderia estar pensando: “prefiro fazer pouco mas bem feito, do que muito e cheio de problemas”.

    Sendo assim, ela também esteja esperando o maturamento da plataforma para usar nos tão esperados iTablets. Lembre-se, a Apple é sinônimo de qualidade (guardada as devidas proporções, né?).

    Concordo com você. Também creio que a Apple esteja se aproximando do celular “perfeito”, com tudo que queremos, inclusive avisando que o café está pronto 😉 .

  • Alex iPilot

    Tenho um amigo que é absolutamente BRONCO em termos de tecnologia e eu sacaneio ele dizendo isso, para ele responder me (beeem devagar, do jeito que ele fala): “Eu sou povão, não sei disso não hehehe”.

    Ele sempre sacaneia o meu iPhone: “Pô! Teu celular é velhão, cara! Celular top tem TV, dois chip, cartão de memória…” “O teu não tem nada hehehe” “Me mostra um anuncio do teu celular no jornal, Casa&Video, Casas Bahia, Ponto Frio… Não tem hehehe” “Dificuldade pra comprar” “Teu celular é maior MAMÃO, cara… Sai desse mamão hehehe…”

    Fazer o quê? Entre o meu amigo e a Apple eu xingo a Apple… 😛

    Bom domingo a todos!

  • Flavio

    Por isso que ainda não tenho um iPhone. No dia que ele for tão bom quanto um Nokia eu penso em comprar um. Por enquanto só o iPod Touch mesmo. Nunca vou ter um celular que não me permita ouvir rádio FM. Isso, hoje em dia, é básico!

  • Gilberto Almeida

    Infelizmente, concordo com essa “teoria”

  • Bruno

    Se vcs tivessem a chance de usar um aparelho Android com a Sense UI(HTC Hero ou o HTC Magic brasileiro) veriam QUANTO falta pro Iphone evoluir.

    Primeiro que a navegação do Iphone nada mais é do que uma tela com ícones. A do Android você organiza da maneira que bem entender entre Widgets(incrivelmente úteis) e ícones(que ficam “escondidos” numa telinha slide). Sinceramente, muito superior nesse quesito.

    E o Mult-task? no Android você pode muito bem usar um IM, ler seu e-mail enquanto você grava a sua trajetória por GPS. No Iphone é um aplicativo por vez… Nem me venham com essa de “Backgrounder” que o Iphone já começa a pestanejar de falta de memória. O Android tem um sistema que gerencia a memória de maneira MUITO eficiente.

    O Android também tem uma enorme vantagem. Ele não precisa sincronizar com o PC(a menos que vc queira passar arquivos como um pendrive, claro, algo que vc também NÃO faz com iphone), ele liga tudo direto a Nuvem.

    Digo também que o Itunes é terrível, mas isso é pura questão de gosto e não vou entrar no mérito.

    Mas é claro, o Iphone tem vantagens sobre os concorrentes tb. Ele te da um PUTA status social, isso é fato, ele é lindo. =P A Apple tem um design matador e seus produtos são bem robustos.
    A Apple Store e Cydia também são excelentes comparadas a Store do Google, que ainda engatinha(mas deu uma boa reformulada recentemente).
    Programas GPS do Iphone também são uma mão na roda, pelas várias escolhas disponíveis e todos muito eficientes.
    Como player de música é muito bom também. Vale ressaltar que achar acessórios para iphone é muito fácil e de ótima qualidade. Comprei recentemente um iHome, excelente produto, mas jamais acharia um desses para um HTC devido a baixa demanda.

    O objetivo do meu posto foi tentar mostrar os dois lados da moeda. O Iphone tem muito que aprender com o Android e vice-versa.

  • Alex iPilot

    Ue, iFire? Eu vou ter que pedir licença e responder também: tethering, radio e gravação de vídeo (TV seria legal…)

    Não quero fazer JB. Estamos falando do produto que a Apple vende, tal como ela vende e recomenda que mantenhamos.

    Vc conhece algum dentre os milhares de apps da App Store que me ofereça tais recursos?

  • Leônidas

    E eu q pensava q a Apple se baseava no consumidor e q os lucros eram consequência.
    Mas então me vem a verdade: a Apple se peocupa com o lucro e o q o usuário gosta ou não é consequência do lucro.

    Enfim, só a verdade o libertará…

    • Desculpe, mas achar que existe alguma grande empresa que não visa lucro é de uma ingenuidade sem tamanho.

  • Alex iPilot

    Outra coisa (que me parece basicão), para não falar dos cartões de memória, a possibilidade de download de toques. Não consegui fazer isso. Já instalei um app que prometia transformar qualquer música em toque mas ficou horrível. Novamente, não quero JB, …

  • Érico

    Uso o meu iphone com JB porque eu preciso trocar o BG todos os dias e o dock algumas vezes na semana! hehe Se esta funciinalidade fosse liberada de fábrica, provavelmente, não faria questão do JB.

  • Pretendo vender meu 3G, 16GB assim que conseguir desbloquea-lo. Uma coisa é liberar tecnologia amiúde, em doses homeopáticas, outra coisa é trabalhar pra que os consumidores fiquem presos a tecnogias arcaicas. A política da Apple em relação ao Iphone é contrária a toda a história do Steve Jobs e do MAC – que sou usuário desde 2000. Tá parecendo Bill Gates e seu rwindous cheio de manias e travamentos.

  • DVC

    O “brilho” do iPhone já passou pra mim.
    Acho que o Android tem muito o que crescer, e isso é bom pro consumidor.
    O iPhone não tem mais tanto tempo de “hegemonia”… o histórico de produtos que tiveram o impacto dele diz isso.
    Deve se manter no topo por mais um ano e meio… dois anos no máximo.

    • Viu, esse é o erro. Você está pensando linearmente, como a maioria dos concorrentes pensa.
      É por isso que tá demorando tanto aparecer um concorrente REALMENTE killer para o iPhone… 😉

  • edivaldo

    Antes da função copiar/colar vir nativa no iphoneOS eu via muita gente criticando a falta desse recurso, mas daí eu me perguntava… Existe algum celular que tem essa função antes do iphone?

    É esse tipo de critica que num te muito sentido. Certo que ele poderia ter o recurso, mas daí a dizer que outro celular tem…

    • Frances

      Nossa….Vc nunca mexeu em outros celulares né? O que mais tem é celular com copiar/colar antes do Iphone.

  • Bruno

    Nao acho absurdo qd um especialista diz uma coisa dessas, acho normal. eh uma PREVISAO, pode ou nao acontecer. o que eu acho errado eh a concepcao que se tem disso. eu acho OBVIO que o Android va passar o OS X. Existem dezenas de aparelhos com o Android e apenas 1 com OS X (2 se vc considerar o 3G e o 3GS). mas eu acho q sera inevitavel acontecer e acho burrice dizer uma coisa dessas a menos q a Apple resolva produzir 5, 10 ou 15 modelos diferentes de celulares…

    • Isso, vamos ignorar os iPods touch e o Classic…

  • Alex iPilot

    Falando nisso, a Apple não iria lançar um dispositivo maior do que o iPhone, tipo um Tablet PC, ou coisa parecida, com o mesmo OS? Alguma noticia?

    Eu procuro um substituto para meu valente HP Jornada 928 mas não há nada igual, nem de longe… cabe no bolso, teclado completo, tela wide touchscreen, WindowsHPC, Office, rede, internet, compact flash e a bateria dura DIAS…

  • Alex iPilot

    A hora que aparece nos posts não esta no horário de verão. 😉

  • paulo sampa

    SÓ PRA QUEBRAR O CLIMA.
    VISITEM, É BIZARRO:
    http://blogdohiphone.blogspot.com/2009/04/personalize-seu-hiphone.html

    • DVC

      Cara… impagável esse blog!!!

      Só espero que o pessoal tenha bom espírito pra não postar bobagem por lá.

    • Nuóssa!
      Já entrou nos meus bookmarks! 😛

  • ue, sempre achei que as limitacoes do iPhone fossem por que a quantidade de gente usando iphone ao mesmo tempo, nos mercados que interessam aa apple em primeira instancia, poderia gerar um baia colapso, caso o iPhone fosse todo liberado.

    claro que tambem existe essa estrategia… talvez tenha as duas coisas, dependendo de quais limitacoes estamos falando. 🙂

  • MCKoe

    Gostei do post! Mas concordo com a Bia. Pq, ó céus, é “estratégico” não liberar funções no iPhone que já existem em outros celulares?
    Mas, tou feliz bagarai com meu amado!!! (só o Push q acaba com a bateria…)

  • Kadz

    As vezes penso numa coisa, que com certeza é besteira: a Apple deixa de implantar certas funções por pura “preguiça”. Aí os desenvolvedores estudam, fazem um aplicativo, lançam na AppStore e, numa atualização futura, lá está a função que não tinha antes.

    Eu pensei nisso logo quando surgiram as primeiras notícias do bluetooth pro iPhone. Eram basicamente 2 grupos brigando para lançar, briga pra lá, briga pra cá, um lançando primeiro… e de repente, tudo se esfriou. Será que a Apple não tem algo a ver com isso? Fazendo um comparativo (e pra quem conhece): o Dark Alex, que lançava os CFW para o PSP sumiu de repente também. Será que a Sony não tem algo a ver com isso?

    Mas concordo contigo, iLex.

    BTW: o blog do Hiphone é realmente engraçado!! O comparativo do Hiphone com o F250 é hilário =D

    Grande abraço e parabéns pelo ótimo Blog!

  • Maui

    Acho que a alta das ações se deve ao fim da crise?!?

    • Eu acho que as pessoas deveriam ler bem o texto antes de comentar.

      #prontofalei

  • Rafael Alencar

    Sei que meu commet estará no meio de 10 milhoes de outros, entao, vamos ver se alguem le..

    1o Ponto. Mercado de Atuação :
    A Apple trabalha em NICHO. A Google Trabalha em MASSA.

    Para a Apple, o importante é dar uma experiência Única a seus clientes. E ela escolhe o tipo de cliente que quer. Alguem que preza a qualidade, o design, e está disposto a pagar por isso.

    Já o Google, o importante é ter MUITOS clientes (a maioria grátis). Ele ganha com as propagandas que as outras corporações compram dela pela base de seus clientes.

    2o Ponto. Percepção do Cliente :

    A Apple não aceita que nada do seu equipamento seja meia-boca. Por isso bloqueia tudo que ela não controle. Até que a solução seja feita para que o cliente tenha a melhor experiencia possivel com o produto, ela não quer liberar. ESSE É O GRANDE DIFERENCIAL. Se ela liberasse as coisas meia-boca, ou complicadas, aconteceria a mesma coisa que acontece com qq outra marca. Os clientes compram pelo STATUS, mas não usam metade das funções.

    Tome o indicador de tráfego por usuário do celular iPhone vs qualquer outro. O iPhone ganha disparado. Porque? Porque é fácil usar a internet. Compare com os navegadores que sempre existiram em qq nokia ha quase 10 anos. complicado.

    A google trabalha em um sistema aberto, portanto precisa da ajuda de milhares denerds e programadores. Portanto prefere lançar coisas BETA e ganhar este publico o quanto antes para ajuda-la a ir aperfeicoando suas ferramentas. Uma estratégia completamente diferente. Lembrando que o google ganha com o Volume. Não com o equipamento.

    Ponto 3. Conclusão

    Partingo do princípio que concordaram com o meu 1o e 2o Ponto, conseguimos enxergar claramente o que irá acontecer.

    1. A google vai passar sim em quantidade de telefones usando o android (afinal, é gratuito e os fornecedores é q vao se adaptar a ele)
    2. A apple vai continuar não liberando algumas funcionalidades (como o video, que demorou 3 geracoes para eles lançarem) até que a tecnologia esteja pronta e a interface simples o suficiente para seus clientes.
    3. As duas JUNTAS vão conviver muito bem por muito tempo. Porque no fundo no fundo, elas não competem. A Apple é uma marca CARA, PREMIUM, ESTILIZADA. O Google é Gratuito. Juntos podem derrotar a M$. Que só tem força pelo mercado de Massa (mesmo da Google) e acha que está competindo com a apple pelos clientes premium.

    É exatamente entendendo aonde cada uma das empresas ganha suas forças que podemos prever suas próximas ações e estratégias. E também ao ver que outras empresas estão perdendo o foco e esquecendo de onde vem o seu dinheiro que podemos prever seu declínio.

    Espero ter ajudado com alguns pontos interessantes.
    Abraços
    Rafael

    • ifire

      Muito bom o seu comentário Rafael, até acho que há um grande possibilidade disso acontecer como aconteceu com o windows em cima do mac OS, but dessa vez a coisa estão diferente a Apple atirou no que viu e acertou no que não viu, dessa vez ela saiu na frente pelos numeros muitos vão conhecer o mac OS e ai não tem pra ninguem nem se for de graça ou pagando por outro sistema, quem mexe com mac sabe disso e não vai ser diferente com o Iphone, pode ser caro e o Android PODE até pagar pra vc ter um mais a qualidade e OS do Iphone vale a pena pagar. O Android é cópia, vai esperar o Iphone lançar alguma coisa pra se atualizar, antes ninguem sabia sobre Apple, agora mesmo que sendo pouco as pessoas que conhece mais já é o suficiente com disse o Gates pro Jobs, “O seu sistema pode até ser melhor mais nós já temos a maioria”, agora é a vez do Jobs dizer a Google ” O seu pode até ser de graça mais nós já temos a maioria e o melhor”. A Google em termos de criação não tem nada esta a comprar a idéias de outros, o mundo está mudando, como vc disse a Google só pensa na grana em massa se não teria feito antes do iphone o android, vc já teve ter assistido a vingaça dos bufalos em cimas dos leões no youtube, é as coisas estão mudando, as pessoas já não aguentam mais essas empresas que visam só lucros e ficam cópiando as coisas que estão vendendo em grande quantidade, o Android pra mim e como os chineses cópia ching ling, baratinho.

  • eduardo garcia

    kkk

    antes que me julguem ,eu tenho um iphone 3g sim! mas,pelo amor de deus. isso não se justifica,o unico motivo pra isso dar certo é por causa do marketing,a apple nao revolucionou nada. o mac nao venderiam sem a ideia que roubaram da xerox,qualquer um que conheça a historia por de trás da rixa Apple X Microsoft saberiam que Jobs não fez nada demais. agora vamos pra uma analise do que você falou nessa matéria.

    a apple cria o iphone ao descobrir as necessidades do pessoal que tinha smartphones windows( caso voces nao saibam o spbshell do windows mobile veio antes do iphone SIM!!!), junta com um sistema linux( é sim, o mac os, o leopard e compania ltda são linux!) e vocês adoram!!! eles nao fizeram nada seus baba ovos, usam hardware comum(processadores intel e placas de video ati ou nvidia),SO comum( linux,com um pouco de maquiagem) e poe coisas que os hackes ja tinham invetado pro windows de forma aberta num celular capado, e resultado :

    TODO MUNDO ACHA LINDO!!!

    ai vendem o iphone a rodo, com tudo bloqueado, o pessoal comeca a criar alternativa com o jailbreak pra tudo, a apple recrimina, tenta impedir e lanca tudo de forma oficial e resultado:

    TODO MUNDO ACHA LINDO!!!

    será que ninguem percebe que o que eles fazem é ver o que voces fazem pra melhorar o iphone, tentar impedir vocês de criar por conta própia e depois dizer que foi ideia deles.nem o multi touch(que nao é essas coca-cola toda,por que até hoje só tem o movimento de pinca,grande bos…) foi ideia deles, ja existia.

    o unico trunfo deles é a habilidade de dizer “a roda fui eu que inventei, comprem na minha mão que a minha é a original” e todo mundo acredita. o nome disso é marketing.

    como eu sempre digo “boas empresas vendem bom produtos, empresas grandes fazem um boa venda”

  • Alex iPilot

    Gostei do Blog do Hiphone! Na descrição do HiPhone eu destaco 2 trechos: “…foram feitos para enganar quem não conhece o iPhone real…” e “… uma câmera que tira fotos borradas…”

    Bem sincero o HiLex de lá… 😉

  • Bruno Carnaúba

    Você se precipitou quando em 2009(o ano dessa postagem) você aclamou tanto a apple, bom, hoje em dia já passado os 3 anos que você falou aí, o iPhone já foi superado e diria atw humilhado, em resolução de tela, câmera, processador e outras inovações que as marcas Samsung, Sony, LG e até a HTC lançaram e acho difícil o iPhone lançar um a altura dos smartphones topo de linha dessas marcas, só minha opinião.