Notícias

Apple avisa: jailbreak pode causar queda de cabelo, impotência sexual e espinhas na cara!

Aplicativos do Cydia

Só fazendo piada mesmo, depois de uma notícia dessas. 🙂

Segundo o site da revista Wired, a Apple enviou na semana passada um documento ao escritório americano de direitos autorais, onde defende sua posição contra o jailbreak com argumentos um tanto quanto alarmistas.

Em um deles, a empresa afirma que um hacker local ou internacional é capaz de iniciar comandos que façam torres de celular inteiras ficarem inoperantes, sem poder mais transmitir nem dados nem chamadas. Este mesmo argumento já foi usado pelo próprio Steve Jobs em 2007, quando perguntaram se o iPhone seria aberto a aplicativos de terceiros. Hoje, por ironia, a App Store é a chave de toda a estratégia de vendas do seu telefone multi-touch.

O documento vai mais além. Segundo os argumentos dos advogados da Apple, o jailbreak torna possível alterar a identificação individual do chip, o que permite ligações anônimas, facilitando em muito a vida dos traficantes de drogas. Ela deve imaginar que 10 entre 10 traficantes usam iPhone e por isso sua preocupação em salvar o mundo…

Os únicos argumentos reais presentes no documento é que a alteração no iPhone pode causar instabilidade e travamentos no aparelho, além de reduzir a segurança e permitir a pirataria de aplicativos. O resto, qualquer outro telefone também é uma potencial “arma” para ser usada com fins pouco lícitos.

Na verdade o que a Apple não quer perder é o controle do que os usuários podem ou não fazer com seus aparelhos. O anonimato das ligações nem sempre é um fator negativo, podendo servir em países autoritários, onde dissidentes tentam se organizar para lutar contra o regime.

E o engraçado é que essa tentativa de “querer controlar tudo” vai contra o espírito daquele que foi considerado o comercial do século XX, que apresentava ao mundo o primeiro Macintosh. O filme foi inspirado, ironicamente, no Grande Irmão do livro 1984 , de George Orwell.

E então, 2010 será como “1984”?

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Passos

    Ironico !

  • Frederico

    É, ninguém é perfeito.

    Fala-se tanto mau do Bill Gates, e, é claro, muita coisa que se atribui a ele é verdade.

    Mas é verdade também que o Jobs, pelo bem (segundo ele) ou pelo mau, quer dar uma de “pink e cérebro” e dominar este planeta.

    Só que também é verdade que o Jailbreak de certa forma serviu de inspiração para ele em muitas coisas que a Apple faz hoje em relação ao iPhone.

    Ele vai combater, sempre, esse tipo de poder paralelo. Mas acredito também que tudo isso não passa de um joguete, de uma encenação.

    Ele jamais irá permitir que o poder paralelo (jailbreak) acabe; apenas quer manter sob controle. Acompanhar de perto.

    Traduzindo: vai deixar a coisa rolar até o ponto em que ele consegue dominá-la.

  • Pra mim o Jailbreak continua sendo uma bosta..rs.

    Não preciso dele pra curtir o meu iPhone mesmo, a Apple que faça o que bem entender, desde que continue fazendo Gadgets que agradam a todos que tem a oportunidade de conhecer.

    Eu nnao acho que ela está indo contra a filosofia de seu próprio comercial. Só está defendendo o produto que vende. Qualquer empresa faz isso.

    E pensando como vc disse iLex, o fato de que qquer “outro telefone também seja uma potencial “arma” para ser usada com fins pouco lícitos”, não invalida o argumento da Apple, já que em nenhum momento pode-se provar que isso não seja verdade, posto que os outros também seguem essa premissa.

    Abraços!

  • Lucas Soares

    Contraditório, isso sim!

  • Juda BenHur

    A polêmica está lançada!
    De um lado a posição da Apple, de outro, um mundo inteiro de usuários.
    Difícil mesmo é, definir quem está certo, quem está errado.
    A política controladora da Apple é um tanto exagerada.
    A vontade libertina de muitos usuários também.
    Em minha opinião, está errado quem acha que o iPhone deveria ter “obrigatoriamente” TV Digital, por exemplo. Esse acessório em celulares, já está sendo superado aqui no Japão. Os celulares hoje, estão trazendo atrativos que cativam ainda mais o usuários, que ajudam as operadoras a terem contas de consumo ainda maiores e, TV Digital, nesse exmplo que ilustrei, não aumenta o consumo de chamadas ou de dados. Isso é realizade por aqui e, acreditem, está servindo de base para as operadoras mundo à fora.
    Querer que um celular faça TUDO que um notebook faz, é absurdo. Mas querer que o celular ajude até onde é possivel, é fundamental.
    Dessa forma, estaríamos transformando utopias em bagunça.
    Não que o iPhone não possa fazer muitas coisas, pode e faz. Mas há coisas que faz muito lento, com desempenho muito à desejar do que um mini notebook, por exemplo.
    Fiz uma experiência prática nesse sentido:
    – Administrei um servidor Windows 2008 com Active Directory, acessado pelo programa “LogMeIn” instalado em meu iPhone. Demorei muito mais para fazer a simples tarefa de criar um usuário, do que se tivesse feito isso em meu mini notebook de 9″, 1Gb de RAM, hd 160GB, modem 3G de 7.2GBps e WiFi.
    Há coisas que, volto a dizer, em minha opinião, não deveríamos ficar esperando.
    Por outro lado, sinto falta sim, das chamadas de vídeo que eu fazia antes, das facilidades de encaminhar um MMS ou SMS diretamente para um e-mail, como meu antigo celular fazia, tratando todos esses protocolos de mensagens, como uma coisa só, de forma transparente à um usuário comum.
    Penso que deveríamos explorar, dentro das limitações de hardware e software, coisas de extrema utilidade que o iPhone poderia proporcionar, não exigindo que seja equipado à um notebook, por exemplo.

  • Juca

    Todos fazem churrasco juntos nos finais de semana rsssss

  • Pablo

    Amigos, fiz o jailbreak e percebi que o tempo de duração de minha bateria diminuiu. Isso é possível ou é somente impressão minha? Abs

  • Rodrigo

    Pablo, eu também percebi isso!

  • Rodrigo

    Aliás também acho que o jailbreak não se faz mais tão necessário após o 3.0! A única coisa que sinto falta mesmo é do aplicativo XGPS. Mas pelo que vi a TOMTOM já já lança o App e pronto!

    Um outro aplicativo que faz falta do jailbreak é o fring lingando com 3g. Mas isso usei pouco. Na vez que precisei usar o fring foi justamente ao contrário. Estava em Cancun sem sinal com OPERADORA e usei com wifi do restaurante!

  • Kadz

    O Jailbreak do iPhone está para o destravamento do PS2. Ou seja, popularizou o aparelho e o tornou o sucesso que é… e por isso que o PS3 hoje em dia tá a desgraça que tá: é o único da nova geração que ainda nao foi destravado.

  • Pita

    Jailbreak!!! Ainda bem que não preciso disto e nem pretendo usar.

  • Alex iPilot

    Eu não fiz e não pretendo fazer JB no meu.

    Sempre tenho a impressão que fazer o JB no iPhone é como transformar um Mac num “PC com Windows”… Meio que “ninguém é de ninguém”… “oba-oba”… “vale-tudo”… Um dos preços a se pagar é a duração da bateria…

    Se eu quisesse o que o JB oferece (e ainda mais) teria comprado um Nokia, mas nunca desfiguraria um produto da Apple. Já viram aqueles caras que pegam um carro VW e colocam um emblema da Audi?… Tá certo que o carro é deles e eles façam o que quiserem, MAAAAAASSSS…

    É a minha opinião 😛

  • Rodrigo

    O jailbreak não é uma regra e muito menos uma “arma”. Ele é apenas uma opção e esta opção deve ser do usuário e não da Apple.

    O Steve Jobs está sim tentando prender o usuário a ele e está cercando de todo jeito. Logo logo, quando o iphone se tornar a maioria, ele começará a amargar processos, principalmente da União Européia por conta do monopólio.

  • Edu

    Nossa! Que exagero!!!
    Transformar Mac em windows?
    Você tem algum desktop ou note da apple?!? sabe a diferença entre os dois mesmo??
    Eu posso pegar meu Leopard e mudar toda a cara dele… ícones, tudo!!! pq se eu fizer jailbreak no meu iphone e personaliza-lo, Não que fazer isso valha a pena, mas… eu posso
    Eu tenho tranferência de dados por bluetooth, gravação de vídeos, rodo aplicativos em background!!! Tudo no meu 3G!
    Mas ai vc vai dizer: mas ele fica lento!! É só vc medir o que vc faz no seu iphone… apenas colocando o que é realmente necessário… sem inventa muito!
    Minha bateria dura o mesmo tempo que durava antes do jailbreak…

  • Angelo

    Fiz o jailbreak e fiquei três dias com ele… (Iphone 3G 16GB, com OS 3.0)
    A bateria consumiu mais rapidamente e a maioria dos aplicativos começaram a se comportar de forma estranha, demorando em torno de 3 segundos para fechar após pressionar o botão home… começou a me dar raiva, pois acabava pressionado novamente o botão, achando que não tinha pressionado direito e dai quando o aplicativo fechava ia para a tela de busca…

    A única coisa boa foi que ativei o recurso de mostrar a carga da bateria em % e quando fiz o restore, para remover o jailbreak, a carga em % continuou aparecendo.
    No mais, só vi desvantagem em fazer o jailbreak…

    Recomendo para aqueles que quiserem testar o jailbreak, pode fazer na boa, não doi nada… Para desfazer é só restaurar o iphone pelo itunes… Demora 10 minutos para fazer o Jailbreak e pode levar algunmas horas para desfazer, pois o restore precisa reinstalar todos os seus aplicativos, musicas, videos e configurações. No meu caso levou quase 2 horas para o restore…

    No final tinha um iphone original, com todos os meus contatos, configurações, tudo igual antes do jailbreak e com a carga da bateria em %…

  • Rafael Nogueira

    Para quem instala tudo que vê pela frente realmente é ruim. Winterboad é o único responsavel por isso.. como não uso o winterboard, considero jailbreak perfeito!
    E não tenho trabalho nenhum se precisar de restore, aptbackup e o resto é tudo por push.

    Agora eu utilizo o jailbreak e jamais usaria o iPhone sem.
    Iphone sem jailbreak é completamente limitado, vc não possui um storage de arquivos com velocidade, não tem bloqueio de chamadas e mensagens (iblaklist), filmar ao vivo na internet (qik), download de vídeos do youtube (yourtube), escolher musicas do ipod como ringtones, bloquear o edge, usar ssh, organizar programas em pastas com o categories, porcentagem da bateria, relógio com ícone ativo etc etc etc…
    eu utilizo todos esse programas citados e não comprometeu a bateria, e não tenho problemas com desenpenho e travamentos, está perfeito.

    Apenas evitem o uso do winterboad e desabelitem o SSH quando não usarem(se usam)que terás o JB fantástico e perfeito.

  • YDF

    Fiz o JB nos tempos do Classic, pois era uma mau necessário. Hoje com o 3G, rodando o OS 3.0 não vejo a menor utilidade para o JB, e convenhamos que a maioria dos usuários que fazem o JB é unicamente pela “vantagem” dos APPs piratas.

  • iPc

    ALGUEM poderia me explicar o que é winterboard e SSH?

  • Pedro

    @iPc, já experimentou esse site? http://tinyurl.com/mlrrg4

  • Ricardo Higa

    @Pablo e Rodrigo

    Tenho um iPhone 3G S 32Gb Ra1ned!(JB)
    Utilizo Winterboard e entre outros apps via cydia…
    Minha bateria dura 2 dias e meio utilizando-o normalmente…
    Pelo que percebi não mudo nada em relação a bateria…
    é só saber administrar o uso do seu precioso ;)!
    Fuçar o dia inteiro o precioso e querer que a bateria dure + de 1 dia… dai já é abuso 😛 Kkkk

  • GRM177

    Bom, eu não fiz o JB ainda, e não sinto necessidade, salvo pelo desejo de usar Skype over 3G, mas com algumas pessoas fizeram e ao retornarem (restaurarem) o % da bateria permanece, meu receio é que a restauração não seja 100%, e como não entendi bem essa parte, por ora prefiro não fazer.

  • Carlos Adller

    @ Rafael Nogueira

    Você está inteiramente certo. Faço exatamente isso também, e o Jaibreak deixou meu iPhone perfeito.

  • Carlos Adller

    @ Rafael Nogueira:

    Sem falar no Lock Calendar, 3G Unrestrictor, PDANet, e Backgrounder. Não uso SSH, quando preciso acessar o sistema de arquivos, faço via DiskAid (http://www.digidna.net/diskaid/).

  • Carlos Adller

    @ Ricardo Higa

    Você usa o Push ?

  • Alex iPilot

    Como o GRM177 citou, o restore NÃO restaura o iPhone ao estado inicial, como prova a porcentagem da bateria que permanece!

    Mas a questão é: o que mais é alterado e não é desfeito no iPhone??? A verdade é que NINGUÉM sabe pois ninguém explica porque a porcentagem permanece… O restore NÃO restaura!

    “O que me assombra não são os fantasmas que já conheço mas os que ainda não se manifestaram.”

  • iGuigão

    Olá pessoal. Eu penso que cada um deve usar o iPhone ou qualquer outro como bem entender desde que não atrapalhe a vida do seu próximo! A partir do momento que eu compro um produto ele é meu e não mais do ex-dono. Meu iPod touch não é um produto da Apple, é um produto meu pois paguei por ele. Abraços…

  • GRM177

    iGuigão, não vou entrar no mérito, mas não é bem assim. Existe a questão de direito do autor (inventor) que relaciona-se com o fato, por exemplo, perfomance, segurança e imagem, se em função do JB a Apple entende que sua imagem possa ser comprometida, como no caso dos crashes comuns em alguns JB, e isso gerar má fama à empresa, é direito dela (ainda que eu seja a favor da liberdade total) vetar certos procedimentos. Eu gostaria de ver ou o sistema com plataforma aberta ou a Apple sendo mais sensível às solicitações dos usuários. Embora não use nesse momento, não sou contra JB, mas o que digo é que a coisa é um pouco mais complexa do que parece.

  • AndreSS

    A única coisa que me interessaria no jailbreak, é a % da bateria aparecendo, após fazer o restore… Porque o mer… do Steve Jobs não liberou isso com o OS 3.0 ? Custava nada pô !

  • GRM177

    Não custava mesmo, isso e ‘voip over 3G’, estaria perfeito. Aplicações multi-tarefa até sinto falta, mas no final das contas ele não daria conta de rodar bem (já o 3G S talvez).

  • Marcos

    Gostando-se ou não, existe uma legislação de direitos autorais, inclusive no nosso glorioso Brasil. Se a lei é ´justa ou não´, mude-se a lei. O que não pode é não cumprir a lei ´porque ela é ridícula ou absurda´. Como o JB permite instalação de apps piratas, obviamente que o JB será sempre objeto de contestação, nada obstante a possibilidade de ´liberar´ certos benefícios que o fabricante não permite normalmente. Mas sempre ficará a questão: JB é legítimo perante a legislação brasileira? Que digam os Doutos.

  • GRM177

    Não pretendendo ser ofensivo, mas absurdo afirmar que “O que não pode é não cumprir a lei ´porque ela é ridícula ou absurda”. Nada é absoluto em se tratando de Direito, nem mesmo o direito à vida, por exemplo, matar-se alguém prestes a invadir sua casa, o próprio direito relativiza o direito à vida diante do seu direito ao patrimônio e segurança da própria vida.

    Embora eu tenha levantado a questão da imagem do fabricante no caso do JB causar panes nos aparelhos, dizer que se deve cumprir a lei a qualquer custo seria retornar ao nazismo (sem exagero, pois era justamente a justificativa do regime, baseada na Teoria Pura do Direito de Hans Kelsen). Se amanhã criassem uma lei determinando que iPhone é coisa de bruxos e devem ser queimados, então devemos queimar o precioso?

    Voltando ao iPhone e à legislação brasileira, em teoria nada impede que se instale o JB, já quanto à distribuição dele não sei dizer, não sei se ele interfere em itens de propriedade intelectual da Apple, a princípio creio que sim, a única forma de se evitar essa questão seria como no caso do Linux, ao invés de alterar o sistema do iPhone, criar-se um alternativo que rodasse no aparelho, aí sim a Apple não teria muito que fazer.

  • Distribuir o arquivo firmware customizado sim é crime, pois agride claramente os direitos autorais da Apple. Seria distribuir um produto alterado, ou produto protegido e isso não pode.

    Para se ter uma idéia, nem mesmo se eu pegasse o firmware original do site da Apple e colocasse no meu servidor, apenas para disponibilizar, eu poderia, pois isso é distribuição desautorizada de propriedade intelectual alheia. Porém, seguindo esta lógica, não seria errado por exemplo divulgar o link do firmware do iPod touch no servidor da Apple, que é pago, mas que está sendo distribuído pelo proprietário legal.

    Já no JB ninguém distribui nenhuma propriedade da Apple, apenas ferramentas para que cada usuário altere o seu aparelho.