Dicas

iPhone ou iPad muito quente: qual a razão e o que fazer?

iPhone quente

Nestes dias quentes de verão é um pouco comum alguns usuários encontrarem uma estranha tela no iPhone ou no iPad, com um sinal de alerta sobre a temperatura. Ou então perceber que o aparelho está esquentando demais sem nenhum motivo aparente.

Devido a vários pedidos, o Blog do iPhone resolveu esclarecer algumas razões de aquecimento do iPhone e do iPad e explicar o que fazer quando isto acontece com você.

iPhone ou iPad esquentando muito

Há alguns fatores que fazem, vez ou outra, o aparelho esquentar demais. Isto é normal desde que não seja algo permanente, que fique dias com temperatura alta (neste caso, pode ser problema de hardware e é preciso levar em uma assistência técnica). Se acontece só de vez em quando, faz parte do funcionamento do aparelho, principalmente em um país tropical como o Brasil. Alguns usos podem provocar um aquecimento maior no aparelho. Por exemplo:

Uso de aplicativos de navegação GPS: TomTom, Sygic, Waze, Google Maps e qualquer outro que use a função de localização em tempo real no aparelho.

Jogos que exijam bastante do processador gráfico: o aparelho pode esquentar bastante em aplicativos com gráficos mais parrudos, como Infinity Blade e Real Racing 3.

Ao carregar a bateria na tomada: é normal que o aparelho se aqueça um pouco ao carregar.

Todos estes exemplos acima são aquecimentos normais e previstos pela Apple e fazem parte do sistema de segurança do aparelho. A parte externa do dispositivo funciona como uma superfície de resfriamento que transfere calor de dentro do dispositivo para o ar exterior mais frio. Ou seja, esquentando fora ele está resfriando dentro.

A Apple aconselha operar o iPhone, o iPod touch e o iPad em uma temperatura entre 0º e 35ºC. Tudo o que fugir disso pode diminuir a vida útil da bateria ou fazer com que outros artifícios de segurança do sistema entrem em ação, para que ele mesmo tente regular a temperatura, como baixar a luminosidade da tela, enfraquecer os sinais do celular, Wi-Fi, bluetooth e GPS (para consumir menos energia), desativar o flash da câmera e parar o carregamento do aparelho, se ele estiver conectado no USB.

Também para a segurança, a Apple programou o sistema para que ele bloqueie todas as funções caso sua temperatura exceda 45ºC. Quando isto acontece, aparecerá o aviso abaixo.

Aviso de segurança de Temperatura

Quando o aparelho fica muito gelado ou muito quente, o sistema ativa um dispositivo que bloqueia todas as funções, até ele voltar a uma temperatura mais aceitável. Tudo isso para a segurança do usuário.

iHot
“O iPhone precisa esfriar para que você possa usá-lo”

A imagem acima aparece e impossibilita o uso do aparelho, o que causa um certo pânico momentâneo em muitos usuários que nunca viram o aviso e pensam que o dispositivo estragou. A maior parte das vezes acontece com pessoas que esquecem o aparelho no carro, mesmo que por poucos minutos. Usar o GPS com o aparelho pegando sol em um carro sem ar-condicionado ligado também pode ser uma causa de superaquecimento.

Neste caso, a única solução é esperar o aparelho esfriar, naturalmente. Não tente acelerar o processo colocando-o na geladeira ou em frente à saída do ar-condicionado, pois o choque térmico pode prejudicar os circuitos internos. Depois de alguns minutos no ar fresco, o dispositivo volta ao normal.

Dica final: em regiões mais quentes, a atenção com temperatura deve ser redobrada. Evite deixá-lo no bolso da calça se sentí-lo muito quente, ou de guardá-lo dentro de bolsas ou mochilas que fiquem no sol. Ambientes arejados são sempre o melhor lugar para qualquer eletrônico, principalmente nossos iPhones, iPods e iPads. 🙂

Conteúdo original © Blog do iPhone

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados