Ontem foi o dia do esperado lançamento do Mac OS X 10.6.5 (para os usuários de Mac), que estava previsto para ser lançado antes do iOS 4.2 agora em novembro, assim como o iTunes 10.1 que ainda está por vir antes da atualização do iOS. Também ontem, rumores sobre uma possível “desistência temporária” da Apple em relação ao AirPrint (nova função de impressão do iOS 4.2) correram a internet. A Apple até agora não se manifestou oficialmente sobre o assunto e tivemos que nos contentar apenas um suposto e-mail de Steve Jobs relacionado ao tema.

Acontece que, no final, o OSX 10.6.5 foi lançado sem mencionar nada sobre o AirPrint. Nas primeiras versões beta do iOS 4.2, para os desenvolvedores registrados, era possível instalar uma versão beta do 10.6.5 que trazia esse suporte ao sistema. Portanto, o e-mail do Steve Jobs estava provavelmente se referindo não ao AirPrint ter sido deixado de lado temporariamente, mas sim do uso de impressoras compartilhadas através de Mac ou PC ter sido postergado. São duas coisas diferentes. Sem o compartilhamento através de Mac ou PC, poucas pessoas poderiam usar recurso, apenas impressoras de modelos novos da HP com suporte a ePrint (impressão via Wi-Fi) suportam o AirPrint.

Alguns afirmavam que estavam conseguindo usar AirPrint com o Mac OS X 10.6.5. Conversei com alguns desenvolvedores que estavam usando a versão beta do 10.6.5 e fizeram a atualização para a versão final, o que fez com que o AirPrint continuasse funcionando. Quem usava o 10.6.4 e atualizou para o 10.6.5, que é a grande maioria das pessoas (não desenvolvedores), ficou sem a função. O “impacto” não foi muito grande ainda pois o iOS 4.2 está apenas em testes (GM) e não foi lançado para o público. Desta forma, a maioria das pessoas que está com o iOS 4.2 também estava com uma versão beta do 10.6.5.

Na manhã de hoje, alguns posts mencionavam formas de ativar a função no 10.6.5 para todos. Naturalmente, bastou que as pessoas comparassem o que mudou entre as versões beta do sistema e a final, destinada aos usuários.

Descrevemos os passos aqui. Provavelmente alguém vai fazer um pequeno instalador para o Mac OS X que faz isso automaticamente para os usuários. Faça backup do sistema antes de seguir estes passos e não faça essas alterações se você não tem “intimidade” com o sistema, é melhor esperar uma ferramenta automatizada.

1. Baixe os arquivos (do beta) em um ZIP

São apenas 3 arquivos:

http://dl.dropbox.com/u/514721/airprintfiles.zip

2. Comandos no Terminal

Execute o Terminal e siga os passos da imagem (troque o usuário/caminho). Se você quiser saber mais sobre o Terminal, veja um tutorial no site Apple Addicted.

Você pode mover esses arquivos usando o Finder, que vai solicitar a senha de administrador.

Basicamente, estamos entrando no modo administrador (su), e copiando 3 arquivos:

urftopdf para para /usr/libexec/cups/filter
apple.convs e apple.types para /usr/share/cups/mime

3. Remoção de impressoras

Depois de reiniciar o sistema, remova e insira suas impressoras (Impressão e Fax nas Preferências do Sistema). Garanta que sua impressora já estava compartilhada na rede nas opções de Compartilhamento.

Pronto, o AirPrint estará pronto para ser usado sem nenhuma configuração adicional no iOS 4.2, seja no iPhone, no iPad ou no iPod touch.

Alguns usuários têm conseguido usar normalmente a função no Windows, sem necessidade de nenhum hack. Se você teve sucesso nisso, conte para nós. ;)

Felipe Kellermann é desenvolvedor de aplicativos para iOS.