Real Racing 3

No próximo dia 28, a EA Firemonkeys lançará o esperado jogo de corrida Real Racing 3, em uma versão Universal para iPhone, iPad e iPod touch. O Blog do iPhone teve a oportunidade de testá-lo pouco antes dele chegar à App Store brasileira, e traz agora suas primeiras impressões do jogo.

Evolução, não revolução

Sim, o Real Racing 3 (RR3) vai agradar muito a quem gosta de jogos de carros, incluindo os que já conheciam os outros episódios da série (RR1 e RR2). Aliás, quem já conhecia irá achar que dirigir o carro dentro da pista é muito similar com o que se tinha antes. Porém, algumas evoluções no jogo darão novo gás aos apaixonados pela franquia.

Os gráficos são bem mais elaborados, sendo possível ver detalhes em tempo real no reflexo da lataria ou no retrovisor do carro. Outro ponto que dá mais realidade ao jogo são as pistas inspiradas em lugares reais, com subidas e decidas implementadas após um sério estudo topográfico de cada local.

Gráficos melhores

Outra melhoria que deverá agradar os jogadores mais exigentes: danos no carro agora prejudicam a performance. Acabou a história de bater em outros livremente, despedaçar o carro e continuar sendo o mais rápido. Agora, cada batida que acontece deverá ser reparada caso você queira continuar sendo competitivo nas corridas. E você precisará de dinheiro virtual para isso.

Jogo grátis, mas com comprar internas

Muita gente reclamou quando soube que este jogão seria disponibilizado de graça, no sistema free-to-play, mas com compras internas  (in-app purchases). Calma, você não será obrigado a gastar nada se não quiser, como a maioria dos jogos do tipo. Quem tem paciência (e muita), poderá jogar de graça 100% do jogo, pois não há nada que obrigue o usuário a pagar para poder jogar.

Mas o jogo tem uma pegadinha que fará os menos pacientes desembolsarem uma grana para acelerar sua evolução. Todo o carro que você compra ou modificação que faz nele, exige um tempo para ser completada, como na vida real. Imagine que você leve seu carro no mecânico para consertar a lataria e vai ter que esperar ele fazer o serviço; no RR3 é a mesma coisa. Ou seja, se bateu e precisa consertar o carro, deve esperar o tempo necessário para isso, pois com ele no mecânico não tem como colocá-lo na pista. Sinceramente, gosto deste realismo.

Geralmente consertos mais leves levam 4 ou 10 minutos. Mas se você for deixar para acumular reparos e consertá-lo todos de uma só vez, a espera poderá ser longa.

Reparos

Quem não tem paciência e não quer esperar, pode “pagar” para o processo acabar imediatamente. O jogo possui dois tipos de “dinheiros” virtuais: Reais (ou a moeda do país em que o jogador viver) e moedas de ouro. Ambos você pode conseguir gratuitamente conforme vai evoluindo no jogo: ao completar as competições, ganha dinheiro, e ao subir de nível, ganha moedas de ouro.

Os Reais servem para comprar e melhorar os carros. Já as moedas de ouro podem servir para acelerar o tempo de espera de reparos ou adquirir carros especiais.

Subida de nível

Se você é daqueles que não gosta de esperar evoluir com o suor de seus dedos e quer que o jogo evolua mais rápido, aí você tem a opção (se quiser), de comprar Reais ou moedas na loja interna do jogo, que permitirá que você pule a espera pelos reparos ou compre carros mais avançados. Volto a insistir: só gasta dinheiro de verdade neste jogo quem quer. Os menos preguiçosos poderão garantir os mesmos créditos virtuais, com seu merecido esforço.

Moedas de ouro à venda

Reais à venda

Manutenção

Como em um carro de verdade, você terá que, de tempos em tempos, fazer uma revisão nos seus, como trocar o óleo, pneus, pastilha de freio. O reparo é baratinho, o que incomoda é o tempo de espera para isto ficar pronto. Mas é importante manter o seu carro sempre em ordem.

Revisão

Novo multiplayer

o novo sistema de multiplayer (jogar com outros jogadores reais) é bem interessante, pois não exige que os outros estejam online quando você está correndo. O motor do jogo pega seus amigos do Game Center que instalaram também o RR3 e os coloca na pista onde você vai correr. Mas os que competirão com você na verdade são “clones” dos seus amigos, que possuem as mesmas características que eles. Muito doido.

Multiplayer
Imagem cedida pelo leitor Gabriel Araújo

Pontos negativos

Como grande ponto negativo, ao meu ver, é a não sincronia do avanço do jogo via iCloud, o que permitiria continuar a evolução da carreira em diversos aparelhos diferentes (iPhone, iPad). É uma pena não ter isso, visto que outros jogos já possuem.

Conclusão

O jogo é ótimo, como todos os outros da série Real Racing. Quem nunca jogou, agora terá a oportunidade de experimentá-lo, pois sua instalação é gratuita. Vale muito a pena.

Ele já está em português e, depois de instalado, ocupa 1,8GB de espaço no aparelho. E uma notícia ruim para quem tem dispositivos mais antigos: ele não roda no iPhone 3GS ou anterior, nem no iPad 1 ou iPod touch antes da 4ª geração. Os gráficos mais avançados exigem no mínimo um processador A4.

ATUALIZAÇÃO:

Conforme foi anunciado inicialmente, o jogo só estará mesmo disponível no Brasil, Estados Unidos e Europa no dia 28 de fevereiro. Por alguma razão bizarra, ele foi liberado antecipadamente nos países asiáticos e da Oceania, o que nos fez pensar inicialmente que ele também seria antecipado no ocidente, como geralmente acontece.