Micro e Nano-SIM

Quando alguém compra pela primeira vez um iPhone ou um iPad 3G, um dos primeiros problemas que enfrenta é a diferença de formato do chip da operadora (chamado de SIM card) compatível com o aparelho, que é menor que o tamanho convencional. O melhor é sempre pedir para a própria operadora um novo chip já no formato ideal, mas se você está em uma viagem ou em uma situação que precisa muito adaptar seu atual SIM para o iPhone, confira este tutorial para cortá-lo você mesmo.

comentamos aqui como não é muito difícil cortar “no olho” o chip para o formato que entre no iPhone 5, mas nem todo mundo tem um nano-SIM para servir de referência. Por isso, criaram uma maneira esquemática de fazer a marcação dos cortes tanto do chip que caiba no iPhone 5 (nano-SIM) quanto no iPhone 4/4S (micro-SIM).

Eis o passo-a-passo:

Passo 0: Tenha consciência de que este processo pode inutilizar o seu chip. Portanto, só faça se estiver realmente preparado para assumir as consequências.

Passo 1: Baixe e imprima, em tamanho natural numa folha A4, o seguinte documento: link.

Passo 2: Com a ajuda de uma fita durex, grude o chip a ser cortado na marcação correspondente na folha:

• a primeira se você quiser cortar um chip padrão para o formato do iPhone 4/4S ou iPad.

• a segunda, para adaptar um chip padrão para o iPhone 5 ou iPad mini

• a terceira, para adaptar o chip de um iPhone 4/4S para o iPhone 5

Passo 3: Com uma caneta, marque o chip de acordo com as linhas existentes no papel.

Passo 4: Marcações feitas, tire o chip do papel e recorte nas linhas indicadas.

Cortando o chip

Veja em vídeo como é todo o processo (em inglês):

No vídeo, eles sugerem que no final você passe uma lixa no chip, para ele ficar mais fino. Em nossos testes, isto não foi necessário.

Com este tutorial, você deve conseguir adaptar você mesmo o seu antigo chip para poder usá-lo no seu dispositivo Apple. Mas lembre-se: o melhor é sempre pedir um novo chip já no formato certo para a sua operadora, para evitar qualquer problema. O custo disso fica entre R$10 e R$15, dependendo da operadora. ;)

fonte: Airportal