Se você é um dos que pretende viajar para comprar o novo iPhone 5, pense bem antes de ir para os Estados Unidos. Assim como fez no ano passado, a Apple não irá disponibilizar, no início das vendas, aparelhos desbloqueados de operadora. Pelo menos não nas primeiras semanas.

Ela faz isso para garantir estoques suficientes para o consumidor americano. Com a venda de aparelhos desbloqueados, é enorme o número de estrangeiros que visitam o país justamente para comprar o iPhone e revendê-lo em seus países no mercado cinza e a maçã quer dificultar isso.

Ou seja: aparelhos comprados neste mês nos Estados Unidos serão bloqueados com as operadoras americanas e por isso não funcionarão no Brasil. Preste atenção nesta frase para não comprar um peso de papel chique.

Quando forem disponibilizados (segundo a Apple, “em algumas semanas”), os aparelhos desbloqueados custarão US$649 (16GB), US$749 (32GB) e US$849 (64GB).

Há outras opções para quem realmente precisa comprar um aparelho desbloqueado agora. Elencamos abaixo alguns países que vendem o modelo, com preços convertidos em reais (valores aproximativos, não consideradas taxas de importação e IOF do cartão):

 iPhone 5 desbloqueado 16GB 32GB 64GB
Canadá R$1.465 R$1.675 R$1.885
Inglaterra R$1.735 R$1.965 R$2.293
França R$1.799 R$2.090 R$2.382
Alemanha R$1.799 R$2.090 R$2.382
Austrália R$1.712 R$1.926 R$2.140
Hong Kong R$1.456 R$1.665 R$1.874

Na Europa, os preços aumentaram em relação ao ano passado, e se considerarmos que o valor da moeda está bem alto frente ao real, o preço para quem importá-lo acabará sendo muito caro.

E se na Europa o preço do iPhone 5 aumentou em relação ao 4S, como será no Brasil quando ele chegar por aqui?