Como se sabe, não há, até o momento em que este artigo é escrito, a categoria Jogos na loja brasileira de aplicativos da Apple. Isso porque, até ontem, não havia uma classificação etária no sistema compatível com a exigida por lei no Brasil, que respeitasse o Estatuto da Criança e do Adolescente (leia mais aqui).

Para tentar “burlar” este problema e permitir que os brasileiros comprassem jogos, a Apple “fingiu que não viu” e deixou durante anos o sistema aceitar cartões de crédito brasileiros na loja argentina, o que foi a salvação de muitos de nós que procuramos pagar pelos aplicativos que usamos.

Mas o sonho acabou: a partir de hoje, não é mais possível usar cartões brasileiros na loja hermana, apenas aqueles que forem de lá.

A constatação foi observada por alguns de nossos leitores, que desde esta tarde não conseguem mais associar um cartão de crédito em sua conta argentina. Nós mesmos fomos tentar comprar um aplicativo e pudemos comprovar o caso.

O usuário até pode colocar o “None” e não registrar nenhum cartão, para continuar baixando apps que ficam grátis, mas não poderá mais comprar nenhum aplicativo. Se mudar sua conta para o Brasil, depois não consegue mais voltar, sendo obrigado a criar uma nova, sem cartão.

O que fazer agora para comprar jogos?

Como não tem mais jeito de comprar aplicativos na App Store argentina, o jeito é trocar de país. No Uruguai, os cartões brasileiros também são aceitos e tudo funciona exatamente como era antes na Argentina. Portanto, você pode mudar sua conta para lá (veja o tutorial aqui).

Nossa sugestão, porém, é que você mantenha sua conta principal no Brasil, alterando o país somente quando quiser baixar jogos. Isso evitará que você perca seus aplicativos no futuro, caso a Apple decida “mudar as regras” novamente.