Muitos corredores quando treinam (principalmente para provas), fazem questão de saber as distâncias percorridas, os tempos de cada quilômetro e o ritmo da corrida. Assim, nada como conhecer uma boa rota e ter um bom relógio no pulso para o atleta ir calculando, enquanto corre, seu desempenho.

Para os amantes do nosso precioso telefone, uma excelente solução chegou às prateleiras da App Store há cerca de um mês e esta semana é o “iPhone App of the Week”. O aplicativo Nike+ Running, similar ao existente nativamente a partir do iOS 3.0, recebeu uma turbinada em função do GPS presente nos iPhones.

A diferença para o aplicativo nativo do sistema é que para este, você não precisa comprar o sensor Nike+, pois ele funciona apenas com o registro do deslocamento do GPS interno do aparelho.

Ao iniciar o aplicativo, o usuário possui três opções de corrida: básica (sem metas estabelecidas de distância ou tempo), por tempo, ou por distância pré-estabelecidos. Se o exercício for feito em locais abertos, o sinal do GPS deve ficar disponível; caso seja em lugares fechados (como na esteira de uma academia), o aparelho usa as informações do acelerômetro para obter os dados. Assim, basta escolher uma playlist, músicas aleatórias, ou simplesmente escolher a música tocando no iPod no momento, para começar a marcar a rota e demais dados da atividade.

A função Voice Feedback (já existente nas versões do Nike+ para iPods), que informa através do fone de ouvido a distância, o tempo, e o ritmo, pode ser configurada para ser ativada a cada intervalo de tempo e/ou distância – cabe a você ajustar para que não fique algo irritante. Durante a primeira metade, a função te fala qual a distância percorrida até o momento, e após atingir a metade do percurso, ou do tempo, o Voice Feedback informa quanto falta para terminar. Os botões de controle de música ficam disponíveis na própria tela do aplicativo enquanto se corre.

Já que o controle do iPhone é baseado na tela de toque (touchscreen), o aplicativo possui uma tela própria de bloqueio (acessada pelo desenho de um cadeado no canto superior direito), que também disponibiliza as informações básicas.

A 200 metros de terminar a corrida, o aplicativo estimula o corredor a “dar um gás”, e sugere que você ative a PowerSong, caso ela tenha sido pré-programada. Ao final da atividade, é calculada a distância total percorrida, o tempo, o ritmo, e as calorias queimadas (com base no perfil fixado nos ajustes). Além de serem armazenadas no aplicativo, cada corrida ainda pode ser sincronizada com o site Nikeplus.com, caso você tenha já uma conta. O site possui uma ótima interface, recursos para comparar as corridas e ter uma noção geral das realizações. Batendo novos recordes, você ainda ouve os campeões Lance Armstrong e Paula Radcliffe te parabenizando com mensagens de apoio.

O app ainda tem interação com o Twitter e o Facebook.

Mesmo que o app não possa ser bloqueado durante a corrida (pelo botão Repouso do aparelho) ele suporta a multitarefa, não somente voltando do ponto onde foi ‘congelado’, e continua traçando a rota em background. Ainda em relação à bateria, caso você corra a noite, é recomendável diminuir ao máximo o brilho da tela para evitar o consumo excessivo de energia. Antes de usar o aplicativo, eu acreditava que não ia sobrar nada dela (já que estamos falando de uso contínuo do GPS, música, e ativação contínua do multitouch); no entanto, em corridas de aproximadamente 50 minutos, a carga da bateria se reduziu “somente” 20% do valor inicial. Caso você corra pela manhã e use bastante o iPhone durante o dia, é recomendável andar com o carregador.

Como pontos negativos, é muito mais confortável e menos perigoso correr com um iPod Shuffle do que com o iPhone; para os atletas que gostam de monitorar a atividade cardíaca, há a necessidade de um aparelho externo que faça isso; não há tradução ao português; faltam planilhas de treino (embora existam no site), não tem a opção de funcionar paralelamente com o sensor Nike+, para quem já o possui.

Mesmo assim, a Nike acertou em cheio oferecendo um aplicativo funcional, preciso, dono de um design maravilhoso, que permite a sincronização com uma estrutura pré-existente no site, e que, acima de tudo, utiliza e integra de uma maneira brilhante os recursos do iPhone – a música, os dados do GPS, integração com o site e com redes sociais – tudo com o objetivo de estimular o atleta a atingir marcas melhores.

Pelo custo de 1,99$ (link App Store), acredito ser uma excelente opção, com um ótimo custo-benefício. Se podemos dizer que o iPhone é o melhor telefone pela experiência de usuário que proporciona, acredito que o Nike+ Running conseguiu chegar no mesmo nível.