EXCLUSIVONotícias

Registrado primeiro caso de iPhone com tela rachada no Brasil

Foi em agosto de 2009 que começaram a aparecer em massa casos de telas rachadas de iPhones no sul da França, em que a imprensa do mundo inteiro divulgou equivocadamente como “explosões” de aparelhos. Em todos os casos, os usuários afirmaram que a tela se despedaçou de repente, sem nenhum motivo aparente. Até hoje a Apple e a justiça francesa debatem o assunto, apesar de não ter ocorrido mais nenhum caso depois de passado o verão europeu.

Agora o mesmo aconteceu no Brasil, em pleno verão carioca. E o calor excessivo pode ser a grande explicação para esse fenômeno.

O fato aconteceu com o nosso leitor Bruno Marques, do Rio de Janeiro. Na semana passada, os termômetros do Rio marcavam 39°, mas a sensação térmica era de mais de 50° devido à grande umidade do ar. Ele nos relata a históra:

Eu estava com meu iPhone 3G no bolso e entrei em um restaurante para almoçar. Coloquei o aparelho em cima da mesa e depois de um tempo ele fez um estalo enorme. Olhei na mesa e o vidro do aparelho estava completamente rachado. O primeiro impulso foi olhar para o teto para ver se havia caído algo, mas não era o caso. Na verdade, só pude constatar que o ar condicionado forte do restaurante estava sobre mim e, creio eu, a mudança brusca de temperatura pode ter sido a responsável por ter quebrado a tela do meu iPhone.

O aparelho continua funcionando normalmente, apesar das rachaduras.

O problema agora é conseguir que seu aparelho seja reparado, pois ainda está na garantia. A Apple e a operadora (TIM) empurram a responsabilidade uma para a outra e Bruno não consegue uma posição clara de nenhuma das partes.

A mudança de temperatura pode ser a explicação para os casos ocorridos na França. A página de suporte da Apple avisa que o aparelho deve permanecer “dentro de temperaturas de operação aceitáveis”, que são entre -20º e 45º C quando não em operação. O iPhone OS possui um dispositivo próprio de segurança, que faz o aparelho bloquear quando passa essas temperaturas, apresentando a seguinte tela:

Esta tela não apareceu com o Bruno, o que quer dizer que o sistema não considerou que o aparelho estivesse fora dos padrões.

É importante destacar que por enquanto, apenas um caso de rachadura espontânea foi registrado em nosso país.

Na Europa, mesmo sem ter chegado a um veredito final sobre a causa, a Apple se ofereceu para trocar os aparelhos de quem apresentou o problema. O que precisamos fazer para termos o mesmo direito respeitado no Brasil?

Fonte: © blogdoiphone.com

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar