Notícias

Casos isolados de “explosões” da bateria do iPhone repercutem no resto do mundo

Boom!

Eu não gosto muito de falar de casos isolados de problemas com o iPhone, justamente para não passar uma falsa idéia de que o aparelho em geral é defeituoso ou que possui um erro de projeto. Casos assim infelizmente são aceitáveis no mundo capitalista em que vivemos, onde um entre dois milhões não é considerado como problema.Imprensa divulga casos

Na semana passada houve um caso de uma adolescente inglesa cujo iPod touch explodiu sem mais nem menos. O que é estranho na história é que a família chegou a fazer fotos do acontecido fazendo várias poses que eu particularmente achei meio suspeitas. Ela acusou a Apple de tentar abafar o caso. Pode ser verdade, mas também pode ser simplesmente oportunismo de alguém que quer chamar a atenção.

Mas na França parece ter acontecido um caso um pouco mais sério.

Como noticiamos ontem pelo nosso twitter, um iPhone “explodiu” no rosto de um jovem, no sul da França. Devido à alta temperatura da bateria, a tela começou a se quebrar em várias pequenas partes e pedaços muito pequenos de vidro começaram a ser lançados, acertando o olho do rapaz. Estranho.

A explosão nem foi tão grave, mas a resposta da Apple sim.

A mãe do jovem contatou o serviço de atendimento ao cliente da Apple e relatou o caso. Qual foi a resposta?

“Minha senhora, isso é impossível de acontecer, iPhones não explodem.”

É verdade que o acontecido foi totalmente incomum e que é até difícil acreditar na história (porque isso não parece com uma explosão e sim com um aparelho que caiu no chão), mas de qualquer forma, esta resposta não é exatamente o que se espera de uma empresa que se diz preocupada com o seu consumidor. É bom notar também que ela não combina com o bom atendimento que a Apple geralmente tem, mas como aconteceu, virou notícia.

Na verdade, a grande falha foi ter respondido desta maneira, sem ter investigado mais a fundo. A família chamou a imprensa para criar caso sobre o acontecido.

O que me convenceu a no fim fazer esta matéria foi o vídeo (que já circula pelo Youtube) das explicações da família. Colocamos uma legenda em português especialmente para nossos leitores. Confira (cuidado com o áudio que está meio alto):

Certifique-se que a função “CC – Captions” no menu do vídeo esteja ativa. Infelizmente não é possível ver legendas quando visualizado do iPhone ou iPod touch

httpvh://www.youtube.com/watch?v=jwHGefpqL7w

Será uma história real ou só mais uma maneira de garantir 15 minutos de fama?

Fonte: jornal La Provence e Youtube

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar