Notícias

AT&T diz à FCC que não é responsável pelo que se passa na App Store

AT&T joga toda a responsabilidade na Apple

A AT&T acaba de dar uma primeira resposta em relação ao pedido de explicações realizado pela FCC (Comissão Federal de Comunicação) sobre as causas da não aprovação de aplicativos compatíveis ao Google Voice na App Store (leia “FCC investiga a causa da Apple ter barrado o Google Voice na App Store“).

A operadora declarou:

Nós não gerenciamos nem aprovamos aplicações na App Store.

Ou seja, passou a batata quente para a Apple.

Mas esta declaração contradiz os próprios fatos. Em maio a AT&T assumiu ter sido a responsável pelo bloqueio do funcionamento do aplicativo SlingPlayer pela rede 3G. Em uma declaração oficial, a operadora diz que a transmissão de TV pela sua rede consome banda passante demais, podendo prejudicar o seu parque de clientes. Por causa desse veto da AT&T, o SlingPlayer pode apenas funcionar pelo Wi-Fi.

E esse não é o único exemplo. O que dizer do antigo NetShare, que foi estranhamente banido da App Store porque permitia o tethering? E o Skype, que é proibido de funcionar na rede 3G?

O estranho de tudo isso é que em outras plataformas que também usam a AT&T, como Nokia, BlackBerry e Windows Mobile, tudo isso é permitido, tanto ligações VoIP pelo 3G quanto o tethering. Será que o problema é com a Apple mesmo?

É até bom que a FCC esteja investigando para tirar a limpo toda a situação. E espero que ela consiga encontrar uma resposta satisfatória para todas estas perguntas.

Via

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar