Notícias

Aplicativo sexy escapa da censura da Apple e ganha 10 mil dólares em uma semana

A grande controvérsia causada pela decisão da Apple em banir mais de 5.000 aplicativos sensuais da App Store foi principalmente pela falta de coerência da maçã, que acabou deixando alguns apps ainda na loja. Um deles, chamado Tubes!, aproveitou que estava quase sem concorrentes e acabou faturando mais de US$10.000 em apenas uma semana.

O aplicativo nada mais era do que uma lista de fotos de mulheres sensuais. Mas como a Apple deixou escapar um aplicativo desse tipo? A resposta é fácil: ele não estava publicado nos Estados Unidos.

A empresa que o desenvolveu, a Mobile Simplicity, o fez o Tubes! a pedido de um cliente, mas com a condição de que ele não fosse publicado nos EUA, para “não sujar a reputação da empresa”. Com isso, ele escapou do pente-fino feito pela Apple e não foi banido.

Porém, ele chamou a atenção quando começou a fazer sucesso. Na Alemanha, ele já estava no 4° lugar entre os mais baixados e o repentino crescimento em sua arrecadação fez a maçã notá-lo e finalmente expulsá-lo no domingo passado. Decisão tardia, mas que fez o aplicativo vender muito mais do que jamais venderia.

Fica a dica para os desenvolvedores nacionais que não querem ser surpreendidos com mudanças na política da Apple: publiquem seus apps somente na loja brasileira. 😉

via

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar