Notícias

A importância de sistemas anti-crack nos aplicativos para iPhone

Se você é desenvolvedor e ainda não pensou em um sistema de proteção contra o cracking de aplicativos, é melhor começar a pensar. A pirataria de aplicativos da App Store é uma realidade e visto que a Apple parece não fazer muita coisa para impedir isso, é você mesmo quem deve encontrar uma solução para proteger o seu trabalho.

Muitos desenvolvedores estão conseguindo resolver o problema instalando métodos anti-crack em seus aplicativos, que impedem o usuário de aplicativos crackeados de usá-lo.

Proteção no app Tap Tap Dance
Alguns devs apelam para a simpatia

Alguns desenvolvedores nacionais já estão se mexendo nesse sentido. O primeiro aplicativo brasileiro a implantar um sistema anti-cópia foi o Vade Mecum, da Max Systems. Eles nos contam que levaram dois meses para desenvolver um sistema próprio de proteção que identifica o cracking e impede o programa de funcionar.

O jogo Caça-letras também tem uma proteção, que impede que a versão crackeada rode.

Outros já estão se organizando para criar métodos comuns para se proteger. Inclusive já está sendo organizada uma lista negra de UDIDs (a identificação única de cada aparelho). Isso quer dizer que se VOCÊ usar uma cópia pirata de um dos aplicativos protegidos, seu aparelho ficará cadastrado e não poderá mais rodar nenhum outro programa que use o mesmo sistema.

Se você desenvolve aplicativos para o iPhone OS e quer saber mais sobre como proteger sua obra, entre em contato conosco.

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar