Apple WatchOpinião

Lanterna no Apple Watch, esta ilustre esquecida

É comum destacar-se diversas funcionalidades do relógio inteligente da Apple, como monitorar a atividade física, a saúde, notificações e tudo mais. Mas quase ninguém cita ou comenta uma das funções que eu mais uso no meu: a lanterna. 

Sim, o Apple Watch possui uma lanterna, que é a mais prática do mundo. 





Não é exagero: nunca uma lanterna foi tão acessível. E olha que quem vos escreve é um ex-usuário do saudoso Nokia lanterninha, aquele que vinha com uma lâmpada na parte de cima, que acendia quando era preciso.

O grande barato do Nokia era você ter sempre no bolso uma lanterna, onde quer que se ia. Era prático quando tinha apagão de luz, ou quando se chegava em casa à noite e o buraco da fechadura não estava iluminado. Uma verdadeira mão na roda no dia a dia. 

Com a chegada do iPhone (que de fato matou a Nokia), a grande tela de LED acabou servindo como foco de luz, substituindo a necessidade de se incorporar uma lâmpada física no aparelho. Aliás, por um bom tempo os aplicativos de lanterna fizeram sucesso na App Store, até a Apple permitir que o sistema usasse o LED do flash da câmera do aparelho para iluminar o ambiente. Foi o fim de centenas de apps.

Sim, a função lanterna do iPhone é bem prática, mas não tanto quanto a do Watch, justamente porque este último está SEMPRE com você, ali, no seu pulso. Por ser um wearable (acessório “vestível”), o relógio acaba fazendo parte de você. E quando você tem uma lanterna que “faz parte de você”, atingimos realmente o ápice da praticidade. 

A lanterna do Watch herda o procedimento daqueles primeiros apps: cria uma tela branca intensa para irradiar luz. Isto é suficiente para iluminar bem o ambiente próximo a você e quebrar o galho em diversas situações. Por exemplo, quando você se levanta à noite para ir ao banheiro ou fazer qualquer outra coisa, a iluminação do Watch é perfeita para você se deslocar sem acordar seu companheiro/companheira que está dormindo. Ou quando falta luz de repente e seu iPhone não está com você. Em situações de emergência, não há nada mais prático.

Por que raios tem a cor vermelha?

Claro que, para ficar perfeito, a Apple terá que arranjar uma maneira de melhorar bastante a autonomia da bateria do seu relógio. Muitos usuários o deixam carregando durante a noite, que é justamente o momento em que mais se precisa de uma lanterna. O dia que ela solucionar este ponto, aí sim a lanterna poderá ser colocada lado a lado com as melhores funcionalidades úteis do Apple Watch. 


Como ativar a lanterna no Apple Watch

Ativar a lanterna no Apple Watch é bem simples. O botão de ligar fica na Central de Controle, que você tem acesso ao deslizar o dedo na tela de baixo para cima. Ele tem o mesmo aspecto do botão de lanterna do iPhone.

Ao tocar no botão, a tela OLED do relógio fica toda acesa, com uma luz forte suficiente para iluminar o ambiente próximo. Há três cores de lanterna, que você ajusta arrastando a tela para o lado: branca, branca piscante e vermelha.

A branca é a lanterna normal, que ilumina bem o que estiver por perto. A piscante é para casos de emergência, em que você não pode sair do lugar e precisa chamar a atenção de quem passa longe. E a vermelha é uma maneira de iluminar de uma forma menos agressiva aos olhos, ideal para quando você levanta da cama no meio da noite e não quer acordar mais ninguém (ou perder o sono por causa da luz forte).

Aliás, se o Watch estiver com a função Não Perturbe ativada, a lanterna já ativa diretamente na cor vermelha, pois supõe que você já estava dormindo.


Uma função tão pouco comentada, mas que, tenho certeza, salva a pele de milhares de usuários no mundo inteiro. 🙂

Fonte
Conteúdo original © Blog do iPhone

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar