App Store

Novas regras da App Store não permitirão mais nenhuma publicidade em jogos e apps para crianças

Sabe quando você baixa um aplicativo ou jogo gratuito para o seu filho, mas ele é repleto de publicidade? Isso é bem comum hoje, mas está fadado a não existir mais.

Segundo as novas regras da App Store, aplicativos voltados para crianças não poderão mais apresentar publicidade. Nenhuma.





Sim, os desenvolvedores precisam ganhar dinheiro de alguma forma. Mas é provável que todos concordemos que é um saco quando se abre um aplicativo gratuito e ele, a cada minuto, para tudo o que está fazendo para abrir uma janela com publicidade. É ruim, causa uma experiência de uso péssima para o usuário e só incentiva a desinstalação do aplicativo.

A coisa piora quando é um app usado por crianças. Nem sempre elas entendem a diferença entre publicidade e jogo e é muito comum elas tocarem em banners ou até mesmo realizar compras (quando os pais não tomaram o cuidado de bloquear isso no aparelho).

É por isso que a Apple resolveu se meter e endurecer as regras de sua loja. Na WWDC (realizada na semana passada, a empresa atualizou suas regras da App Store e uma das mudanças foi justamente quanto à publicidade e rastreamento em aplicativos e jogos para crianças.

Nada de publicidade em aplicativos para crianças

A nova regra vale para aplicativos e jogos que estejam na categoria Crianças. Ela diz:

1.3 Categoria Crianças — […] Estes aplicativos não devem incluir links para fora do app, nem oportunidades de compras e tampouco outras distrações para as crianças, a menos que isto esteja em uma área sob o Controle Parental. Isto deverá ser seguido inclusive para atualizações posteriores, inclusive se for decidido alterar a categoria.”

Ou seja, mesmo que o desenvolvedor decida lançar o app na categoria Crianças para cativar este público e depois, malandramente, altere a categoria para uma menos restrita, neste caso ele terá que continuar seguindo as mesmas normas, por já ter participado da área voltada para crianças.

E tem mais:

“Os aplicativos na categoria Crianças não podem incluir publicidade ou serviços analíticos de terceiros. Também deve prestar especial atenção às leis de privacidade em todo o mundo relacionados à coleta de dados online de crianças.”

Ou seja, para quem tem filhos ou crianças por perto que gostam de brincar com o iPhone ou iPad, elas a partir de agora ficarão mais protegidas contra as armadilhas de algumas publicidades mais abusivas.

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar