App Store

Alguns aplicativos famosos estão gravando a tela do usuário sem avisar

E a Apple não gostou nada disso

Geralmente a gente fica mais tranquilo no iOS porque sabe que a Apple é chata no controle da App Store (até demais) e é difícil apps espiões ou que contenham código malicioso ficarem disponíveis na loja. Porém, na computação nada é infalível e impenetrável, e por vezes os malandros conseguem maneiras de burlar o sistema.

É o caso de uma empresa de dados analíticos, que conseguiu implementar uma maneira de registrar tudo o que o usuário faz dentro do aplicativo, gravando o que se passa na tela. E diversos apps conhecidos fazem isso há algum tempo


Aplicativos como Hotel.com, Expedia, Air Canada e Singapura Airlines gravam tudo o que o usuário faz na tela dentro do app, e isso inclui endereços de e-mail e senhas (em certos casos) quando é preciso se conectar na respectiva conta. E tudo isso sem avisar o usuário.

Isso é obra de uma empresa chamada Glassbox, que oferece a seus clientes uma solução que consiste em registro da tela do usuário. O objetivo é saber todos os seus passos dentro do aplicativo, para conhecer quais as áreas mais acessadas, botões que funcionam mais ou outros tipos de comportamento. Para eles, com estas informações é possível melhorar campanhas de marketing e entender melhor o cliente.

O grande problema é que em nenhum momento isso é informado ao usuário, nem mesmo nas letrinhas miúdas dos Termos de Uso. A Apple não gostou nada disso e já pediu para os apps que fazem isso pararem imediatamente, ou pelo menos colocar algum aviso que informe o usuário de que isto está sendo feito.

“A proteção da privacidade do usuário é prioridade no ecossistema da Apple. Nossas regras da App Store exigem que os aplicativos peçam permissão explícita do usuário para obtenção de conteúdo pessoal e que seja providenciado uma forma clara de aviso quando se grava ou registra a atividade do mesmo.

O seu aplicativo usa software de análise para coletar e enviar dados do dispositivo ou do usuário para terceiros sem o consentimento do usuário.”

E o pior é que há outras empresas de marketing que oferecem o mesmo serviço. Elas, junto com a Glassbox, terão que rever seus métodos, pois agora que isso veio a público, a maçã não permitirá que este tipo de coisa se repita.

Via
Engadget
Fonte
TechCrunch
Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Gibson Meira Oliveira

    Absurdo tal tipo de comportamento dessas empresas, completamente anti-ético e criminoso! Que bom que a Apple não é flexível com suas normas!

    Ah… atenção aos redatores: no último parágrafo, onde lê-se aorta, seria, agora!

    • Eduardo Vieira

      qual crime? conheco muito sites, muitos sites famosos que fazem isso e ninguem fala nada… o proprio Google faz isso para analise de dados…

  • Fabio Ricardo Bulgaron

    Atenção aos redatores: onde lê-se veia, seria, vier!

    • Ocimar De Jesus Borges

      “…pois aorta que isso veia a público…” (retirado do texto) tem muito a ver com o corpo humano! rsrsrsrsrsrs
      Acho que seria “…pois agora que isso veio a público…”

      • É isso que dá contratar estagiário de Medicina!!! ?

        • Strat

          Acho que o iLex colocou esses erros de propósito para nos rastrear, ver se Lemos tudo até o final ?

  • Daniel Carvalho

    Essas empresas estão cada vez mais sendo descobertas, essas práticas são inadmissíveis, por essa razão deixei de usar diversos aplicativos e entrar em vários sites, nossos dados e privacidade estão sendo expostos a todo momento, espero que com tantas notícias assim, a população abra os olhos e passe a se privar mais.

    • Eduardo Vieira

      não usa o Google? g1? Uol? Facebook… e por ai vai…

      • Daniel Carvalho

        Desses que você mencionou utilizo apenas o Google e estou tentando me desvincular dele também, com e-mail alternativo e com uma boa política de privacidade,também estou procurando por um buscador, mas é bem complicado, nenhum tem a acuracidade que o Google.

  • A.Lozzini

    Atenção aos redatores: Obrigado pela matéria.

  • Matheus Ferreira

    Quero ver quando a Apple vai tomar providência em relação aos aplicativos (por exemplo, instagram e Facebook) que utilizam o iphone para ouvir o que conversamos e utilizam essas informações para gerar publicidade. Já aconteceu comigo dezenas de vezes.

    • Fabrício

      Verdade!
      Uma vez fizemos um experimento. Começamos a conversar sobre um determinado assunto para o qual nunca se tinha feito busca no aparelho. Depois de 2 dias comecei a receber propagandas sobre o referido assunto. Coincidência?

    • William

      É o chamado #cumbucagate

  • Fabrício

    Muitos chiavam quando o iOS era bem mais fechado. Porém, seria questão de tempo estas implementações a medida que o sistema se torna mais flexível. Infelizmente, sempre há quem tente tirar proveito e burlar as regras. E no Android essa bisbilhotagem é ainda pior.

    • “Muitos chiavam quando o iOS era bem mais fechado.”

      Só queria fazer uma observação quanto ao seu comentário.

      O iOS sem dúvida ainda é bem mais fechado. Vemos todas as semanas histórias de aplicativos para Android que enganam ou espionam o usuário e o Google pouco pode fazer quanto a isso, pois se ele tira da loja, o app ainda pode ser instalado de forma paralela.

      Ser fechado não significa que o sistema é infalível e completamente blindado; todos os dias se encontram brechas que permitem burlar as regras. A diferença é que a Apple, quando descobre, se preocupa em acabar logo com isso. E isso é facilitado pelo fato dela ter um CONTROLE maior sobre a loja.

      • Fabrício

        Concordo plenamente! A atenção dada pela Apple em tentar evitar esses excessos cometidos pelos desenvolvedores parece ser bem maior do que dos seus rivais.

  • Eduardo Vieira

    o problema é o vazamento de informações, hoje podemos usar cartao virtual para proteger a informação…
    o ideal seria o programa borrar essas informaçoes, porem isso já é usado a muito, muito tempo mesmo…

    aqui no brasil tem uma empresa que faz isso a mais de 5 anos… para as empresas é uma informação muito aproveitavel, pois podemos saber o que tem de errado no site…e o comportamento do usuario…

    isso acontece em muitos Shopping, voce entra na loja e tem o seus passos acompanhados para saber o que mais faz…

    • Daniel Carvalho

      Acho que ter mapeado as partes do site que mais são acessadas é algo totalmente aceitável, mas você gravar tudo o que se passa na tela, é uma total invasão de privacidade.

      Muitas empresas usam essa coleta de dados não somente pra se adequarem ao que os usuários mais acessam, mas passam a comercializar informações.

Back to top button
Close