AppleRetrospectiva

[Retrospectiva 2018] O ano que a Apple olhou mais para o Brasil

Os brasileiros sempre reclamaram que a Apple nunca deu muita atenção ao nosso país, com muitos serviços não funcionando por aqui (afinal, quem não lembra da demora de termos a Siri em português?). Para piorar, os altos preços dos novos iPhones XS e XR deixou um gosto bem amargo nos usuários daqui, fazendo muita gente se decepcionar com a empresa.

Porém, por incrível que pareça, olhando em retrospectiva, nos damos conta que 2018 foi um dos anos em que o Brasil mais recebeu novidades da Apple, que parece ter corrido atrás para nos oferecer um maior número de funcionalidades.

Veja neste artigo quantas coisas o Brasil passou a ter neste ano que passou.





Preços em Reais

Já na primeira semana do ano, uma novidade que esperávamos há 10 anos: a cobrança em Reais nas lojas de aplicativos, música, filmes e livros, além de serviços como o iCloud e Apple Music.

E por incrível que pareça, os preços não foram assustadores, pelo contrário: passamos a pagar menos por aplicativos, algo que se acentuou ainda mais durante o ano, com a disparada do dólar no país.

A Apple só foi reajustar seus preços em novembro, pois o câmbio nunca mais voltou aos patamares de janeiro.

Desconto na troca de bateria

Assim como fez em outros países, a Apple ofereceu um desconto generoso na troca de baterias de modelos a partir do iPhone 6. De R$449 (que até então era o preço normal) ela cobrou R$149 para quem precisasse (ou simplesmente quisesse) trocar a bateria do aparelho. Isso tudo por causa da polêmica causada com a descoberta de que o sistema iOS baixa a performance do aparelho quando a bateria física está desgastada.

Aplicativo TV

Em março, a Apple liberou para o Brasil o aplicativo TV, que integra vários serviços e aplicativos de streaming em um único lugar, facilitando o acesso. Além do Globoplay, a Apple também fez parceria na época com HBO Go, Amazon Prime Video, Play Kids e MUBI. Ao longo dos meses, outros serviços foram incluídos para os brasileiros, como FOX Brasil, Globosat Play, Red Bull TV, Garage, Classix e Claro Video.

Siri na Apple TV

Com o aplicativo TV, a Apple TV também ganhou a compatibilidade da Siri em português, facilitando bastante a navegação. É bastante prático poder retroceder um trecho de um filme apenas com a voz.

Apple Pay

Ah, como a gente esperou para poder realizar pagamentos apenas com nosso iPhone! 2018 foi o ano que isso finalmente foi concretizado, após 4 anos de espera. No início de abril, o banco Itaú foi o primeiro a oferecer (com um acordo de exclusividade de 4 meses), e em agosto os clientes do Banco do Brasil e Bradesco também se juntaram à festa.

Para quem reclama que a Apple sempre deixa o Brasil por último em tudo, nós tivemos o Apple Pay antes mesmo da Alemanha, que é a nação mais rica da Europa.

Tradução de frases pela Siri

Uma funcionalidade do iOS 11 que não existia no Brasil era a possibilidade de pedir para a assistente virtual traduzir frases em outras línguas. O iOS 12 ampliou isto também para o português.

Resultados de Esportes pela Siri

A Siri também passou a informar, em 2018, os resultados do Campeonato Brasileiro de Futebol. Em outros países a função também engloba outros esportes, o que não é ainda o caso do Brasil. Mas quem sabe no próximo ano isso não mude?

Apple Watch com celular

Foi em 2018 também que passamos a ter disponível no Brasil a função celular no Apple Watch, que até então não era compatível com nenhuma de nossas operadoras. Em junho, a Apple passou a disponibilizar o modelo exclusivamente para clientes da Claro.

Com isso, voltou a ser vendido no país os modelos em aço inoxidável e em cerâmica.

Apple Watch Hermès

Outro modelo que não estava disponível antes e que passou a ser comercializado em 2018 no país foi o Apple Watch Hermès, com pulseiras e visores exclusivos. O modelo é bem mais caro que os outros e mesmo podendo ser comprado pelo site brasileiro da Apple, demora algumas semanas para ser entregue.


Foi quase uma dezenas de novidades para o nosso país este ano, de coisas que esperávamos há tempos e sempre ficávamos de fora.

Claro que ainda faltam coisas que gostaríamos muito de ver em 2019:

  • Apple Pay Cash, que permite realizar pagamentos via Mensagem
  • Cartões Presentes da App Store, para podermos comprar créditos em supermercados ou presentear amigos e parentes
  • Operadoras nacionais que aceitem o eSIM dos novos iPhones
  • Navegação curva a curva nos Mapas do iOS e do CarPlay, mesmo que o iOS 12 tenha passado a permitir mapas de terceiros no CarPlay
  • Mapas em 3D de cidades brasileiras, com o passeio virtual (FlyOver)

Nós listamos neste outro artigo algumas funcionalidades que a Apple lançou mas que não existem ainda em nosso país. A lista é atualizada sempre, então você pode ver algumas riscadas conforme a Apple vai implementando por aqui.

Quem sabe 2019 não será o ano em que toda esta lista será riscada? Nós aqui manteremos as esperanças acesas para a Apple continuar olhando para o Brasil com o carinho que ele merece. 🙂

Feliz 2019!

Fonte
Conteúdo original © Blog do iPhone
Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Feliz Ano Novo, BDI e para todos!

    Um forte abraço!

  • Flávio

    Coisa boas sim, mas também coisas ruins como quem gosta de receber a notícia que o seu celular ou Apple Watch, dispositivos Apple não não receberá mas atualização , esse mesmo dispositivo adquirido por milhões pessoas perdeu o valor para Apple . Lamentarvel

  • Anderson

    ahh pelo amor de deus….se a empresa quer faturar, entao tem que oferecer serviços e equipamentos…
    pra mim , o ano que ela mais olhar para o brasil, será quando um macbook pro que inicia em 1200 dolares , aqui deixar de iniciar a 11.000 reais.
    blog parece que é sustentado pela apple. affff
    ok , pode excluir o comentário como de costume

  • Guilherme

    Tudo isso é anulado pela política de preços abusivas no Brasil.
    Mesmo assim não da pra negar que tiveram novidades.