AplicativosJogos

Epic Games anuncia fim da trilogia Infinity Blade

Domingo passado fez exatos 8 anos que chegava à App Store um dos jogos mais icônicos do iPhone, que apresentou uma qualidade gráfica nunca antes vista em um celular: Infinity Blade. Ele contou com mais duas continuações, melhorando ainda mais a sua história.

Ontem, a Epic Games, responsável pelo desenvolvimento, anunciou que retirou da loja de aplicativos toda a trilogia, que era exclusiva para o iOS.


O Infinity Blade foi histórico por ter sido o primeiro a mostrar que os limites do motor gráfico do iPhone eram maiores do que se supunha. O jogo trazia riqueza de detalhes, que foram melhorando conforme os dispositivos ficavam mais potentes. Dizem que o próprio Steve Jobs ficou impressionado quando viu o jogo pela primeira vez.

“Eu nem acredito que isso é em um de nossos dispositivos. Isso muda tudo.”

Segundo a Epic, o jogo está sendo descontinuado por ser bastante difícil mantê-lo constantemente atualizado para os novos dispositivos e versões do sistema. A cada novo iOS que é lançado, bastante coisa muda, fazendo o trabalho dos desenvolvedores ser constante.

Os três jogos de Infinity Blade não estão mais disponíveis para compra a partir de hoje, 10/12/18. Esta desconcertante trilogia levou os jogos de celular para altos níveis e projetou a Epic Games para novas direções inovadoras. Juntamente com os três jogos Infinity Blade, todas as opções de compra dentro do aplicativo foram removidas. Quem já possui o jogo continuará a ser capaz de jogá-lo e instalar em seus dispositivos de uma conta que o possui.

Como disseram, os usuários que já compraram poderão continuar jogando e até mesmo baixando pelo histórico da App Store, pelo menos até que novos sistemas não o tornem incompatível.

O motivo oficial foi que estava difícil manter o suporte do sistema e dos novos modelos, mas a realidade parece ser outra. O Infinity Blade III foi lançado em 2013 e recebeu poucas novidades desde então. E em uma época de Fortnite e PUBG (este último, como lembramos hoje mais cedo, pertencente à chinesa Tencent que também é dona da Epic Games), um jogo desatualizado e que possui movimentos pré-renderizados (uma das maiores reclamações dos usuários) não tem mais muito espaço no mercado. Aí o melhor mesmo é tirar o time de campo.

Tags

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

Back to top button
Close