Curiosidades

Conheça os estudantes brasileiros que ganharam ingresso, viagem e estadia para a WWDC 2018

Todos os anos a Apple faz uma espécie de concurso chamado Student Scholarship, que apesar da tradução para o português ser “bolsa de estudo“, na verdade premia apenas um ingresso para a WWDC (com viagem, alimentação e estadia), mais um ano de inscrição no Programa de Desenvolvedores. Claro que este prêmio, por si só, já é uma coisa incrível para jovens desenvolvedores.

Este ano, alguns brasileiros foram escolhidos e já estão de malas prontas para embarcar para a Califórnia, para o evento que começa na próxima segunda.

Para participar do concurso, é preciso ser estudante de alguma instituição de ensino, ter 13 anos ou mais, ser registrado no Apple Developer Program (mesmo que no modo gratuito) e criar um aplicativo que chame a atenção da bancada selecionadora.

A maçã costuma separar 350 lugares na WWDC exclusivamente para os estudantes selecionados. É sempre interessante lembrar que o ingresso normal custa US$1.599. Não precisar pagar e ainda ganhar a viagem e estadia é um prêmio e tanto, além da oportunidade de assistir as palestras e oficinas diretamente com os engenheiros da Apple.

Neste sábado, a Apple passou a divulgar na App Store 20 dos aplicativos selecionados. Dois deles são de brasileiros: os estudantes Carolina Gradel e Leonardo Alves de Melo.

Inspiring Women Stickers

Inspiring Women Stickers
Inspiring Women Stickers
Desenvolvedor: Carolina Mandia
Preço: GRÁTIS

O projeto da Carol são stickers do iMessage com ilustrações feitas por mesma mostrando mulheres da história e da ciência que inspiraram o nosso mundo.

O emblemático nesta premiação é que fazer stickers para o iMessage não requer grandes conhecimentos de programação, com os selecionadores mostrando que o importante dos projetos é terem um conteúdo que faça diferença na vida dos usuários. Parabéns a ela.

Save The Trees!

Save The Trees!
Save The Trees!
Desenvolvedor: Leonardo Alves de Melo
Preço: GRÁTIS

Já o projeto do Leonardo é um jogo bastante simples, mas que apela à consciência do usuário. O objetivo do game é tentar apagar com os dedos fogos e motosserras em uma floresta, antes que as árvores sejam destruídas. Tudo isso em um tempo bastante limitado. No final, você analisa quantas árvores conseguiu salvar, mas o app lhe conta que você deve fazer muito mais para realmente salvar nossas florestas do desmatamento desenfreado. O jogador é gentilmente convidado a se informar sobre algumas entidades de proteção florestal, como a WWF Brasil e o SOS Amazônia.


Ambos podem ser baixados na App Store, de graça. Estão em inglês porque era uma exigência do concurso, mas esperamos que eles sejam nacionalizados em breve. Afinal, há 10 anos que este blog luta para que aplicativos de brasileiros tenham sempre versão em português, e nesse caso não poderia ser diferente.

Sabemos que há diversos outros estudantes que tentaram e não conseguiram. Que estes exemplos destacados neste artigo sirvam de inspiração para tentarem novamente no ano que vem. Afinal, há muitos talentos a serem descobertos por este Brasil, e você que está lendo este texto pode ser um deles. Nunca desista!

Para conhecer alguns outros projetos selecionados no concurso, abra este link em um iPhone ou iPad.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Que sonho ser convidado para uma Keynote da Apple! Parabéns e aproveitem cada minuto!

  • Carlos Frederico

    “Ambos podem ser baixados na App Store, de graça. Estão em inglês porque era uma exigência do concurso, mas esperamos que eles sejam nacionalizados em breve. Afinal, há 10 anos que este blog luta para que aplicativos de brasileiros tenham sempre versão em português, e nesse caso não poderia ser diferente.”

    Muitíssimo bem colocado. E ainda tenho de ler/ouvir de pessoas “é dispensável o português, sou fluente total em inglês desde criança”.
    Então tá. Vamos dizer isso para os bilhões de chineses, os milhões de japoneses que em sua grande maioria mal sabe pronunciar uma palavra inglesa.

    • não que seja dispensável, mas dá pra entender perfeitamente ficar em segundo plano (a tradução pra português). dá pra se atingir um público muito maior se o app/conteúdo é em inglês.

      também não é incomum pessoas que de fato não sabem pronunciar uma palavra em português, porém tem capacidades de escrita/leitura razoáveis. uma conhecida minha (atualmente fazendo pós-doutorado em biotecnologia) tem exatamente essa característica.

      • Carlos Frederico

        Opa! Na realidade, como eles tinham prazos, o fato de só lançarem em inglês justamente pela abrangência é completamente justificável. Contudo, ignorar a língua nativa – mesmo tendo tempo depois – faz com que seja deprimente sob todos os aspectos: moral, patriota, etc. Na realidade não é nem uma questão de ser patriota, eu mesmo não sou patriota: sou globalista, porém acima de tudo está onde eu fui criado. Só com a valorização que vamos mudar e melhorar nosso país.

        A nossa cultura de vira-latismo é tão grande que chegamos ao ponto de achar que noutros países as pessoas falam inglês fluentemente. Bem longe disso e ainda pedem na língua nativa.

        Acho importante uma língua “universal” (e não acho o inglês a melhor escolha não, mas reina a língua do país mais influente cultural e comercialmente… e isso os EUA fazem com maestria), porém que mantenhamos a nossa língua mãe à vapor, afinal é uma cultura, embora eu racionalmente também ache melhor uma língua universal e pronto… só que aí fica para outras discussões… XD

        • HelbinK

          Só vou baixar qnd sair a versão em Esperanto

    • A valorização de nosso povo e a reconstrução da nossa auto estima passa necessariamente pela importância que damos para a nossa língua pátria! Parabéns meu amigo!

  • Leandro Oliveira

    Estada: Permanência de uma pessoa em um lugar, hotel, pousada, residência. Estadia: Segundo o dicionário Aurélio, o tempo de permanência de um navio no porto. Ele também expande para aviões em aeroportos e hangares, automóveis em garagens e estacionamentos, trens etc.24 de fev de 2017

  • BS

    iLex se existe a exigência dos apps serem em Inglês, por quê existem dois selecionados na lista que estão em Chinês?? Curiosidade….

  • Leandro Oliveira

    Estada: Permanência de uma pessoa em um lugar, hotel, pousada, residência. Estadia: Segundo o dicionário Aurélio, o tempo de permanência de um navio no porto. Ele também expande para aviões em aeroportos e hangares, automóveis em garagens e estacionamentos, trens etc.24 de fev de 2017

    • Henrique A.

      Pode ser que eles tenham ganhado o direito de estacionar o carro no pátio do campus da Apple… vai saber…

  • Leonardo Alves de Melo

    Olá! Agradeço muito pela divulgação do meu aplicativo! Concordo que Apps brasileiros tenham que ter suporte ao português, e por isso já estou desenvolvendo uma atualização que tenha o português.

    • BS

      Cara, parabéns pelo aplicativo e pela conquista do prêmio!!!! Curta cada minuto do evento!!
      E eu vou curtir como posso, ou seja, pelo BDI mesmo!! Rs

    • Parabéns, Leonardo!

    • Parabéns também pelo app GuiaCerto!
      A ideia é ótima, facilita para os turistas conhecerem o Brasil.
      Gostaria que cada país tivesse um app assim

    • Carlos Frederico

      Parabéns, é esse o pensamento que temos de proliferar!