Notícias

iOS 12 compartilhará localização do usuário em ligações de emergência nos Estados Unidos

Quando você liga para um serviço de emergência em casos de perigo, o agente que atende a chamada precisa conversar com você para saber qual a situação e de onde você fala para, caso necessário, enviar ajuda. Porém, dependendo do caso, a necessidade é tão urgente que qualquer minuto perdido pode comprometer vidas. Além do mais, há casos em que a pessoa que está ligando não consegue passar exatamente onde está, por desconhecer o lugar.

A tecnologia atual caminha para que seja possível identificar a localização de quem liga automaticamente ao se realizar a ligação, e os Estados Unidos já terão isso disponível no iPhone a partir do iOS 12.


Este tipo de tecnologia já está presente no iPhone desde o iOS 11.3, para alguns países da Europa e Oceania. O Advanced Mobile Location (AML) foi incorporado no sistema no final de março e funciona na Áustria, Estônia, Lituânia, Bélgica, Islândia, Finlândia, Irlanda e Nova Zelândia. Outros países da Europa estão testando o sistema.

No iOS 12, os usuários dos Estados Unidos também terão o mesmo recurso quando ligarem para o número de emergência 911.

Durante 30 segundos, as autoridades poderão determinar com precisão de onde a ligação está sendo feita, o que facilita muito um eventual socorro. A Apple deixa claro que este tipo de informação só estará disponível em ligações para o 911. A privacidade do usuário estará segura em qualquer outro tipo de ligação.

A maçã usará o serviço de uma empresa que já disponibiliza um aplicativo que faz isso, chamado RapidSOS (não disponível no Brasil).

Apesar de muitos países não disponibilizarem este tipo de serviço, o fato dele começar a ser implementado na Europa e agora nos Estados Unidos é uma ótima notícia, pois passa a popularizar a tecnologia que, com o tempo, poderá chegar a todos os cantos do planeta.

Os instrumentos tecnológicos estão todos aí. Cabe agora a nós usá-los para nosso bem comum.

Via
Apple
Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Fabrício

    Há pouco tempo um jóvem morreu asfixiado ao cair e ficar de ponta cabeça preso aos bancos de em um carro grande nos EUA.
    Ele chegou a conseguir ligar via SIRI para a emergência. Porém, ele não conseguiu dizer com exatidão onde estava.
    Quando finalmente encontraram o carro, que estava em um grande estacionamento, ele já tinha falecido.
    Possivelmente com esse recurso ele seria salvo.
    Entretanto, creio que seja questão de tempo para esse recurso cair em mãos erradas.
    Infelizmente, grande parte das boas invenções acabam sendo desvirtuadas.

  • Luan

    Já passei por uma situação de emergência,e digo que cada segundo é valioso. Eu Estava em um banheiro de um restaurante quando ele foi assaltado por bandidos a mão armada e que fizeram reféns,e eu estava de passagem em outra cidade,e apesar de saber o nome do estabelecimento,eu não sabia nome da rua nem nada,pois eu não era daquela cidade. Puxei o iPhone do bolso e liguei para a polícia,e quando me perguntaram o endereço eu não sabia,falei o nome do lugar,mas o policial disse que desconhecia o lugar e que existiam muitos com o nome parecido,então tive a ideia de abrir o mapas e encontrar a localização,perdi um tempo pois o Wi-Fi do local estava longe e fraco e eu tinha esgotado meu 4G. Com muito custo passei o endereço aproximado. Parece história de filme,mas isso aconteceu 2 anos atrás comigo.

  • KB

    É um recurso valioso. Só espero que considerem o dispositivo de onde partiu a ligação, pois no iCloud para quem tem múltiplos dispositivos, o usuário determina qual aparelho compartilha a localização. E nem sempre o aparelho compartilhado pode ser o celular em mãos.