Notícias

Apple passa a fabricar o iPhone 6s na Índia, para reduzir custos

Acredite ou não, mas o iPhone é considerado um smartphone caro no mundo todo, não só no Brasil. Claro que em nosso país é preciso desembolsar um valor nominal bem maior (grande parte graças aos impostos), mas até nos Estados Unidos, onde custa metade do que aqui, os nativos consideram o preço alto para os padrões de lá.

Índia passa a ser o novo lugar fora da China em que a Apple escolheu para produzir modelos mais antigos, com custos menores.


Nem sempre o último modelo lançado é acessível para a população de países em desenvolvimento (e nós sabemos muito bem disso), o que faz modelos mais antigos se transformarem em uma maneira de trazer mais gente para o ecossistema do iPhone. Quanto mais usuários, mais aplicativos são vendidos, além de todos os serviços que a Apple oferece, que têm crescido bastante nos últimos resultados fiscais.

O iPhone SE foi uma tentativa de oferecer um modelo mais econômico para mercados em desenvolvimento. Porém, parece que as telas com menos de 4.7 polegadas não estão mais atraindo tantos interessados assim, com a busca cada vez maior por tamanhos grandes.

Segundo o site The Economic Times, a maçã começou recentemente a fabricar o iPhone 6s na Índia. Desde o ano passado eles já vinham produzindo o iPhone SE, e agora o modelo de 2015 se junta à linha de produção.

Assim como fez no Brasil em 2011, o objetivo da Apple é escapar das crescentes taxas de importação aplicadas pelo governo indiano, que hoje são de 20%. O mercado da Índia é enorme e a empresa de Tim Cook não quer perder consumidores por causa do preço alto. A solução é oferecer modelos mais antigos, com preços não influenciados por impostos.

No Brasil, se a fábrica local não serviu para reduzir drasticamente os preços, pelo menos alguns deles não dispararam com o aumento do dólar, como foi o caso do iPhone 5c que por um certo tempo podia ser encontrado por valores na faixa de R$1.300. Hoje, não há nenhum modelo de iPhone sendo vendido por menos de R$1.799. A não ser em algumas ofertas mais agressivas, em que se pode encontrar por tempo limitado um iPhone SE por R$ 1.498,50 se pagar no boleto.

Via
The Verge
Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Gabriel Sória

    Fim da produção no Brasil? Minha amiga trabalha na FOXCONN aqui em Jundiaí e diz que continua normalmente…

    • Gabriel Sória

      Só complementando, a linha de iPads acabou mesmo, a de iPhones continua.

      • Rodrigo

        Pois é. Comprei um iPhone 6s em dezembro/17. Ele foi fabricado no Brasil e a produção dele era de final de novembro/17.

    • Guilherme

      pede pra começar a fazer o SE também obg.

  • Kareka_almeida

    Só ouço usuários de J7prime dizendo que por mais 60/70 Reais, teriam comprado um iphone. Vai ter uma migração grande em breve. Printem aí e me cobrem. Estão cansando de comprar celular “mais em conta” todo ano, ou em menos de um ano.

    • ygor_rg

      Celular mais em conta e que, segundo alguns, são igual ou até superior ao iPhone! Meus dois últimos iPhones troquei com mais de 3 anos de uso

      • Douglas Ceretta Hamerski

        Eu acho os iPhones bem mais em conta que os Android, por incrível que pareça considero o melhor custo-beneficio. Eu comprei um SE no inicio de 2017, e considerando que o iPhone 5s vai ser atualizado até o iOS 12, e em teoria ficar mais rápido que antes, é de se esperar que o SE (que possui um processador A9) vai levar pelo menos mais 3/4 anos pra ficar muito defasado. Não conheço uma marca de android que suporte os devices por tanto tempo e até trazem melhorias para eles depois de tanto tempo como a Apple faz.

        Do outro lado do espectro tem os Macs que apesar de possuirem a melhor qualidade de construção em Notebooks e Desktops (eu odeio notebooks de plástico), são muito caros pelo que oferecem. Ainda assim, meu MacBook Air de 2012 ainda recebe atualizações e novidades sem que haja qualquer queda em performance desde a compra.

      • Douglas Ceretta Hamerski

        Ainda tenho um 4S 64GB, mesmo depois de tanto tempo e não tendo mais suporte para softwares modernos ele consegue ser excelente em quase tudo.

    • Rafael Lima

      Nenhum android desses que custam 2000 até 3000 ganham do iPhone SE ou 6S em processamento, câmeras, qualidade de construção, etc, vi o S9 apanhar pra um iPhone 6S pra renderizar um video, vale mais a pena, um aparelho de 2015 ainda muito atual, vale a pena, podem falar que não tem mil funções, mas quem usa mesmo todas as mil funções?

  • ygor_rg

    R$1.799,00 foi o preço que paguei no iPhone 4 em seu lançamento! Ahh quem dera que esses preços fossem praticados de novo!!!

    • hecnpo

      Dólar quase 4 conto, esse preço não volta mais.