Artigo Promocional

A importância do desenvolvimento front-end na criação de sites e aplicativos

A Alura é a mais nova parceira do Blog do iPhone, e usa de sua vasta experiência com cursos online de tecnologia para nos trazer dicas de desenvolvimento. Já falamos aqui de recursos nativos do iOS em aplicativos feitos em Swift e agora abordamos a área de criação de sites e aplicativos.

Você quer ingressar no mercado de trabalho como um desenvolvedor front-end? Então, conheça os pontos gerais necessários para criar seus próprios sites ou aplicativos e se preparar para o mercado de trabalho nesta área.


Antes de tudo: como está o mercado de trabalho front-end?

As empresas investem cada vez mais em suas apresentações digitais, por isso a demanda pelos desenvolvedores front-end está em alta. Aliás, a área dispõe de um número constantemente razoável de vagas, tanto para estágio como para emprego.

Em outras palavras, se você decidiu crescer profissionalmente para garantir uma maior empregabilidade, front-end é uma ótima escolha.

O que faz um desenvolvedor front-end?

Como um profissional front-end, você será responsável pela apresentação visual de produtos digitais, que normalmente são sites, softwares ou aplicativos mobile. O seu trabalho vai ser visível para os usuários, então a sua tarefa será garantir a melhor experiência possível de quem interage com os produtos.

Você terá de planejar uma estrutura coerente para cada tipo de site e negócio: um e-commerce vai ser diferente de um blog corporativo e de um aplicativo de condomínio, por exemplo.

O seu trabalho vai requerer um contato próximo aos designers, e você mesmo também deverá ter noções dos conceitos e das principais ferramentas de design gráfico. É necessário conhecer as boas práticas de User Experience (UX), além de ficar de olho nas principais (e sempre voláteis) tendências da Web.

Como se tornar um desenvolvedor front-end?

Agora, vamos ver o que você terá de aprender efetivamente para começar nessa área.

• HTML5 e CSS3: crie seu primeiro site

O HTML é uma linguagem de marcação, usada para exibir informações nas páginas web. Já o CSS é uma outra linguagem que cuida da estilização da página.

Uma boa maneira para você aprender a desenvolver nessas duas linguagens é criar o seu site pessoal. Afinal, todo site precisa de conteúdo e, provavelmente, você sabe bastante sobre si mesmo; é só colocar uma página exibindo uma bio, contendo informações sobre você e seu trabalho (quase como um currículo interativo).

Com um projeto nesse estilo, você poderá consolidar o seu conhecimento ao mesmo tempo que aprende como usar tags, criar e aprimorar o layout da sua página e testar posições de elementos sem medo.

Para você se inspirar, veja na seguinte imagem uma ideia de como o seu curriculum pode ser. Não se esqueça: ele não precisa ser o mais bonito; o importante aqui é desenvolver o seu site do zero e saber formatar o conteúdo em HTML e CSS.

Depois de dominar os conceitos básicos de HTML5 e CSS3 (versões atuais das duas linguagens), você já pode aprimorar o seu site com técnicas um pouco mais avançadas.

Aprenda lógica de programação e JavaScript

Na área do desenvolvimento front-end, nem tudo é só visual; algumas coisas exigem interação. Para fazer isso, você poderá utilizar JavaScript, mas, para evitar frustrações com a linguagem, é bem bacana ter conhecimento sobre lógica de programação.

Então, caso você nunca tenha programado na vida, os fundamentos da lógica e a construção de algoritmos lhe ajudarão a entender os conceitos e as regras do universo da programação. Depois, você já conseguirá dar os seus primeiros passos com JavaScript, a linguagem nativa da Web.

O JavaScript é um mecanismo que faz interações na Web. Um caso prático disso é, por exemplo, validar o CPF quando um usuário faz cadastro no site, ou descobrir a localização pelo CEP para conseguir contar o valor do frete do cliente em uma loja virtual. Não conseguiremos reproduzir essas interações só com HTML e CSS, mas, sim, em JavaScript.

Bibliotecas: facilite suas tarefas

Desenvolvendo projetos complexos, algumas tarefas tornam-se bastante repetitivas, ou difíceis. Para isso, é bem bacana conhecer algumas bibliotecas usadas no mercado, que além de trazerem mais produtividade, são um pré-requesito em algumas vagas de emprego como o jQuery.

Boas práticas: ganhando experiência em front-end

Depois de fazer seus primeiros projetos, lembre-se de que estamos em um mundo onde acessamos sites de praticamente qualquer lugar. Assim, conhecer boas práticas e técnicas para ajudar no design responsivo é essencial, por exemplo, pensar mobile first ou desktop first, como se decidir por onde começar a desenvolver e o uso de media queries no CSS para ajudar a ajustar os elementos da página de acordo com a resolução.

Mario Souto, instrutor de front-end na Caelum, compartilha dicas para quem quer começar na área:

Não existe uma fórmula mágica, mas uma coisa que pode ajudar bastante é não ter medo de escrever seu código. Sempre tente imaginar o que precisa ser feito e tente transcrever o passo a passo para o código. No começo, teste sempre todas as propriedades CSS via inspector, de console log em todos os valores JavaScript, e pesquise qual tag serve para o que na documentação. Com o passar do tempo, todo esse conhecimento pode vir lhe ajudar a resolver problemas cada vez mais complexos.

Passo a passo: carreira de Desenvolvedor front-end

Agora que você conhece algumas recomendações sobre como entrar na área de front-end, que tal colocar mão na massa e aprender a criar sites em HTML e CSS de maneira prática, e já ganhar experiência para o seu emprego dos sonhos em front-end?

É só escolher a Carreira Desenvolvedor front-end da Alura, nossa plataforma de cursos online. Além de você poder estudar no seu ritmo – quando e onde quiser –, você também colocará o aprendizado em prática ao criar seu próprio site do zero. Veja o que acha da primeira aula do curso HTML5 e CSS3 – Parte I:

Projetos práticos e apoio da comunidade

Os cursos na Alura sempre são criados de acordo com as necessidades e tendências do mercado tecnológico. Além disso, os instrutores seguem uma didática única, focando na realidade das empresas.

A Carreira Desenvolvedor front-end é uma trilha de cursos criada para você aprender com mais facilidade tudo o que é preciso para dominar as linguagens de programação, as bibliotecas e os processos de criação básicos, além de ter noções do design responsivo e boas práticas de Usabilidade web e Mobile.


Se você sempre curtiu tecnologia e é assíduo visitante do Blog do iPhone, uma das melhores maneiras de entrar no mercado de tecnologia é via o front-end. Conheça os cursos online de front-end da Alura: dê o primeiro passo para se tornar um desenvolvedor front-end e decolar sua carreira!


Este é um artigo promocional, solicitado pela Alura.
Para conhecer nossa política para artigos deste tipo, confira esta página.


Tags
Mostrar mais

Equipe do Blog

Este artigo foi elaborado com a ajuda de diversos integrantes da equipe do Blog do iPhone.

Artigos Relacionados