Notícias

Já está em testes no Brasil o Documento Nacional de Identificação pelo celular

Depois da carteira de motorista digital e o título de eleitor, em breve também poderemos ter a carteira de identidade direto no celular. O novo DNI Digital promete reunir vários documentos em um.

A princípio ele servirá como carteira de identidade e título de eleitor. No futuro, o plano é incluir outros documentos, como a CNH.


O documento rodará digitalmente através de aplicativo gratuito (iOS e Android) e será necessário que o cidadão tenha registro biométrico na Justiça Eleitoral. Com isso, a pessoa pode apresentar o celular quando preciso, dispensando a obrigatoriedade de documentos em papel, como CPF, certidão de nascimento, casamento ou título de eleitor.

O projeto entra em fase de testes hoje e deverá começar a ser distribuído para os cidadãos em alguns meses. Cerca de 2 mil servidores do Ministério do Planejamento e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vão começar a usar a nova identificação. A meta do governo é que o serviço esteja disponível para a população a partir de julho.

Mas não bastará baixar o aplicativo. Após informar CPF, e-mail e telefone, o cidadão terá que ir a um cartório eleitoral para checar as digitais e validar esse pré-cadastro. Será uma forma de prova que aquela pessoa é ela mesma. Está sendo analisado um convênio para que esse processo seja possível também nos 13.627 cartórios de registro civil. Segundo o TSE, o DNI “poderá ser baixado pelo cidadão uma única vez e em um só dispositivo móvel, por questão de segurança”.

O aplicativo terá cerca de 15 megabytes, funcionará com QR code, usará como base o número do CPF da pessoa, ficará disponível off-line, terá uma senha de seis dígitos, contará com criptografia e, a cada acesso, mostrará a última vez que foi usado. Com o QR code, será possível que, com outro celular, alguém cheque a identidade daquela pessoa.

Via
G1
Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.
  • E o problema de sempre: na hora de trocar de aparelho créu.
    Essa semana resolvi me entregar ao iPhone X e até agora colhendo a dor de cabeça do Microsoft Authenticator que ainda deu para recuperar algumas coisas… pq do Google ja foi pro saco tudo.

    • Você está falando do Google Authenticator?
      Se for, está na hora de começar a usar o Authy. 😉

      • Tenente Figueiredo

        Você está falando do Authy?
        Se for, está na hora de começar o Enpass que guarda senhas e TOTP. 😉

        • Evertonhxc

          Enpass é o melhor de todos, ainda é gratuito para PC e MAC, agora nos mobile precisa pagar.

          • Tenente Figueiredo

            Paga 30,00 uma vez e nunca mais paga.
            Eu ainda peguei uma promoção e paguei 10,00.
            Além dos citados, ele tem pra apple watch, linux etc.
            É o melhor gerenciador de senhas e o melhor multiplataforma.

            • Gerenciador de senhas da Apple tbm é Muito bom. Salva demais.

      • Alisson Rocha

        Nem fala desse trem iLex… minha conta do RealVNC tá “presa” nesse Google Autenticator… formatei sem restaurar backup, já era… como uma empresa do tamanho do Google consegue fazer uma porcaria tão grande?

        • KB

          Depois que meu Google Authenticator deu um pial, perdi tudo. Sorte tive como recadastrar. Sugiro fortemente migrar, por exemplo ao Authy, enquanto ainda tem acesso ao Google Authenticator.

          • lnpBR

            Tira um print do QR code do token e guarda em um local seguro! Depois é adicionar novamente!

      • Problema do Authy do lastpass: 2 vazamentos em 2017.

    • Claive Dias

      Uso o Authy que acabou com essa dor de cabeça

  • Filipi

    “poderá ser baixado pelo cidadão uma única vez e em um só dispositivo móvel, por questão de segurança”. Não ficou claro, ele vai checar online pra ver se esta ativo em apena um aparelho, igual o WhatsApp e programas pagos com limite de usuário, ou realmente estará atrelado a apenas 1 aparelho apenas 1 vez? pois, aparelho móvel é o que mais se troca, além de restaurar, a cada sistema novo, eu faço instalação limpa. agora, se troca de aparelho, em vez de andar com um papel que cabe na carteira, vai ter que andar com o aparelho antigo??? ahahah meio non sense

    • Vinicius Alves

      Se for igual acontece com a CNH digital, não. Você só poderá estar conectado a um celular por vez, mas pode descadastrar aquele celular no site e cadastrar outro sem problemas.

  • Arnon Rodrigues

    Na imagem, o dedo mindinho está entrando no iPhone.
    kkkk

    • Mééé!

      Deveras!

    • Felipe

      kkkkkkkkkkkk Sim

    • É verdade.
      O cara que fez (lá no TSE) errou feio.

    • Fabio Fernandes

      Realidade virtual do iPhone X!!

    • KB

      É o beta do iPhone Xi, com sensor fingerID

  • Cassio Ferreira

    Já era hora de começar unificar os documentos

    • KB

      … desde que deixe a opção de não unificação para quem não quer e é consciente com segurança e privacidade.

  • Alisson Rocha

    A turma das antigas já devem, como eu, ter ouvido esta história umas 5 vezes… nunca nenhum governo teve interesse, ou competência, ou ambos, para fazer isto, duvido muito que agora vá pra frente. Além disto, duvido que façam bem feito, como deve ser, exemplo: se a pessoa simplesmente desinstalar e reinstalar ao app (no mesmo aparelho), ou então restaurar, será necessário refazer o processo de validação? O app do Itaú por exemplo te obriga a retornar ao caixa eletrônico para revalidar o token caso vc desinstale e reinstale o app no mesmo aparelho. Se alguém reclamar, vão dizer que é por “segurança”…

    • Daniel Luz

      O problema, nesse caso, é que não dá pra saber que aquele aparelho é o mesmo de antes. A Apple se esforça para eliminar qualquer maneira de se identificar um dispositivo, porque são técnicas usadas muito mais frequentemente para fins nefastos que para seu interesse.

      (Bom, tecnicamente, o iOS 11 introduziu uma maneira oficial de se fazer algum tracking para impedir fraude em trials, mas é literalmente limitado a 2 bits e uma data… pode não ser suficiente para fins de autenticadores, e de qualquer forma não apostaria em bancos sequer descobrindo essa API tão cedo)

  • Eduardo Vieira

    Tem algum link do programa? não achei nada na apple store…
    espero que não demore muito… se ficar igual a habilitação vai ser adiado muitas vezes… hehe

    • “A meta do governo é que o serviço esteja disponível para a população a partir de julho.”

    • Vinicius Alves

      A CNH digital já está disponível para vários estados, inclusive o que moro, Tocantins.

  • Marcelo Silva

    Se forem usar a foto que foi feita no cadastramento biométrico eu nem uso esse App kkkk

    • Richard

      Também não! kkkkk

  • Matheus Ramos da Silva

    Em meu ponto de vista, o maior problema continua sendo segurança. Sistemas do governo, em sua maioria, não a oferecem de forma decente. Eles não usam nem HTTPS em grande parte dos sites, o que já é um risco enorme. Agora farão um aplicativo para documentos nacionais?
    Hackers já conseguiram burlar as urnas eletrônicas e isto só foi descoberto muito tempo após o acontecimento. É verdade que isto era esperado, pois votação eletrônica pode dar errado em varias aspectos. Mas, um aplicativo de documentos únicos? Querem maior motivação/incentivo para hackers quebrarem este código e forjar os deles?
    Nunca ouvi falar dos EUA utilizando um aplicativo deste tipo.

  • KB

    Estou fora!! Isto daí só vai facilitar roubo de identidade. Por algum motivo o filme A Rede, com a Sandra Bullock vem à mente.
    Está digital, está em algum servidor em algum lugar, não está em seu controle. E dados pessoais têm que estar no controle da pessoa. Ter off-line no celular não implica estar no controle.
    Certas coisas prefiro o modo old-school.

  • Milton Bender Júnior

    Estava mais do que na hora… que venha logo!
    E quem não quer, não use, simples assim. 😉