Curiosidades

Os primeiros emojis do iPhone foram desenhados por uma estagiária

A história do início de uma mania mundial

Hoje os Emoji se tornaram universais e são literalmente usados todos os dias no mundo inteiro. São raras as trocas de mensagens em que não haja pelo menos um caractere expressando algum sentimento. Porém, como já contamos anteriormente aqui, até 2008 eles eram exclusivos de dispositivos vendidos no Japão, que já os conhecia desde a década de 90. O sucesso do iPhone no país nipônico fez a Apple querer introduzir estes caracteres especiais no sistema, e foi assim que o iOS 2.0 (na época chamado de iPhone OS) ganhou os primeiros emojis, apresentando-os ao mundo ocidental.

Quem acabou desenhando as primeiras figuras foi Angela Guzman, uma jovem estudante que estava fazendo estágio na Apple e precisou ser bastante detalhista para convencer Steve Jobs.

Angela estava terminando o curso de design na Rhode Island School of Design (RISD) e conseguiu fazer seu estágio de conclusão na Apple, na equipe do iPhone. Sua primeira missão foi desenhar caracteres para algo que ela nunca tinha ouvido falar: “emoji”.

Claro que não deixaram a estagiária sozinha na tarefa, colocando um instrutor mais experiente ao seu lado. Ambos passaram três meses desenhando os primeiros 500 emoji do iPhone, que se tornaram a base de todos os outros futuros.

Tudo tinha que ser aprovado diretamente por Steve Jobs, que se não gostasse de algo, mandava descartar. Eles tentaram transformar os símbolos do emoji japonês incorporando o design skeumórfico característico do sistema do iPhone.

Em um artigo no Medium, Angela escreveu um texto comemorando os 10 anos de seu estágio e contando algumas histórias interessantes. Uma delas foi eles terem aproveitado o desenho do cocô para servir de topo para o desenho do sorvete:

Eca!

De lá pra cá muita coisa mudou. Quando o iPhone começou a usá-los, logo outros serviços e aplicativos trabalharam para ganhar compatibilidade, popularizando-os rapidamente. Os Emoji viraram febre no ocidente e hoje eles ganharam até mais destaque no sistema. Tem até chaveirinho deles. 😉

Angela, que atualmente trabalha no Google, não tinha ideia da amplitude do seu trabalho na época. Hoje ela pode se orgulhar de ter sido a designer original dos emojis do iPhone (inclusive seu nome está incluso em uma patente registrada) que serviu de base para o que conhecemos hoje.

Fonte
Medium
Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • André

    Bacana! Mais sucesso para ela!

  • Fabrício

    Saudades do preciosismo de Jobs!!!
    Até os pequenos detalhes eram supervisionados à risca por ele.

  • Sorvete de coco de cocô?

  • Henrique A.

    Está la no final, como sempre…

  • Jefferson Soares ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Nossa, hoje parece que só estagiários trabalham no desenvolvimento do iOS, porque as últimas versões só por Deus…

  • Moimás

    Lembro que um dos motivos que me levou a comprar meu primeiro iPhone foram os Emojis hahahahaha
    Eu achava muito maneiro e eu queria muito!
    Lembro que comprei pelos Emojis e pelo iOS 6… levei sorte ainda na época que o 4s que comprei veio com o 6 ainda e não com o 7.