Apple PayNotícias

Apple Pay passa a funcionar também na Suécia, Dinamarca, Finlândia e Emirados Árabes

Enquanto nós aqui do Brasil continuamos sonhando em termos um dia o Apple Pay, na Europa o sistema de pagamentos da maçã vai ganhando cada vez mais países. A partir desta semana, usuários da Suécia, Dinamarca, Finlândia e Emirados Árabes (no Oriente Médio) já podem pagar suas compras usando o iPhone, o Watch ou o MacBook Pro com Touch Bar.

Como acontece em diversos outros lugares fora dos Estados Unidos, o número de bancos que suportam o Apple Pay é bem limitado e restrito a instituições menores. Grande parte dos bancos continua resistindo à adoção do sistema da Apple, preferindo apostar em soluções próprias.

No Brasil, o silêncio sobre o assunto permanece. Acredita-se que a queda de braço entre Apple e bancos continue, com o impasse sobre a comissão que a maçã irá ficar. Para se ter uma ideia, em outros países o Samsung Pay cobra uma comissão de 0,01% por pagamento, enquanto a Apple cobra 0,15%. Isso pode explicar a concorrente já estar funcionando amplamente em nosso país, enquanto a maçã ainda negocia. A Apple argumenta que a segurança que seu sistema oferece acaba reduzindo vários custos para os bancos.

Vai acabar 2017 e aparentemente continuaremos sem poder fazer pagamentos apenas aproximando o iPhone à máquina de cartão. Será que um dia isso se resolve?

Vale lembrar que a Alemanha, um dos países mais ricos da Europa, também não tem o Apple Pay.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados