Notícias

Mesmo lutando por diversidade, a Apple ainda evita contratar pessoas de mais idade

O New York Times traz à luz um caso de preconceito envolvendo a Apple. Em uma matéria relacionada ao trabalho na terceira idade, o jornal apresenta a história de J.K. Scheinberg, um ex-engenheiro da empresa que, ao se aposentar, tentou continuar trabalhando em uma Genius Bar (seção da Apple Store que atende clientes com problemas técnicos), mas foi rejeitado. A história traz à tona outras situações envolvendo preconceito com trabalhadores com experiência, mas considerados velhos demais para cargos da Apple e outras companhias de tecnologia.

Scheinberg, que foi um dos engenheiros do processo de migração do Mac OS para processadores Intel em 2005, não foi escolhido por não ter a idade desejada para a função. “Na saída, todos os três entrevistadores me escolheram e disseram: Nós vamos entrar em contato. Mas eu nunca fui procurado“, afirma o engenheiro. Por 21 anos, ele passou por momentos importantes da Apple, quando trabalhou no sistema Rhapsody e no já citado desenvolvimento do Kernel Intel OS X.

O Caso de Scheinberg não é o único na Apple. Em 2010, um funcionário do setor criativo chamado Michael Katz, processou a companhia por não promover pessoas com idade avançada, violando as leis civis do estado da Florida. Na opinião dele, eram escolhidos indivíduos jovens e menos qualificados para a função de criativo na loja, localizada em Orlando. Cada pessoa selecionada para as promoções, segundo Katz, era pelo menos 15 anos mais jovem que ele que, na época, tinha 60 anos. Ele apresentou queixa na Equal Employment Opportunity Commission (EEOC), que considerou plausíveis as reclamações.

Já em 2012, a Apple incluiu o termo “Recém formado” em anúncios de emprego, confirmando que busca preferencialmente pessoas mais novas para ocupar determinados cargos. A EEOC também se envolveu com esse caso. “Em nossa opinião, é ilegal“, disse o advogado da entidade Raymond Peeler.

Mas a discriminação não é exclusividade da Apple. Outras empresas do Vale do Silício seguem o mesmo caminho na contratação de idosos. Twitter, Google, Microsoft e Facebook vêm recebendo processos de funcionários que alegam sofrer esse tipo de preconceito no ambiente de trabalho. O próprio Mark Zuckerberg chegou ao ponto de afirmar que “Os jovens são mais inteligentes” durante uma conferência em 2007. Outro nome importante do mercado, o investidor de risco e co-fundador da Sun Microsystems, Vinod Khosla (que tinha 60 anos na ocasião), disse em 2011 que “pessoas com mais de 45 anos basicamente morrem em termos de novas ideias“.

Sabemos que esse tipo de comportamento no mercado de trabalho não é novidade. No entanto, esses casos mostram que muito do que é dito por essas empresas em relação a igualdade de direitos não condiz com a realidade. Como parâmetro do que acontece nessas empresas, a EEOC tem feito investigações para definir a faixa etária de grupos de trabalhos. No Google, a média de idade dos funcionários é de 29 anos. No território americano a média geral (incluindo todas as profissões) é de 43 anos.

via AppleInsider

Tags
Mostrar mais

Marvin Costa

Jornalista carioca apaixonado por cultura pop, fotografia, instrumentos musicais e produtos da Apple. Sempre que pode toca guitarra com amigos e utiliza seu iPhone como segundo instrumento.

Artigos Relacionados

  • VitorDall

    Pelo amor de deus….que notícia BOSTA! A apple NUNCA demitiu ou deixou de promover ou aceitar alguém em algum cargo devido a idade! Centenas ou milhares de funcionários não são aceitos para as vagas que querem ou são retirados e realocados todo o ano na apple, dentre estes, milhares são jovens, outros são velhos, mulheres ou homens! Isso não é discriminação e sim gerenciamento de pessoas! Por favor nunca mais postem uma notícia ridícula dessa! To quase deixando de acompanhar o site, ta virando uma merda isso aqui, cade o filtro? Cade as matérias com conteúdo? Parem de tentar ganhar clique em em cima de notícias igual a outros sites! E entendo que vocês retiraram isso do AppleInsider, mas cai exatamente no que eu lhe digo, é o tipo de notícia apenas para clique! OU me traga aqui uma declaração da apple negando permitir a pessoa no cargo por ser velha! Poupe-me dessa especulação barata! Só porque o cara não foi selecionado? Que COMÉDIA!

    Desculpa a grosseria mas é que to cansado de acompanhar sites que não filtram notícias!

  • Alex iPilot

    Interessante ver como essa questão é tratada pelo Estado, defendendo os que se acham prejudicados… Eu penso ser uma questão polêmica, na minha opinião é complicado determinar que uma empresa seja obrigada a contratar, promover, manter ou demitir colaboradores segundo critérios alheios a sua vontade… É como o caso de um governo que não tem negros ou mulheres em seu primeiro escalão, ora, então é obrigatória a presença de negros e mulheres para “compor a foto”? Ou o caso de um servidor público (ou político) que contrata para cargo comissionado “de confiança” um parente, sendo este um competente e qualificado profissional (e eu já passei por isso, já contratei um parente)… Erro? Penso que não…

    • Gabriel

      Segura meu like fera, SÓ SEGURA FERA!

    • Luís

      É uma questão de representatividade. Eu ia fingir que você não comparou governo com empresa de tecnologia, mas a questão é bem mais profunda que uma foto e a sua atitude me deixou abalado. Vejamos, a atual gestão polícia é formada basicamente por homens brancos, heteros e ricos. Esses não representam nem 10% da população brasileira. Como eles podem saber das nossas necessidades se não conhecem a realidade do povo brasileiro?
      Quanto a contratação de pessoas de pessoas das chamadas minorias, bom, não sei onde você leu, mas ninguém, repito, ninguém obriga nenhuma empresa a contratar ninguém. Mas, no momento que não contratam ou contratam menos pessoas negras, gays, travestis ou mulheres, por exemplo, elas estão, sim, dizendo a todos que não tem pessoas negras, gays, travestis, mulheres com capacidade para atuar na empresa. E isso não é verdade. É mesmo que fosse, ainda continua sendo algo errado. Preciso citar a dívida eterna que o mundo tem com quem é negro? É algo histórico também. E eu sugiro que você se aprofunde nesse tema. Ele vai muito além de uma comentário em um blog é muito mais além do que o simplismo da falácia de acreditar que as empresas só contratam que é “competente e qualificado profissional”, como se cor da pele e outros atributos não fossem levado sem conta na hora da contratação. Nós sabemos que a realidade não é essa.

      • Alex iPilot

        Não se vale, Tarzan já disse para seu filho : “Filho, há uma selva lá fora!”. Deixe também te dizer : muito cuidado ao presupor alguma coisa, como no seu exemplo, pensar que “homens, brancos, héteros e ricos” não conhecem a realidade brasileira… Isso é preconceito! E não é a pressuposição a base do preconceito??? Segundo o seu raciocínio, baseado em estatísticas, 90% dos presidiários são negros, então negros são criminosos! Sim! Você fez isso ao julgar que o Secretário de Segurança Zé da Silva não tem capacidade e conhecimento por ele ser “homem branco, hétero e rico”!!!… E só para registrar, sou negro e ninguém me deve nada!

        • bruno

          Baseado na premissa do Luis, teremos que colocar, em maioria, pessoas “pobres” no governo!

        • Tarlan Brunet

          Mel deos, a gente demora a encontrar, mas felizmente ainda existem pessoas que sabem pensar com a cabeça, além de “pensar” só com o coração. 🙂

    • Roberson Annunziato

      Preconceito seu achar que a composição do governo se deu por competência. Ou seja, vc pressupõem que não existe mulher ou negro mais competente que os que estão lá. Como se no governo imperasse a lei da competência e não a de concessões em troca de algo.

    • Antonio Frederico

      Ninguém é obrigado a contrata A ou B pra preencher cotas, mas o dia que você for preterido de uma grande oportunidade só porque é “coroa” mesmo sabendo que seus concorrentes ficaram no chinelo dai você vai entender do que estão falando nesse texto. Não é ser “obrigado” a contratar e sim se “indispor” só porque tem mais idade. Sacou a parada meninão?

  • Jefferson Soares

    Correções: Que atende e Scheinberg.

    • O “que atende” eu não consegui achar. Pode me dizer onde?

      • Jefferson Soares

        Depois de Apple Store, logo no começo do texto.

  • Luiz Gustavo Nogueira Barcelos

    Nossa, eu tive sorte então. Estava em Charlotte, na Carolina do Norte, e fui atendido por uma senhorinha bem simpática. Aliás, o melhor atendimento que tive em uma Apple Store (Porque o da 5th ave foi pior que dos atendentes mau-humorados brasileiros). Fui nessa loja de Charlotte comprar meu relógio e ela estava toda contente por estar lá, até me ensinou como usar o relógio para poder ativar a câmera do celular e ocultar um camera no bolso traseiro para ver se vinha ladrão. hahahaha
    Mas que pena que isso não seja recorrente. =/

  • Gabriel

    Não defendo a Apple, ainda mais depois dessa de tirar a entrada 3.5mm, mas acredito ela é dona de seus interesses, contrata quem quiser, despede quem quiser.
    Isso é o NYT tentar criar bicuinha por bobeira. Estilo essas propagandas políticas onde tentam chamar atenção com “faltam mulheres/deficientes/homosexuais/Helicóptero Apache na política!”. Se eu sou dono de empresa, sigo o obrigado por lei e contrato quem eu quiser kct.

    • Igor Alves

      Eu concordo que a empresa deve contratar quem quiser, está corretíssimo. Eu sempre defenderei isso. Mas temos que pensar por outro lado também. Eu vou ficar velho, você também vai ficar. Suponha que por volta dos 60 anos você ainda queira trabalhar. Você levaria de boa ser rejeitado sabendo que é mais qualificado para a função do que a pessoa que vai levar sua vaga porque você é “velho”? Veja o caso da Apple, tecnicamente o cara dispensa comentários. Claro que tem outros aspectos envolvidos também, com a informação que eu tenho eu não posso provar que foi preconceito, mas você deve concordar comigo que isso acontece, certo?

      Nós vivemos em sociedade, um precisa do outro. E todo mundo vai ficar velho. Pensar no outro é pensar em nós mesmos.

      PS: só pra deixar claro que não sou de esquerda nem nada disso. :p

      • André

        Perfeito seu comentário! A arrogância das pessoas não permite perceber que ficarão velhas um dia e serão vítimas do mesmo preconceito que semearam no passado.

      • Aparentemente, no Brasil ao chegar nos 60 anos você não continuará trabalhando por opção, mas por obrigação!

  • Me lembrou o filme Os estagiários

  • Espere, o texto diz:
    “o jornal apresenta a história de J.K. Scheinberg, um ex-engenheiro da empresa que, ***ao se aposentar***, tentou continuar trabalhando em uma Genius Bar”.

    Está mesmo na pauta considerar preconceito a Apple não querer contratar um cara APOSENTADO, que já deu sua contribuição à Apple por mais de 20 anos e ainda não satisfeito quer continuar lá? Não vamos considerar que um pessoa aposentada neste caso vai tirar o espaço de alguém que precisa iniciar no mercado de trabalho e que este mesmo mercado não tem espaço para os 2?

    Acho o assunto bem válido e, inclusive, tem sido muito discutido ultimamente. Falarmos sobre a idade para “parar de trabalhar”, etc é algo que precisamos como humanidade discutir para poder amadurecer.
    Mas ao meu ver este caso específico não tem nada a ver com isso, é mais egoísmo mesmo, e não da Apple, mas deste senhor.

  • 199X KID

    faço do Coca-pai minhas palavras: adianta contratar ele se dali pouco tempo ele acha algo bem melhor e sai, contrata alguém mais novo que a saiba que durar no emprego ué

  • Delano Filho

    Comprei meu iPhone 6 na Apple Store que fica no Ceaser Palace em Las Vegas, quem me atendeu foi um senhor aparentemente com mais de 60 anos. Mas o restante da loja era composto por jovens ou algumas pessoas de no máximo 40 anos. Cotas?

  • Exes Man

    Tenho visto “jovens com 50 anos”, muito mais produtivos do que “velhos de 25”.