Notícias

iPhone 7 foi lançado hoje em mais 30 países

A Apple segue com sua agenda de lançamento do iPhone 7 ao redor do mundo. Nesta sexta-feira (23), os novos aparelhos chegaram em 30 países, entre eles Kuweit, Islândia, Andorra e Chipre. Ao mesmo passo, o Apple Watch Series 2 com tema da grife francesa Hermès foi lançado em 20 países de mercado forte, como China, França, Alemanha, Reino Unido.

Após o prazo de pré-venda, iniciado em 9 de setembro (esgotado no mesmo dia, diga-se de passagem), o iPhone 7 é lançado oficialmente em diversos países da Europa, Ásia e Oriente Médio. Confira a lista completa:

  • Arábia Saudita
  • Andorra
  • Bahrain
  • Bósnia e Herzegovina
  • Bulgária
  • Croácia
  • Chipre
  • República Checa
  • Estônia
  • Groenlândia
  • Guernsey
  • Hungria
  • Islândia
  • Ilha de Man
  • Kosovo
  • Kuwait
  • Letônia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Maldivas
  • Mônaco
  • Polônia
  • Qatar
  • România
  • Rússia
  • Eslováquia
  • Eslovênia

Já o Apple Watch chega na Croácia, Ilhas Cayman, El Salvador, Anguilla, Antígua e Barbuda, República Checa, Grécia, Guam, Hungria, Jersey, Kuwait, Macau, Mônaco, Polônia, Catar, Romênia, Rússia, Arábia Saudita, Eslováquia e Ilhas Virgens.

Como sempre, teremos que esperar um pouco mais para que o lançamento aconteça no Brasil. Como mostramos aqui, o iPhone 7 já está sendo analisado pela Anatel, o que mostra que sua homologação não deve demorar.

via 9to5mac

Tags
Mostrar mais

Marvin Costa

Jornalista carioca apaixonado por cultura pop, fotografia, instrumentos musicais e produtos da Apple. Sempre que pode toca guitarra com amigos e utiliza seu iPhone como segundo instrumento.

Artigos Relacionados

  • Fábio Silva

    Pessoal,

    Alguém aí teria uma opinião razoável do porquê a Apple lançar o produto em países que aparentemente tem menos expressividade do que o Brasil? Vamos lá… Chipre, Letônia?! Não quero desmerecer esses países, longe disso, mas será que o Brasil é mesmo assim tão mais fraco?
    Sabem que às vezes penso que a homologação da Anatel até pode atrapalhar, pois tenho certeza que vários países desses não deve ter esse tipo de regulação. Ai, – Apple lança mais rápido.

    • Rodrigo Barreto

      Porque as vendas são baixa, devido ao imposto absurdo. Ainda, por conta de excesso de burocracia.
      Pode ter certeza, que se o preço praticado fosse razoável, e a burocracia mais leve, seria um dos primeiros a receber, junto com esses primeiros.

      • Fábio Silva

        Pois é, Rodrigo. Mas, o iPhone não é tão barato assim nesses países.
        Mas, vamos tomar o que vc disse como verdade, será que mesmo caro não valeria a pena lançar no Brasil na primeira leva?

      • Fabio Correa

        O problema das vendas é a alta carga tributária e nós que pagamos um absurdo pelo iPhone, isso faz com que a Apple busque uma margem de lucro maior no Brasil, tal como as montadoras de automóveis fazem.

        • Vinicius Alves

          Tem artigo aqui no próprio blog mostrando que a margem de lucro da Apple com o iPhone 6S no brasil era menor que nos EUA. Não que isso seja pouco, de qualquer forma.

          • Impressionante como insistem nesse mito do lucro alto pra justificar os preços exorbitantes. Num país que tem auto suficiência em petróleo e mesmo assim vende uma das gasolinas mais caras do mundo, não precisa explicar muito. Lucro todo mundo quer, isso é capitalismo, agora pensar que uma empresa como a Apple acha bom preços estratosféricos é ir longe demais com a extrapolação do senso comum.

        • Pelo contrário! A margem de lucro da Apple no Brasil é menor justamente para garantir um preço menos absurdo do que já é!

    • Gilmar

      Deve ser o registro na Anatel mesmo. O iPhone até deve ser mais barato no Chipre e na Letônia, mas o Brasil tem mais de 200 milhões de habitantes. Se pegarmos apenas os 10% mais ricos da população brasileira, ainda haverá muito mais pessoas que esses dois países juntos.

      • Fábio Silva

        Seria muita especulação dizer que o receio do Brasil vazar alguma informação antes do lançamento afastaria o desejo da Apple de lançar na primeira leva?

        • Gilmar

          É verdade Fábio. Imagino que a Anatel precisa divulgar todos os produtos que analisa. Se a Apple adiantasse o envio do iPhone para análise, o produto seria divulgado para o mundo todo através de uma fonte confiável antes do anúncio oficial.

    • Carlos Luna

      Porque aqui o auge das vendas se dá quando as pessoas recebem o 13º salário.

      • Fábio Silva

        ???
        Boa!!!

    • PedroGearhead

      Chuto que a Apple possa lançar por aqui mais cedo que nos outros anos. Apostaria na sexta 04/11 e quem sabe, uma semana antes, 28/10.

    • Fabio Correa

      O Brasil é um país burocrata, aqui tudo demora.
      Também não estou nem um pouco animado com o iPhone 7. Já assiste vídeos no YouTube e vi que o aparelho está com um barulho estranho, câmera continua com desempenho fraco com pouca luz e arranha muito fácil na versão jet black.
      Acho que depois do iPhone 3GS e do 5, foi o lançamento mais decepcionante da história.
      Estou mais animado com o Watch series 2. O problema é que é caro demais e mudará ano que vem.

      • Nos meus comentários recentes em outros sites, venho dizendo que a opção certa pra comprar iPhone é a versão “s”, onde vem tudo melhorado. Geralmente a mudança de geração sempre aparece os erros. E não entendo por que. Porque tem uma baita sequência de testes antes de ser lançado, e ainda encontra problemas.

        • Jeferson

          Ahh eu discordo em partes, eu tive o 4S e depois o 5S, por último comprei o iPhone 6 Plus no seu lançamento, e não encontrei quaisquer motivo para desmerecer a “primeira leva” de uma série do modelo, claro que concordo que a versão 6S Plus veio com melhorias, mas isso não quer dizer que a i6+ tinha problemas.

          • Cara, os “problemas” que eu quis dizer é em relação ao iPhone 7, do comentário acima, que mesmo com uma baita seção de testes, quem descobriu um zumbido estranho atrás do telefone foram os usuários, que depois reportaram isso aos profissionais nas Apple Store etc. Isso pode ser falhas de hardware, tipo um mal isolamento dos componentes etc. Coisa que deve ser corrigida nas próximas levas ou na versão “s”.

            • Jeferson

              Ahh sim, não me atentei à esse ponto ali

    • Giuliano Sosa

      Fábio acredito que primeiramente vão para países não necessariamente mais forte que o Brasil economicamente porém não tem sentido eles lançarem primeiro para o Brasil e depois para países como Europa no caso Letônia. Como o Brasil não é América e nem Europa eles deixam
      Como última opção.

      • Fábio Silva

        Faz sentido, Giuliano.

      • Brasil não é América!? ?

        • Jeferson

          Acredito que ele quis dizer que o Brasil é considerado um país à parte, que se considera ele quase como um continente (devido ao seu tamanho territorial/populacional/econômico).

    • Thiago Silvério

      Quase todos os países dessa lista estão na Europa ou próximos, como os do Oriente Médio, então a facilidade da logística tem sentido. Andorra não deve vender praticamente nada, mas está bem entre a França e a Espanha. Acredito também que a parte regulatória da maioria deva ser bem simplificada. E tem também o fato de as vendas aqui serem muito pouco expressivas pra que eles se interessem em priorizar qualquer coisa.

  • Guilherme Temporim

    Vou de iPhone SE mesmo kkkkkk esperando baixar mais ainda o preço.

    • Gabriel

      No mínimo vc terá um recurso inovador que esse não tem: entrada de fone de ouvido/microfone =O!!

      • Marcb

        até cair na água né haha

  • Fernando

    Acho que é apenas uma questão logistica juntamente com a taxa de penetração nesses mercados. Aqui a taxa é baixa e a logística complicada. Muito mais fácil distribuir na Europa que no Brasil inteiro.

    • Fábio Silva

      Fernando,

      Eles já vendem produtos no Brasil. A logística já está aí.
      Até a montagem pode ser feita aqui.

      • Fernando

        Cara desculpa mas a logística até existe mas não é fácil. A maior parte do território só é atendida via transporte terrestre. Estradas péssimas, impostos complicados, confusos e em cascata, enfim… não acredito que ela prefira vender aqui do que em qualquer país europeu. Mas é só minha opinião.

        • Fábio Silva

          Então, tomara que isso mude.

          • Fernando

            Olha tomara! Eu achei que com as Apple Stores o negócio ia engrenou, mas pelo contrário estacionou hehehe. E a situação econômica do país não ajuda também =(

  • Não vejo ninguém comentando se o iphone 7 será fabricado no Brasil assim como o 6 e 6s foram ano passado. O próprio 6s caiu 1000 reais no site da apple após o anúncio do 7, no ano passado o 6 só caiu menos da metade disso. Será que teremos iphone 7 abaixo de 4000? Será que chega por aqui ainda em outubro? Não custa nada sonhar hhaha

    • Fábio Silva

      Tomara. Assim, como outras marcas. É bom pro mercado.

    • Um contato meu aqui em Brasília que vende já fez propaganda hoje:
      “iPhone 7 128gb Preto Fosco.
      R$ 4499,00”
      Acho que menos 4mil difícil….

      • Gustavo Zanandrea

        Não acho que seja difícil só ver os preços dos atuais 6s .

      • PedroGearhead

        Tendo em vista a queda brusca do preço do 6s (que ainda por cima, dobrou o armazenamento), não acharia tão improvável o iPhone 7 de entrada chegar por 3,8k ou 3,9k.

  • Ed Mort

    É um tiro no pé lançar em mais países sem ter pelo menos amenizado a falta de aparelhos nos países da primeira leva. No Japão os modelos Plus estão com previsão de entrega em Novembro! Tem um monte de gente que comprou no dia do lançamento e está esperando pro mês que vem revoltada porque enquanto isso alguém nos países da segunda leva vai levar um iPhone pra casa antes dele.
    Bom a Apple ter um lote grande chegando senão serão 60 países sem aparelhos pra vender.

    • Todo ano é a mesma coisa. Mas pensar assim é bastante simplista: tem outras questões na equação, como a logística, por exemplo. Além disso, se eles primeiro esperassem o estoque normalizar nos países da primeira leva pra depois lançar em outras praças acabaria levando muito tempo para o desenrolar do aparelho pelo mundo, o que é outro tiro no pé! 😉

      • Ed Mort

        Entendo seu ponto de vista mas até ano passado não eram tantos países de uma vez, a impressao que tenho é que a Apple deu um passo a maior que a perna.

  • Ronilton Ayres

    Peguei meu iPhone 7plus mas algo que eu não gostei a luz acende com movimentos alguém sabe como desliga? Ou não tem jeito?

    • JunioR

      acho que tem sim, eh que to sem iphone pra poder ver, to esperando alguem ir para os EUA pra trazer pra mim, kkkkkk, dolar separado já

    • Ajustes > tela e brilho > desativa o “elevar para despertar”

      • Ronilton Ayres

        Muito obrigado ?

      • Marcio Uema

        Arigato.

  • Luiz Felipe

    Creio que chegará por aqui no final de outubro/início de novembro, assim como os novos AirPods!

    • PedroGearhead

      Eu também. Chuto dias 28/10 e 04/11.

  • Monique Mongenot

    Gente comprei um iPhone 7 já 3 dias… e ele já apresenta problemas de touch, mesmo sem ter acontecido nenhuma colisão ou queda! Mas devido a isso surgiu uma dúvida, o reset pressionando os botões início e o lateral não funcionam mais? Porq no meu não funcionou! Como fazemos agora caso tenha uma pane como teve no meu?! ?☹️

    • mariana

      vai na apple.

      • Monique Mongenot

        Sim eu vou .. ?

      • edsonpereira

        Oi Mariana, já comprou seu gadget?

        • mariana

          Ainda não, viajo no domingo, entre segunda e terça devo estar comprando, assim espero né ?? Dependo dos estoques.

          • edsonpereira

            Nem me fale em estoques…rsrs
            Por favor, me add no twitter @edsonozne

            • mariana

              seguindo

  • Monique Mongenot

    Desculpem pela “invasão” no post ?

    ??????????????