Aplicativos

Microsoft trabalha em aplicativo para iOS que cria representações digitais de objetos

A Microsoft está criando um aplicativo para iOS que promete ser uma ferramenta interessante para catalogar objetos. O projeto, intitulado de Thinga.Me, permite criar representações digitais de itens físicos que são gerenciados em prateleiras do aplicativo. A novidade está em fase beta e usa o código “GrabCut” desenvolvido pelo centro de pesquisa Microsoft Research, em Cambridge.

A ideia do Thinga.Me é basicamente suprir a demanda de fluxo de trabalho de colecionadores, estoquistas e bibliotecários. Com avanços digitais, essas pessoas precisam ter uma ferramenta prática para organizar seus trabalhos ou hobbies e, no futuro, só precisarão instalar um aplicativo no iPhone.

Ainda em fase de testes, a ferramenta da Microsoft usa a câmera do dispositivo para captar objetos para, na fase de edição da imagem, excluir todo o fundo do ambiente. Dessa maneira, apenas o objeto é salvo, criando assim uma representação digital que é organizadas em prateleiras similares a do aplicativo iBooks. Essa função é possível por conta do código da Microsoft que é capaz de reconhecer objetos específicos em fotos.

No site oficial, é possível ver algumas formas de uso do aplicativo, como organizar peças de Lego, catalogar flores, itens de colecionadores e ferramentas de trabalhos manuais. Até o momento, não há informações sobre quando o Thinga.Me será lançado oficialmente. No entanto, o beta do app pode ser baixado através de registro no site do projeto.

Tags
Mostrar mais

Marvin Costa

Jornalista carioca apaixonado por cultura pop, fotografia, instrumentos musicais e produtos da Apple. Sempre que pode toca guitarra com amigos e utiliza seu iPhone como segundo instrumento.

Artigos Relacionados

  • Espero que funcione bem, iniciei uma coleção de miniatura de carros…