Notícias

Exercito americano trocará dispositivos Androids por iPhones em seu sistema de comunicação

O iPhone deve se tornar o coração do sistema de comunicação usado pelos soldados americanos. Até então, apenas aparelhos Android eram utilizados, mas em grande parte dos casos eles vêm apresentando travamentos e reiniciando sem causa aparente. Smartphones são peças importantes do Net Warrior, um sistema de rede que permite que líderes de unidades localizem soldados.

Segundo o site de notícias militares DoD Buzz, fontes do exército dizem que a substituição acontecerá por problemas técnicos que prejudicam a confiabilidade do recurso tático. Celulares com sistema Android têm apresentado telas congeladas e reiniciam sozinhos durante o uso do sistema. Geralmente, os problemas surgem ao exibir transmissões ao vivo de um sistema de rastreamento não tripulado.

Em testes, o iPhone 6s tem se mostrado totalmente estável. Segundo relatos, o aparelho da Apple roda o software mais rápido e de forma suave. “É perfeito no iPhone. Os gráficos são inacreditavelmente claros“, afirma uma fonte.

O Net Warrior consiste em um smartphone alocado em uma bolsa no peito dos soldados que ligado a um rádio em rede. Assim, ele permite visualizar a localização de soldados em um mapa virtual do aparelho. Sendo assim, problemas de funcionamento dos aparelhos podem representar perda de minutos preciosos para salvar vidas no campo de batalha.

Vale notar que nenhum dos aparelhos top de linha que usam Android são fabricados por empresas americanas, e talvez por isso a Apple tenha sido a escolhida, por uma questão de segurança nacional.

Dispositivos da Apple têm sido utilizados pelo exército americano há anos. Modelos mais antigos do iPod touch funcionavam como computadores portáteis para snipers, por exemplo. Até o momento, a informação não foi confirmada pelas forças armadas do Tio Sam.

Tags
Mostrar mais

Marvin Costa

Jornalista carioca apaixonado por cultura pop, fotografia, instrumentos musicais e produtos da Apple. Sempre que pode toca guitarra com amigos e utiliza seu iPhone como segundo instrumento.