Notícias

Apple (a outra) irá liberar música dos Beatles em serviços de streaming a partir de amanhã

A história entre a gravadora dos Beatles (a Apple Records) e a fabricante de computadores (a Apple Inc) se cruza há muito tempo. O nome semelhante sempre foi um motivo de tensão entre as duas, que no início firmaram um acordo de que elas não disputariam o mesmo ramo (musical). Algumas disputas judiciais mais tarde, hoje as duas vivem em harmonia, com a discografia dos Beatles disponibilizada para a venda na iTunes Store desde 2010.

Agora, mais um acontecimento importante na tão protegida obra do quarteto de Liverpool: a discografia será disponibilizada pela primeira vez em serviços de streaming, como o Apple Music e o Spotify.

A notícia foi confirmada na conta oficial da banda no Twitter.

Serviços de streaming se tornaram bem conhecidos como forma de ouvir música. Você se inscreve neles e pode ouvir a música que quiser, como em um grande buffet livre sonoro. Os mais famosos no Brasil são o Spotify, o Deezer e, mais recentemente, o Apple Music. Porém, nem todos os artistas liberam a totalidade de suas músicas para o streaming, como é o caso de Adele, Prince, Coldplay e Taylor Swift. Os Beatles também impediam que suas obras históricas fizessem parte deste tipo de serviço.

Pelo menos até hoje. A partir da meia-noite desta quinta, dia 24 (véspera de Natal), a discografia completa estará disponível no Apple Music, Spotify e diversos outros serviços, para todos os usuários. O Spotify permite que usuários escutem música gratuitamente, com a inserção de propagandas. Já o Apple Music oferece os três primeiros meses de graça.

Talvez nem todos aqui se lembrem, mas em 2010 os Beatles fizeram milhares de usuários do iOS se decepcionarem. A Apple criou uma enorme expectativa para “um dia que nunca seria esquecido“, sem revelar o que era. Marcou um horário dizendo que anunciaria algo histórico, que depois demostrou ser o lançamento digital da discografia dos Beatles. Foi algo realmente histórico, mas que decepcionou muita gente. Veja o resumo da história neste artigo da época.

dica do Renato Doná

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Jefferson Soares

    Agora que todos já deram um jeito de baixar, eles resolvem liberar para o streaming.
    Vai entender o posicionamento desses britânicos…

  • Cristiano Matos

    Show!

  • Carlos Alberto

    Lembro que há duas semanas atrás resolvi iniciar o meu período de testes no Apple Music justamente para tentar ter acesso à discografia dos Beatles via streaming, mas me surpreendi pela ausências das musicas, assim com ocorre no Spotify. Agora, com esta notícia, fico muito feliz por poder, finalmente, ter acesso a todas as musicas!

  • Wilian

    Finalmente, a melhor banda estará disponível!!!!

  • Juliano Nieckel

    O Spotify não oferece um tempo de testes com tudo livre?

    • Não. Ele possui a versão free que é limitado a 92 kbps, possui vários anuncios de 30 segundos e dependendo da plataforma vc não pode pular ou ouvir a musica que quiser na ordem que quiser. O premium tira essas limitações.

      • Walter Neto

        Na verdade, existe um tempo para experimentar, caso o usuário queira, que é de uma semana. Você pode entrar como usuário free e nunca utilizar esse período premium. Diferente do Apple Music

      • Juliano Nieckel

        É que, se eu me lembro bem, eles tinham me dado 1 ou 3 meses de free access, como o premium, quando eu criei a minha conta no Spotify. Daí pensei que fosse um período de testes que eles davam pra todos…

  • Rob Simões 

    Discografia completa? É ruim heim. Onde estão os álbuns “Yellow Submarine Songtrack”, “Love” e “Let It Be… Naked”??? Onde estão os três álbuns duplos da série “Anthology” mais o álbum com as principais músicas da série? Onde estão os dois álbuns duplos da série “Live at the BBC”? E o álbum duplo “The beatles Bootleg Recordings”? E a coletânea “Tomorrow Never Knows”?

    E o que mais me interessa, já que o resto acima eu já tenho comprado no iTunes e em CDs físicos, onde estão os álbuns da discografia americana?

    Tem MUITA coisa faltando. Longe de ser a discografia completa.

    Para um beatlemaníaco como eu que estava esperando isso há tempos foi uma bela decepção.

    • Bruno Serrão

      Essa imagem define o seu sentimento.

  • Estanis Garcia

    Fui ler a matéria disponilizada o link ai em cima na data de 2010 e pude voltar no túnel do tempo e ver o quanto eram grandes os mistérios referente a qualquer coisa na era Jobs a nossas ansiedades a flor da pele esperando por uma pontinha que fosse de algum vazamento do novo iPhone ou iPad, ou até mesmo sobre o novo iOS ótimos tempos, muito diferente dos dias de hoje, em que ja sabemos tudo sobre o novo modelo meses antes de ser lançado e iOS que não trás nenhuma “fluidez” de sistema, ah como é saudosos esses tempos que antes tinha uma maestro pra reger toda essa orquestra.

  • Geo

    Ainda é possivel voltar ao ios 8.3?

    • hecnpo

      não

  • Carlos Bruno

    Eu cancelei minha Apple Music e estou com o Spotify (muuuuito melhor). Isso aconteceu depois que atualizei o IOS e todas minhas músicas offline da Apple Music foram apagadas. Além disso, tem vários Bugs…. Não recomendo a Apple Music. Spotify mais fácil de utilizar, mais fácil de deixar as músicas offline, mais rápido… E MAIS BARATO!

    • Bruno Serrão

      Muito melhor, muito mais barato e compatível com muitos dispositivos. Uso o Spotify no iPad, iPhone, Android, PS3 e notebook/desktop.