Curiosidades

Consumer Reports põe um fim definitivo ao chipgate

Todo novo iPhone vem com alguma polêmica criada para chamar a atenção. Este ano, ela foi chamada de chipgate, pois envolvia o chip A9 e a diferença de fabricantes. Nós já comentamos sobre isso aqui e na época afirmamos que, enquanto alguma instituição mais séria não fizesse testes precisos sobre as diferenças, era algo que não deveria preocupar ninguém.

Pois agora a Consumer Reports, que é conhecida por ser bem dura com a Apple desde os tempos do antennagate, fez testes de laboratório e comprovou que não há diferenças significativas entre os dois chips.

Eles realizaram diversos testes específicos de duração de bateria, utilizando dois exemplares do iPhone 6s com as mesmíssimas condições de luminosidade da tela, conexões, temperatura, versão do iOS, aplicativos instalados e em execução, entre outras coisas. Utilizaram instrumentos técnicos para medir os diversos parâmetros relativos ao consumo de bateria.

battery-test2

Chegaram à conclusão que a diferença entre os dois chips (um feito pela Samsung e outro feito pela TSMC) é muito pequena, não chegando nem a 1%, o que não é algo notável no dia a dia. Eles dizem mais: a performance da bateria de qualquer smartphone depende de diversos fatores, como temperatura ambiente, aplicativos que são executados e vários outros elementos particulares, fazendo com que cada usuário tenha uma experiência não padronizada com sua autonomia. Com isso, eles afirmam que caso alguém esteja enfrentando problemas com a bateria do seu iPhone 6s, com certeza não é por causa do “chip errado“, e sim algo relativo a outros fatores.

Seria bom se outras instituições realizassem mais testes sobre este caso, mas a princípio, estes da Consumer Reports são suficientes para enterrar de vez a tentativa de fazer uma polêmica sobre os novos iPhones.

Fonte: Consumer Reports

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados