Notícias

Snowden elogia Apple e diz que foi uma das pioneiras em segurança de dados

Tim Cook sempre fez questão de enfatizar o quanto a Apple se importa com a privacidade das informações pessoais de seus usuários. Já insistiu muito na tecla de que, ao contrário de algumas outras empresas (como Google e Facebook), seu modelo de negócios não precisa dos dados de seus clientes para ganhar dinheiro. Mas, nem todo mundo acredita muito neste discurso e desconfia que seja apenas mais uma maneira de fazer marketing em cima de uma mentira.

Agora, entra em cena uma opinião de quem não precisa mentir para se promover; muito pelo contrário, foi o homem que expôs ao mundo os piores segredos do governo dos Estados Unidos: Edward Snowden.

Em uma recente entrevista para o jornal New York Times, Snowden comentou como a situação melhorou muito desde que ele começou a revelar as formas de que o serviço secreto dos EUA espiona o mundo inteiro. Falhas em protocolos de internet e em dispositivos foram corrigidas, impedindo que governos se aproveitassem delas para espionar seus cidadãos. Muitos governos também estão mais atentos e se protegendo mais contra a espionagem que, muitas vezes, é usada não só politicamente, mas com benefício comercial.

Neste sentido, Snowden faz um grande elogio à Apple, dizendo que ela foi uma das pioneiras a se preocupar com a privacidade de seus usuários, sendo a primeira a implementar uma criptografia de dados avançada no iOS. Hoje, se o telefone do usuário é roubado, as informações permanecem privadas sem que o ladrão tenha acesso a elas. Mensagens pelo FaceTime ou iMessage também não sofrem o risco de serem interceptadas, por causa da mesma criptografia.

Com o iOS 8.3, a segurança aumentou ainda mais, com o impedimento de aplicativos externos acessarem os dados dos aplicativos pelo cabo USB. Isto limita um pouco a vida do usuário legítimo, mas é um grande ganho de segurança. A declaração de Snowden reforça ainda mais o que já tínhamos comentado aqui em um artigo de opinião.

Adotar este tipo de segurança não é algo tão fácil para a Apple, pois ela entra assim em conflito com interesses do governo americano. Com a desculpa que eles querem “proteger seus cidadãos”, a Apple já foi acusada de contribuir com os criminosos ao impedir que os dados dos usuários sejam acessados pelos agentes da lei, e inclusive já recebeu duras críticas pela criptografia do iMessage.

É claro que falhas de segurança podem acontecer e ninguém aqui está dizendo que o iOS é perfeito e livre de brechas. Mas é de conhecimento geral de que algumas empresas vivem justamente do acesso aos dados dos usuários, usados para direcionar melhor sua publicidade.

Recentemente Cook fez um discurso para um evento de segurança em Washington, em que foi duro com empresas do ramo:

Eu estou falando direto de Silicon Valley, onde algumas das mais proeminentes e bem sucedidas empresas construíram seus negócios colocando seus clientes em complacência sobre suas informações pessoais. Eles estão engolindo tudo o que eles podem aprender sobre você e tentando monetizar isso. Achamos que isso é errado. E não é o tipo de empresa que a Apple quer ser.

O testemunho de Snowden é importante, pois é feito por um especialista no assunto e que se preocupa com um mundo com mais privacidade. É praticamente um aval de que o que Tim Cook afirma, é verdade.

via AppleInsider

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • João Vianini

    A Apple é uma empresa de hardware que faz software e isso muda tudo. É bom ver que a filosofia da Apple de proporcionar qualidade ao usuário ainda não mudou. 😉

    Também foi interessante ver o Snowden elogiando o Marco Civil.

  • Fabio Correa

    Apple sempre Apple.

  • Henrique Imperial

    Essa certeza de privacidade e segurança que temos usando produtos da Apple é algo que não tem preço 🙂

    • Mubarak Nunes Machado

      Sem depreciar seu comentário, digo que devemos ir com calma nesse conceito. Que há grande preocupação com a segurança por parte da Apple, é um fato. Porém, não dá pra se sentir seguro na “certeza” de que temos segurança e privacidade “usando produtos Apple”. Ela ainda é uma empresa e visa lucros, não o bem estar social ou a nossa privacidade, a não ser que esses elementos estejam sendo mais rentáveis a longo prazo do que o contrário.

      • Henrique Imperial

        Na verdade, na vida é difícil ter certeza de algo, mas o que eu quis dizer é que ao que tudo indica no momento, acredito que podemos depositar bastante confiança na Apple, pela seriedade que ela demonstra e pela fala de pessoas entendidas no assunto como o Snowden. Realmente acho que a palavra “certeza” no meu comentário foi meio forte 🙂

        Obrigado!

      • Estive Jobs

        Pois é, sempre tem um detalhe, nunca nada é 100%, a verdade nunca é absoluta, enfim… Eu acredito que esse tipo de coisa é desnecessário comentar pois bem sabemos disso, nada contra o que você disse, eu concordo com 100% do que você disse :p

  • Diógenes Magnus

    palmas para a Apple!
    e para o BDI tmbm, que sempre nos traz as matérias em primeira mão 😀

  • David Manfred

    Outros sistemas operacionais nunca chegarão nesse patamar. Tratar a privacidade dos usuários como prioridade, esse é o lema. Obrigado Apple /palmas

    • Titio Wolfram

      E acha que eles fazem isso? Nenhuma empresa faz isso. Todas elas trabalham e fornecem dados para a NSA. Só acredita nisso quem quer.

    • Jean Lavallé

      O Linux dá de 300 a zero em qualquer S.O. no quesito privacidade e segurança. Por que acha que os maiores supercomputadores do mundo (inclusive o maior, um chinês), o usam?

  • Felipe

    Também né, cobrando R$3500 em um iPhone o mínimo que se espera é que tenha segurança de dados e privacidade.

    • Ha celulares que combram isso e não oferecem nem a metade kk

      • Mubarak Nunes Machado

        E há o iPhone que custa esse valor e que diz que oferece esses benefícios, mas na verdade, só lá dentro da Apple é que se sabe o quanto isso realmente é feito.

  • Lucas Alcalde

    Por isso que eu tenho orgulho de ser usuário da Apple! 🙂

  • Arlindo Neto

    Fico feliz, mas também não tenho paranoia com isso. Não tenho nada para esconder, não entendo muito isso de vender dados mas até hoje que eu saiba não me atrapalhou em nada.
    Só não posso procurar preços do novo MacBook no mercadolivre pois aí vai ficar um mês aparecendo nas propagandas do Google e eu não tenho dinheiro para comprar

    • Jeff Dias

      Arlindo, eu entendo seu caso quando diz que não tem nada para esconder, e muitas pessoas também pensam assim, mas pense diferente por um segundo…

      Se não tenho nada a esconder por que estou sendo vigiado?

      As vezes falando em segurança dos dados parece algo realmente grande onde há o número do cartão, roubo de identidade e tudo mais, porém, o simples fato deles pegarem seu histórico, um arquivo que vc fez o upload, uma foto de viagem sua e usar isso para te convencer a comprar um novo produto é extremamente intrusivo.

      O Google por exemplo faz videos maravilhosos de compartilhamento no rede, mande tudo para nuvem e tudo mais, usam da imagem que a Internet é livre, e depois usam todo o tipo de informação sobre você para lucrar, nem precisa ser sua foto, a metadata, o titulo, o tamanho e etc já será o suficiente.

      Uma boa leitura nesse assunto é o livro CypherPunks do Assange, recomendo.

      • Jean Lavallé

        Disse tudo. Ponto.

      • Arlindo Neto

        Uhum, é como eu disse, não entendo muito até que ponto isso me prejudica, vou pesquisar sobre o assunto e muito provável que eu leia o livro, estou em um momento que quero ler tudo que não sei a respeito, está sendo interessante isso.

  • BioFighter

    Somos todos vigiados Snowden é só mais um mero “pião” deste jogo de xadrez onde o rei e a rainha estão sempre protegidos e lucrando com o trabalho e vida do proletariado mundial.

  • Jefferson Soares

    Pelo preço cobrado a Apple tem mais é que oferecer este tipo de vantagem mesmo.

  • Renato Faria

    Ninguém desconfia que a Apple pode ter pago para o Snowden falar bem? Não estou duvidando da qualidade da Apple, pelo contrário, acredito em tudo que foi dito no post, mas o Snowden não é lá muito confiável e a situação dele na Russia não deve ser das mais confortáveis, então ganhar uns trocados pra falar bem de alguém não seria de todo mal. Simplesmente não me convenceu, minhs opinião.

  • Jean Lavallé

    Reconheço a grande importância para leigos da denúncia de espionagem em larga escala. Pois qualquer analista de sistemas com alguma inteligência já sabia disso. Porém, atribuir a ele cada comentário a verdade sobre o assunto privacidade é temeroso. Não adianta: o único código auditável e mais seguro é o aberto. Coisa que a Apple está há anos luz disso por filosofia. Ela com certeza sim fornece dados pessoais ao governo dos EUA. Para que ela iria lutar e se aporrinhar contra o maior poderio do mundo (segundo o próprio presidente presidente Eisenhower), que é o complexo industrial-militar?

    • Lucio Crosara

      Sua posição tem lógica, mas carece de maior fundamentação quanto a Apple fornecer dados. por gentileza, abalize seu comentário com dados mais concretos, como o do artigo proposto.

      • Jean Lavallé

        Os dados concretos são: inocentes, que acreditam no sistema, como o sr. me aparenta ser, achavam que nenhuma empresa fornecia dados para a NSA. Aí vem um sujeito e denuncia o óbvio, e todos ficam “uau, não pode ser!” A vida segue e ainda tem gente que acha que tem empresa que não fornece. Que só porque usa criptografia, é confiável. O algoritmo de criptografia é aberto, é auditável, para saber se há backdoors? Etc, etc? Preciso abalizar mais?

        • Lucio Crosara

          Parece que vc é especialista na área, e eu sou realmente um leigo. Mas não sou inocente não, e creio que a maioria aqui não seja. Uma pessoa “inocente” nesse contexto que vc coloca, seria uma alguém alienado e à parte da realidade, que a traz sua alienação também, às discussões dos assuntos deste blog.
          Mas o fato é que apesar, de vc mencionar a ideia, não consigo entender como tal inocência (se fosse o caso), fundamentaria seu ponto de vista. O autor do artigo, abaliza sua idéia com uma noticia real e contextualizada. Entenda, não estou discutindo aqui se é totalmente real a informação ou se SNOWDEN é confiável ou não. Estou mencionando o fato de sua argumentação ser frágil, apesar de ter lógica, por carecer de informações mais ABALIZADAS. Sendo especialista, não deveria ser problema para vc, fundamentar seu raciocínio com notícias atuais.

          Nesse aspecto, apesar de parecer ser especialista, vc agiu como um verdadeiro “inocente”…
          Grande abraço… e um conselho para a vida: seja menos incisivo e mais racional…

          • Jean Lavallé

            Não é preciso ser especialista em nada para ver o óbvio: desde sempre, a classe dominante de centenas de anos atrás, o Estado, as grandes corporações que mandam por trás, sempre justificam a quebra de direitos ( e da privacidade), “Para a sua proteção” (música do Plebe Rude)”. Isso inclui a Inquisição, prisões sumárias sem julgamentos, tortura, golpes de Estado, escuta ilegal, e agora de uma forma mais bonitinha com as empresas de TI. Meu Deus do céu, você não estudou história?

            • Lucio Crosara

              Tenho certeza que sua mae gosta de vc, mas o resto da humanidade fica difícil…

            • Lucio Crosara

              Não gastarei mais meu tempo com vc…seja feliz na sua ignorância intelectualizada…

            • Mubarak Nunes Machado

              “Apelou perdeu.” Não dá pra ficar “fundamentando” tudo o que se sabe. Até porque, se tivesse vindo a público abertamente, não haveria o que se discutir aqui num blog. Mas vamos com calma. Ideias contrárias às nossas não são necessariamente contrárias a nós.

            • Jean Lavallé

              Argumentum ad hominem: Ataca-se a pessoa que apresentou um argumento e não o argumento que apresentou. Tipico de quem não tem o que contra-argumentar, normal nesses tempos em que é melhor ter o orgulho inteiro do que a cabeça renovada. http://pt.wikipedia.org/wiki/Argumentum_ad_hominem

  • Samuel Cavalheiro

    mas não foi o snowden que mencionou a pouco tempo atrás que nunca usuaria um iPhone, agora não entendi foi nada.

    • Jean Lavallé

      É o que estou tentando explicar, ele fez a denuncia há tempos, mas não significa que ele tenha que ser santificado a partir disso então. Acordos posteriores para acalmar o sistema sempre existem.

      • Samuel Cavalheiro

        o que eu estou querendo dizer é que isso faz o leitor pensar. o Bom se antes ele dizia que não usaria um iphone é porque ele devia saber que a Apple tinha brecha no sistema, então concluímos que essa história do Tim Cozinheiro é tudo mentira. E é só porque houve uma denúncia, o não quer dizer que a espionagem parou, a nsa com certeza aprende com os erros e agora só vai ficar mais difícil de saber se isso ainda acontece, o aí onde a nossa maçã entra na história, dizendo que mantém os dados dos usuários.

  • Ricardo Cavalli Schmitt

    Ufa. Minhas nudes estão salvas.