Aplicativos

Já estão disponíveis nos EUA alguns aplicativos do ResearchKit

ResearchKit apps

Já estão na App Store os primeiros aplicativos que usam do framework ResearchKit, anunciado no evento desta segunda pela Apple. Eles tem a finalidade de realizar pesquisas médicas que podem ajudar na busca de curas e tratamentos.

São ao total 5 aplicativos que participam de sérias instituições de pesquisa. Os usuários que aceitarem participar, deverão informar durante um período de tempo sobre suas atividades de saúde medidas pelo iPhone, além de responder a algumas perguntas.

ResearchKit

Mas os apps disponíveis estão em inglês e são direcionados por enquanto a residentes nos Estados Unidos. Com o tempo, os aplicativos serão traduzidos para outras línguas e disponibilizados mundialmente. Abaixo, a lista e links dos aplicativos:

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Gustavo Andrade

    Peço que reconsiderem o texto deste artigo, para não estimular pessoas a baixarem esses aplicativos e “mentirem” dados, pois isso prejudica em muito o banco de dados, ao “sujar” as informações.

    • Vinícius Lima

      Exatamente.

    • Juliano Santos

      Concordo totalmente contigo. Ainda mais em se tratando de algo tão importante como prsquisas médicas.

    • Felipe Scavacini Romanatto

      Mentir em uma pesquisa científica é lamentável. Tomara que instituições científicas sérias do Brasil adotem estas ferramentas.

    • Rennedy

      Apesar da sugestão ter sido apenas de mentir sobre morar no EUA e não mentir sobre os dados requisitados na pesquisa, concordo com voce. Possivelmente as pessoas vão responder de qualquer maneira, apenas para testar o aplicativo.

  • Marco Fernandes

    Lamentável a dica de “MENTIR” em uma pesquisa científica só pra satisfazer o prazer de nerd BDI… tsc…tsc…

  • Bruno Lima

    Em nenhum momento eles disseram que era para mentir em suas respostas em relação ao teste.

    Somente mentir que mora nos EUA.
    Parem com tanto mi mi mi

    • Thiago

      Mas você não acha que isso pode influenciar possíveis estatísticas do tal estudo?

      • Bruno Lima

        A estastítica do estudo não tera alteração nenhuma se for um brasileiro que mora no Brasil se passando por um morador dos EUA que respondeu as perguntas (até porque em breve devemos ter a versão em PT.)
        Se o cara mentir em suas respostas, ele mentiu porque é babaca ou por qualquer outra justificativa, e não porque o BDI incentivou isso.

        • Thiago

          Entendi.

        • Marco Fernandes

          mentir o lugar onde mora vai ser prejudicial em mapeamento de algumas doenças colega.

        • Cara, você está errado! Um indivíduo que mora nos EUA têm contato com uma gama diferente de clima, produtos químicos, alimentação e hábitos que fogem do cotidiano brasileiro, e esses fatores afetam a maneira como o organismo do indivuduo reage a diferentes quadros de saúde. Alem, há o fator que diferenças culturais influenciam consideravelmente na resposta a ser submetida, até mesmo por pessoas que apresentem o mesmo quadro de saúde.

          Finalmente, esses aplicativos foram desenvolvidos por universidades norte-americanas com um intuito de se traçar um grafo da sociedade americana. Desta maneira, qualquer dado referente à sociedade brasileira não e só,ente irrelevante, mas também irá atrapalhar a observação de dados verídicos, providos de reais moradores dos EUA. Há uma grande chance que esses aplicativos não sejam traduzidos para o português, ou que sejam disponibilizados para os brasileiros. É possível que institutos brasileiros sigam os mesmos passos e criem apps que possam, e devam, ser usados por brasileiros!

        • Gaius Baltar

          É óbvio que a estatística será alterada de acordo com o local onde o indivíduo pesquisado resida. Na pesquisa sobre asma o fato de você morar em um país onde a primavera é quase inexistente altera completamente o volume de pólen no ar, um dos fatores que afetam asmáticos. Amigo, existe uma coisa chamada “método científico”. Leia acerca disso para não falar abobrinhas.

          • Bruno Lima

            Caguei pro seu argumento de método cientifico.
            Asma é asma em qualquer lugar do mundo criança. A única diferença é que os sintomas serão mais agudos em regiões mais secas, mas até ai isso é óbvio.
            Quem sofre de asma no sertão brasileiro sofre menos que um cara do Texas!? Ou qualquer outra região desértica do EUA?!
            Abóbrinha quem fala é a senhora sua mãe.
            E cansei de responder comentários de pseudo intelectuais. Fui!

  • rafael michaan

    Quero este walpaper

    • Bruno Mello

      Também

    • Gabriel Guimarães

      eu também!

  • Douglas

    iLex, por que não deixa de ser cabeça dura e retira essa recomendação típica de malandro brasileiro? Vc mesmo disse que poderá prejudicar na pesquisa científica, então para que estimular que isso seja feito? Ficaria muito mais elegante de sua parte se não tivesse escrito as duas últimas frases desse artigo.

  • GiganteBA

    Eu adoro o Blog do iPhone e sou fã desde 2010 quando o descobri, e por mais que muitos reclamem de algumas atitudes do iLex sempre o entendi. Mas nesse momento realmente não entendi. Concordo plenamente com todas as opiniões postadas ate esse momento. NUNCA devemos mentir em pesquisas medicas nem mesmo sobre onde moramos pq isso afeta demais os resultados. Não baixarei os aplicativos citados e torço para que façam o mesmo, aqueles com mais instruções não o foram, mas muitos foram, o que pode ser um atraso e um retrcesso para pesquisas que podem salvar vidas, em especial com a penetração que o iphone tem no mercado.

    • Eu acho que houve um equívoco aí, talvez ocasionada por uma falha no texto. A intenção nunca foi incentivar o pessoal a mentir no aplicativo, apenas informar como ele funcionava. Vou alterar o texto para que este equívoco não aconteça.

      • GiganteBA

        iLex, obrigado, isso so demonstrou que vcs (pessoal que forma a entidade iLex) é exatamente o que eu e todos os fans do Blog sempre pensamos que era. Eu tenho uma irmã com cancer e um primo com HIV e sei como essas pesquisas são importantes, fiquei extremamente feliz com a iniciativa da Apple, quem melhor que ela para obter dados médicos se é a empresa com um numero absurdo de usuários de celulares sempre atualizados? Obrigado por compreender o nível de importância que essa iniciativa tem. Como eu disse, quem tem instrução ou vive a situação que vivo hoje, iria ler, entender e colaborar, mas aqueles com menos instrução, que mal le o texto e sai baixando pra testar, pode poluir os resultados, o que seria péssimo.

  • Gabriela E Rafael Grando

    “Mentir” é lamentavel em qualquer situação. Por isso que o país está nessa situação, muitos “mentem”. Isso não deveria acontecer jamais, nem mesmo nas pequenas coisas!

  • Cesar Carvalho

    Não somente em USA aqui na Europa esta disponivel também.

  • Beto

    muito bom pena que aqui na empresa o twitter é bloqueado.

  • Gabriel Guimarães

    ilex, seria possível disponibilizar o wallpaper da foto pra gente?