Notícias

FaceTime e iMessage agora também oferecem autenticação em dois passos

A Apple resolveu reforçar ainda mais a segurança de quem usa dispositivos iOS (e Mac), adicionando a autenticação em dois passos também para iMessage e FaceTime.

Isto significa que quem possui a Verificação em Dois Passos ativada em sua conta iCloud ficará mais seguro, pois poderá ter certeza que ninguém irá conseguir se conectar em outro dispositivo sem que se saiba. Esta verificação exige que se tenha no mínimo dois fatores: a senha e um código enviado pelo celular, por exemplo. Em contas da Apple, este código é enviado via SMS ou para um dispositivo de confiança previamente configurado. Assim, há a certeza que somente o dono da conta é quem está se conectando realmente.

Para ativar a Verificação em Dois Passos em sua conta iCloud, confira este tutorial.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Daniel Alencar

    Esses dias precisei desativar a verificação de dois passos na minha conta pra poder ativar o OS X no Mac, e não consegui ativar de novo. Coloco o número de telefone lá na página e o código não chega por SMS :/ Primeira vez que tentei ativar foi a mesma coisa. Preciso tentar de novo agora pra ver se vai

    • Unrevealed

      Cara, trabalho como AppleCare Advisor e posso dizer que esse problema está gerando muitas ligações aqui. Sinceramente, muitos clientes reclamam desse tipo de autenticação onde se é necessário seguir vários passos pra configurar algo. Parecem ser só dois passos, mas vai passar o procedimento pra um ‘leigo’ pra ver…

  • Thiago

    Faltou dizer que implementaram isso da pior maneira possível: usando senhas específicas de app ao invés do token.

  • Lipe

    Apple e segurança: um assunto delicado.
    Dizem algumas pesquisas que algo como 10% dos usuários de produtos Apple utilizam algum tipo de anti-vírus, crendo fielmente que o sistema operacional é imune a ataques.
    Eu não me preocupo porque não baixo músicas piratas, raramente joguinhos e os aplicativos que tenho são todos conhecidos…

    • Anti-virus é uma cultura de quem vem do Windows.
      Que pena que tenha 10% que use um programa que só enche o sistema do Mac, sem ser muito efetivo. Não há realmente vírus para Mac, isto é um fato, e os pouquíssimos malwares que existem aparecem tão de repente que os anti-virus pra Mac que existem raramente dão conta dele. Quando se adaptam, é tarde.
      Concordo com o discurso de que “nenhum sistema é perfeito”, “um dia deverá vir vírus no Mac”, etc, mas o fato é que, hoje, não acho que valha a pena entupir o sistema com um anti-virus pouco útil.

      • KB

        O pior ‘virus’ de qualquer OS ainda é o próprio usuário, que na maioria das vezes sai clicando em tudo que é link e carregando anexos suspeitos. Segurança é um processo que precisa de constante acompanhamento e não uma ferramenta apenas, ou resolvida com uma. Contra engenharia social, phising, vulnerabilidade de OS e aplicações, não há ‘antivirus’ que resolva a situação.
        Sempre usei meu OS X sem instalei antivirus nenhum. Nunca precisei. Também não rodo Java nem Flash. Só aí grande parte dos possíveis problemas em Mac estão resolvidos.