Notícias

Tratado comercial entre EUA e China pode reduzir custos de fabricação de iPhones e iPads

Presidentes dos EUA e China

China e Estados Unidos estão prestes a oficializar um tratado comercial entre os dois países, para que impostos de importação de componentes sejam reduzidos no país asiático. Isso, a médio prazo, significaria uma importante queda de custos de fabricação de dispositivos da Apple, como o iPhone e o iPad.

Como se sabe, o iPhone e o iPad só possuem fábricas em dois países do mundo: China e Brasil. Mas nestas fábricas não são produzidas todas as peças, necessitando a importação de componentes fabricados em outros países, como Japão e Coreia. Até então, a importação destes componentes sofria imposto do governo chinês e é justamente ele que pode desaparecer com o novo tratado.

Com isso, a Apple deverá ter uma redução de custos na produção de seus gadgets montados LÁ na China. No Brasil, tudo continua na mesma.

O tratado ainda deve ser aprovado por outros 76 países que fazem parte do Information Technology Agreement (Acordo de Tecnologia da Informação), mas muitos acreditam que deverá ser concretizado até o final deste ano.

Alguns acreditam que a Apple possa repassar esta queda de preços ao consumidor, como já fez com alguns modelos de MacBook Air no passado. Mas é difícil dizer se este benefício chegará ao Brasil. Com o dólar volátil que temos, é arriscado para Apple (enquanto empresa) diminuir seus valores aqui e depois ver seus lucros irem embora por causa de um aumento do câmbio. Além disso, como a produção da fábrica de Jundiaí é destinada ao mercado local, os produtos brasileiros não deverão ser beneficiados com a redução de custos chinesa, apesar de já termos averiguado que o iPhone 6 não será produzido no Brasil.

Fonte: WJS, via 9to5mac

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados