Notícias

Apple passa a vender no Brasil iPhones e iPads em 24x na sua loja online

Parcelamento na Apple Store

Depois da parceria com as Casas Bahia, a Apple adotou ela mesma condições mais “agressivas” para vender seus produtos no Brasil. Em sua loja online ela está parcelando tudo em 18 ou 24 vezes, com juros.

Os juros deste parcelamento irão depender do cartão de crédito que você tiver, pois cada banco aplica os juros que quer. Veja abaixo uma tabela com os cartões que permitem o parcelamento na Apple Store Online:

Cartões Apple Store

É importante enfatizar que as outras formas de pagamento continuam sendo aceitas: desconto de 10% em pagamentos à vista (ou em 1x no cartão) ou em até 12x sem juros. A opção de parcelar em mais vezes é complementar. Veja todas as opções no site da loja.

Considerações sobre a novidade

O que é melhor, pagar à vista, com desconto ou ficar preso por dois anos a uma dívida?

A resposta é óbvia, e provavelmente a maioria dos leitores deste Blog responderão que é melhor não ficar se endividando por um produto tecnológico. Mas temos que nos lembrar que nem todos possuem condições de comprar produtos da Apple à vista e o parcelamento é uma das únicas maneiras de se conseguir comprar bens de consumo.

Sim, muitos exageram e acabam comprometendo seu orçamento familiar por causa desta cultura nacional de parcelar tudo, mas há casos de pessoas que sabem planejar bem seu dinheiro e que encontram no parcelamento uma maneira de conseguir o que querem. Principalmente quando um iPad ou Mac pode significar uma maneira de gerar renda ou se aprimorar no trabalho ou nos estudos.

Produtos Apple sempre foram caros, não só aqui, mas no mundo inteiro. E no Brasil é ainda pior, por causa de nossa realidade politico-social. Por isso, não tem mal nenhum em se ter uma opção mais facilitada de parcelamento, para quem pretende comprar aqueles que são considerados os melhores produtos tecnológicos da atualidade. Afinal, o que é mais interessante: ficar dois anos guardando dinheiro para comprar um Mac à vista, ou comprar agora, parcelado, e ser produtivo com ele durante este tempo?

O parcelamento não é para todos os públicos e nós do Blog do iPhone sugerimos que nossos leitores sempre tentem comprar os produtos à vista, com desconto. Mas para quem não pode fazer isso, é uma opção que se tem.

É mais uma maneira de popularizar ainda mais os produtos da Apple no Brasil. E quanto mais populares eles forem, melhor será para todos nós.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Vamos nos endividar mais ainda amigos. Kkkkk

  • Sergio Ito

    Agora estou tentado em comprar um Macbook Pro, rs

    • Alexandra

      pois é… Agora, apesar de ser preço BR, cabe melhor no orçamento 🙂

    • Yuri Zanatta

      Compensa você comprar aqui na Europa. Com €2.500 você compra o modelo Retina de 15″ e 2,5GHz (uso com a configuração básica e é mais que o suficiente). No Brasil está quase o dobro.

      • Francisco Oliveira

        Exatamente, dependendo do modelo… vale a pena ir pra miami e comprar lá. Com a passagem e a hospedagem ainda fica mais barato =D

      • Julio Sá

        Se compensa comprar na Europa, imagina nos USA. O problema todo é a alfandega. Quem volta da Europa passa direto, ninguem pede pra ver nada, abrir mala, nada, agora veio da terra do Tio Sam = fila do raio X

      • Gerinho Faustino

        Concordo com o amigo Yuri, fui pra Europa e comprei na Holanda um macbook air 13 pol 128 gb por menos de € 1.000,00 (um mil euros). Valeu muito a pena, o mesmo mac aqui no brasil custa R$ 5.099,00. A diferença é muito grande, sem falar que na hora de voltar eu peguei de volta o Tax Free (devolução do imposto pago por não ser residente naquele pais) e a alfândega brasileira não passou raio X em nada, nem na ida, nem na volta, e claro, eu vim com o mac de baixo do braço usando nos aeroportos já aprendendo a usar e me adaptar as diferenças do windows.

        • Johnny Galvão

          Eu acabei de voltar de Miami, aproveitei pra comprar meu Macbook Pro 13 Retina(O 15 pra mim é muito grande, não cabe na mochila). Acabei jogando a caixa fora pra não ser tributado, porém, me arrependi, pois chegando em GRU, o policial da alfândega nem olhou na minha cara e passei direto! Conclusão:Paguei 1400 dolares!! Ainda comprei um iPhone 6 e um ipad Air!

          • Luiz

            Eu também! Paguei 1.400 dólares em vez dos absurdos 6.699 reais aqui. Uma boa economia 🙂
            Mas você deu sorte, geralmente os voos mais visados dos EUA são os vindo de Miame e NY

          • Julio Sá

            Aí é questão de sorte amigo, pura sorte. As vezes eles param todo mundo, as vezes nao param ninguem. É uma roleta, jogar com a sorte. Mas mesmo pagando o imposto, vale a pena.Comprar no Brasil que nao tem condiçoes mesmo

      • exatamente. vale muito mais a pena ir pra europa ou EUA e comprar por la do que comprar no BR.
        com 2.000 usd nos EUA tu pega um Pro 13″ top de linha. ou um 15″ muito bom tambem. de brinde uma viagem haha

    • Renato Gomes

      Eu fui lá na loja e tentei ver essa opção mas só apareceu até 12x

  • Hades666

    Isso deve ser para prepara o “espírito/bolso” dos brasileiros para os preços do iPhone6 e Plus……oremos

  • André

    Gostei muito dessa opção. Se planejando direitinho, não tem mistério. Diversos produtos bem caros (iMac 5k, Mac Pro, etc.) agora ficam alcançáveis pra quem quer comprar.

    • Alexandra

      Exatamente!

    • Concordo. Diferente do iPhone, que as pessoas costumam trocar em média a cada 2 anos, Macs, principalmente os mais caros, levam anos para que precisem ser trocados. Pagar o produto em dois anos com parcelas mais acessíveis pode ser uma boa.

      • Exato.
        O meu é um early 2011, rodando Yosemite lindamente. Fiz 2 upgrades apenas: de 4GB para 8GB de RAM, e de 320GB de HD para 500GB.
        Bateria ainda segurando em média 3/4 horas de uso, nenhum problema de hardware.

        Vou com ele, de boa, mais uns 2 anos. Se começar a pesar coloco um solid state e fica melhor ainda.

        Ou seja: Computador Apple é pra vida. Dura no mínimo 5 anos de uso.

        • Fabio

          Olá amigo, o que é esta característica dos macbooks, early 2011 mid 20013, late 2013 por ex.? Obrigado

          • Julio Sá

            É a epoca do ano que foram lançados, com isso vc fica sabendo as especificaçoes de processador, memoria, se dá pra fazer upgrade, etc….

  • Celso Pimentel

    O consumidor deve estar alerta para não comprometer mais que 30% da sua renda líquida com dívidas, embora o percentual possa variar de acordo com a renda. Essa regra básica deveria valer também para os compulsivos, mas…

  • É a Apple se adaptando no país.

  • Tito Reis

    Mais gente no SPC!

    • Anne Beatriz

      huahuaa talvez. mas pra algumas pessoas compensa fazer isso, especialmente pra quem pode usar pra trabalho e gerar renda enquanto paga…

  • Apple x Casas Bahia….
    Agora Vai…

  • Danilo Melo

    Concordo em gênero, número e grau com a opinião expressa do editor!

  • Allan Ray

    Nos EUA também é comum se parcelar, mas a forma de parcelamento que eles fazem é diferente. Eles parcelam a fatura do cartão e não as compras como aqui, inclusive nesses parcelamentos costumam colocar a própria casa como garantia.

  • Allan Ray

    Eu particularmente gostei da opção, principalmente se você pensar que geralmente os produtos da Apple, por tem um desempenho otimizado pela integração software/hardware, costumam ter uma vida útil maior que outras marcas.

  • Lucas Gouveia

    Já se preparando com os preços absurdos dos novos iPhones e iPads que vem por aí!

  • Leonardo

    a maior vantagem que eu vejo é o estreitamento das relações da Apple com os banco. Isso é ótimo e não me surpreenderia se esses 3 bancos fossem os primeiros a suportar o Apple Pay quando ele estiver disponível por aqui. .

    • Ricardo Marcílio De Britto

      Pensei a mesma coisa.

  • Andre Almeida

    Vixe…

  • Guest

    Que situação…

  • Roberta

    O engraçado é que os cartões aceitos são restritos para um publico que tem condições de pagar à vista…

    • Alexandra

      Isso tbm achei engraçado! Só cartão de conta top, né?!

      • Roberta

        Isso mesmo, só para clientes Premium dos bancos .

        • KGB07

          Mas pelo que eu entendi da tabela, no Banco do Brasil é o Ourocard (genérico). Qualquer um. Não especifica tipos (gold, platinum etc

          • Alexandra

            Acho que é a única exceção…

          • Robinho Simões 

            O problema é que um Ourocard genérico geralmente vêm com um limite que dá pra comprar no máximo uma capinha de iPhone. Sou funcionário do BB e sei bem como é isso.

            • KGB07

              Mas pode-se comprar com dois cartões kkkkkkkk compra-se duas capas

        • Marcus

          Se você fosse optar entre fazer negócio parcelado com uma pessoa que tem mais condições em desfavor de uma pessoa cujo “risco” é maior (devido aos limites) optaria sempre pela segunda ao invés da primeira?

          • Jéferson C. Flores

            Considerando que a loja recebe mesmo quando o cliente é inadimplente, afinal, o banco fornece o cartão justamente para financiar o cliente… qual a diferença de risco? Se é por falta de limite no cartão, a venda nem é efetivada.

            Logo, a partir do momento em que o pedido é feito e a operadora do cartão autoriza, não faz diferença se o cliente é Black, Ultimate, Gold ou “comum”. Não é?

            • Marcus

              Mas no andar da carruagem alguém “perde” nessa história, custe um valor irrisório ou não comparando aos bilhões que arrecadam (Já atuei em assessoria jurídica de banco e sempre será assim). O critério que eles usam é taxativo já para não usar de subjetivismo, e ainda tem riscos…

              O que acontece, nesse caso particular, é que muitos se veem “excluídos” e criam polêmica quando não é necessário. É preciso ser realista: se não tem, usa o que pode ou faz o cartão, se achou interessante o pagamento. Minha opinião. Até porque eu detesto cartões de crédito, pra mim são coringas. rsrs

              Tanto faz o banco, a operadora e a loja: estamos falando de Preço Brasil, lucro, banco e cartão de crédito de todo jeito, né? E sabemos bem como isso é na realidade.

            • Jéferson C. Flores

              Entendo teu ponto de vista. Mas meu comentário foi exclusivamente sobre o teu comentário anterior, não sobre a questão “político-social-cultural” dos cartões de crédito.

              Queria compreender porquê tu achas que um lojista enxergaria um cliente com mais ou menos risco por causa do cartão que ele detém.

              As visitantes Alexandra e Roberta comentaram sobre o fato de a loja só aceitar cartões “menos comuns”, ao passo que tu fizeste um questionamento aparentemente incutindo o que seria uma explicação para esse fato.

              É isso o que tentei entender.

            • Marcus

              Não falei de lojista, falei de preferências negociais de empresas e instituições bancárias. A partir do momento que você não se encaixa num dos requisitos pré-definidos por eles, qual a razão de reclamar por não ter cartão X, Y ou Z?

              Se a Apple Store define, de entrada, que há o parcelamento mais extenso para esses cartões, penso ser mais viável para eles quem tem esses cartões, e pronto. É a realidade, amigo. Por que se oferece tantas e tantas vantagens para clientes platinums ao contrário de cartões menores? Só por ter limite maior? Claro que não… O fluxo de crédito é muito superior para quem usa esses cartões. srs

              Até porque quem tem um cartão desses não usa exclusivamente pra comprar na Apple Store para espremer tudo em 24 parcelas, convenhamos, né? Só a anuidade é o valor de um iPhone 5. ahauhau

    • Felipe

      Exatamente, por isso, ainda assim, não vi grande vantagem.

      • KGB07

        Mas pelo que eu entendi da tabela, no Banco do Brasil é o Ourocard (genérico). Qualquer um. Não especifica tipos (gold, platinum etc)

      • Rafael Tavares

        Fiquei impressionado foi com a taxa de juros do Banco do Brasil, mais alta que os outros bancos “privados”.

    • Yuri Zanatta

      Você está falando sobre o cartão ser internacional? Sempre comprei com os meus (ambos internacionais) e nunca tive problemas. Cartão nacional não sei. Claro, se for isso que você está falando…

    • Roberta, na verdade só o Black do Itaú é realmente um cartão premium.
      Os demais, contanto que você aceite pagar as anuidades absurdas (a anuidade do Platinum por exemplo é uns R$ 450,00) você pode ter mesmo possuindo uma conta básica no banco.

  • Ricardo Marcílio De Britto

    Acho que ainda vale mais a pena se endividar pra sair do Brasil, comprar os produtos e pagar imposto na volta. Sai até mais barato.

    • Julio Sá

      Matou a pau seu comentário. Eu faço isso há dois anos, mas não me endividei. Simplesmente parei de comprar roupas, vitaminas, sapatos e celular no Brasil. Juntei ums $$ e fui pra NY, comprei tudo lá e PASME, mesmo pagando passagem aérea + hotel em NY (que é CARO) + alimentação, no final eu saí no lucro. No ano seguinte, foi só vender o iPhone por aqui, juntar coisa de 100 dolares e comprar o da proxima geração tb lá fora, alem é claro de roupas para o ano todo, e alguns outros itens de uso pessoal. Comprar no brasil é só para rico, me desculpem. Cansei de ser roubado.

      • Ricardo Marcílio De Britto

        Somos dois. Prefiro juntar dinheiro o ano todo e ao final, sair de férias e fazer compras. Mas, como o governo também sabe que isso é melhor, já está preparando o contra-ataque. Agora nós seremos monitorados no exterior, o FISCO vai criar um cadastro com a sua profissão, pra onde você viaja, em que poltrona se sentou no avião, quantos kilos tinha na sua mala, quanto você gastou no cartão de crédito… Se isso não é uma ofensa direta à privacidade, não sei o que é…

        • mmcaldeira

          Somos 3… Jamais comprei um iPhone ou um iPad no BR…

  • William Godois

    Daqui há pouco vai ter banco comprando idevices para fazer leasing. Não seria mais simples o governo desonerar esse tipo de “bem”, que hoje é considerado um patrimônio no Brasil, como também o é os ténis da nike de 1000 reais? Quantas vidas, violência, mercado negro não seriam evitados?

  • Jefferson Soares

    Com o dólar em alta os preços do iPhone 6 serão de assustar.

  • OLHA A FACA!!!!

  • Paulo Roger

    Boa estratégia de venda para um país emergente.

  • Robinho Simões 

    O problema é que se eu tivesse renda para ter um Itaucard Black com juros de 0,9% provavelmente eu teria condições de comprar à vista.

  • Yuri Zanatta

    Ótima opção pro brasileiro, já que os preços no Brasil são absurdos. Mas ao meu ver só compensa se você comprar um iMac, MacBook ou outra coisa que você não sinta necessidade de trocar por muito tempo. Eu mesmo não faria isso com iPhone e iPad.

  • Guest

    Agora ficou facil comprar meu Mac Pro :

    Resumo

    R$ 52.198,00

    em até 12x de R$ 4.349,83 ou a partir de 24x R$ 2.478,96 com juros
    R$ 46.978,20 à vista (10% de desconto)
    Saiba mais(Parcelas do null )

    Envio:
    2-3 semanas

    Frete grátis

    • Dorinhavasc

      Agora sim compro um, ainda mais com esse brinde de frete grátis 🙂

  • Flávio Tavares

    Será que agora consigo comprar meu mac?!!!!

    • Yuri Zanatta

      Consegue cara, o bom é que você não vai ter que se preocupar com um novo lançamento a cada ano… É um bem extremamente durável e rentável, já que se um dia quiser vender, ele quase não desvaloriza.

  • Bira Michels

    Resumindo continua a mesma coisa. Pagar em vezes e ter juros? Imagina quem for comprar um iMac 5K de 14 mil reais faz em 24x e o valor sobe para 16 17 mil HAHAH!

  • Faltou anunciar no intervalo da novela das oto com um vendedor histérico mostrando o “Carnezão do Tio Jobs”

  • Hades666

    Comprar algo em 24x que fica(praticamente) obsoleto em 12x….boa né?!

    • Cizenando Galvão de Lima Junio

      Na boa, “obsoleto” é muito pesado. Meu Macbook Air é de 2011 e ainda cumpre muito bem o papel dele. Tenho amigos programadores com Macbooks Pro também de 2011 e seus computadores trabalham muito bem também. Claro que é ruim pagar juros, mas é mais uma forma de tornar o sonho da compra de um excelente computador em realidade.
      🙂

      • redmounts

        Tenho um MacBook daqueles branquinhos, de 2008. E roda que é inacreditável. Melhor investimento em tecnologia que fiz. Pena que o chip não suporta atualização a partir do Mountain Lion, mas o Snow Leopard ainda é uma máquina. Só agora, 5 anos depois, é que vou comprar um novo MacBook, mas mais pela oportunidade (um amigo vai trazer do Japão pela metade do preco), do que pela necessidade. Produtos Apple são caros mesmo, mas valem a pena. Qualidade é isso: dura mais.

  • Eduardo

    realmente li isto? CULTURA NACIONAL DE PARCELAR TUDO?! a verdade é simples o dia em que tudo desda comida a eletronicos e carros e ate imoveis agora, nao ter PREÇO BRASIL quem sabe o povo nao para de comprar parcelado, outra coizinha este imposto de 60% encima de produtos importados diminuir tambem ajudara e MUITO !!

  • Julio Sá

    Façam o caminho inverso: Juntem um pouquinho de $$ todo mes e coloquem em uma boa aplicação e eu GARANTO que em muito menos de 24 meses voce consegue comprar seu produto, e de quebra voce tem 10% de desconto e ainda nao dá lucro aos bancos. Ah se todo brasileiro tivesse educação financeira……

  • Matheus Azevedo

    Logo teremos o plano de governo, meu MacBook minha vida

  • Dorinhavasc

    É parceria com as Lojas Marabras …preço melhor ninguém faz…

  • Henrique Barros

    issto é um sinal de que o iphone 6 e plus devem chegar com preços astronomicos!! Será?
    Mas dep ndendo das taxas do mercado meu ipad air 2 pode ser parcelado em 24x, tendo em vista que as mudanças foram boas e é um equipamento que nao precisa ser trocado todo ano.

  • Pelos meus calculos, donos de cartões Itaú Black não precisam parcelar. Penso eu…

  • care16la

    A inadimplencia no Brasil ta como mesmo ??

  • Junior Casemiro

    O mais irônico de tudo é que a maioria das pessoas que têm um cartão de crédito com limite tão alto não precisa parcelar né… venhamos e convenhamos.
    A porcentagem da população que tem limite suficiente pra comprar um iMac ou um MacBook é irrisória.
    Eu por exemplo, me interesso e muito em comprar um MacBook e eu parcelaria sem problemas, mas eu não tenho cartão com limite de R$ 5526,96 (isso em 24x, com desconto pra estudante) rs.
    Pode ser interessante pra quem quiser um iPad, iPod ou iPhone, dos modelos mais baratos e olhe lá!

  • Tom Martins

    Como que $ 2.499,00 dolares viram $13.999,00 reais no iMac retina, quando o povo vai abrir os olhos e ver que não é exclusivamente culpa dos impostos? Mesmo se cada funcionario da Apple trouxesse um mac embaixo do braço e ele fosse taxado não cheragia a 8 mil! Visto que os 2.499 cobrados na loja da apple americana ja esta incluso o lucro da apple.

  • Tom Martins

    Como que $ 2.499,00 dolares viram $13.999,00 reais no iMac retina, quando o povo vai abrir os olhos e ver que não é exclusivamente culpa dos impostos? Mesmo se cada funcionario da Apple trouxesse um mac embaixo do braço e ele fosse taxado não cheragia a 8 mil! Visto que os 2.499 cobrados na loja da apple americana ja esta incluso o lucro da apple.

  • Mauricio Amorim

    “por causa de nossa realidade politico-social”..kkkkk…. A culpa é só do governo e não da Apple que quer ter lucros exorbitantes pq sabe q os brasileiros são burros….bem isso…

    • Fernando Rodrigues

      Também não entendo essa fixação do blog em culpar o governo… sempre que surge um artigo do tipo, esse pensamento está lá de alguma forma. Enfim… talvez eu entenda, sim!

  • Guilherme V

    Se alguém que tem o The Platinum Card do Bradesco/Amex (o cartão mais exclusivo do Brasil e com a anuidade mais cara) parcelar a compra seria o fim do mundo hiahuahau

  • Anderson Rodrigues Batista

    Mudei pro lado negro, porém gosto desse blog, e do nosso caro editor iLex, quem sabe se mudarem os preços dos idevices posso voltar para o apple wold!

  • sheldonDS3

    Pra poder comprar iphones de 5000 reais……..

  • Agenor Duarte

    E com juros altíssimos….

  • Julio Sá

    Se voce paga juros, é porque a Apple deve receber como se fosse uma compra à vista e o banco financia ou seja, tem o desconto de 10%. Entao, os juros cobrados pelo banco sao muito superiores aos da tabela pois tem ainda 10% do montante que eles embolsam. Acorda Brasil…..

  • mmcaldeira

    A única coisa que eu acho é que, se Apple quisesse mesmo ser “boazinha”, subsidiaria parte desses juros. Pq parcelar em várias vezes largando com os juros da administradora, até o zé da esquina faz…
    Ok, é muito bom que ela parcele em 12x sem juros e dê desconto à vista, agora querer dar uma de santa ao parcelar em 24x e empurrar os juros dessa forma, não cola…
    Vai ser uma opção p/ quem não pode pagar à vista? Vai. Mas LONGE de ser um ato benevolente…

  • Se a Apple tá fazendo isso, esperem por iPhones de 4 mil reais no mínimo!