Curiosidades

O iPhone sozinho fatura tanto quanto McDonalds e Coca-Cola juntos

iPhone 5c

Já é fato conhecido de todos que o iPhone se tornou em poucos anos a maior fonte de renda da Apple, transformando-a na empresa mais valiosa do mundo. Mas alguns resolveram brincar com isso e isolar apenas o faturamento gerado com o iPhone, comparando-o com a receita obtida por empresas inteiras no mesmo período. O resultado impressiona.

Se considerarmos de forma isolada, as vendas de iPhone geram tanto faturamento quanto o McDonalds e a Coca-Cola juntos. A Amazon, considerada o maior site de e-commerce do mundo, não conseguiu gerar tanto dinheiro quanto o iPhone sozinho, no mesmo período. Para se ter uma ideia de quanto o mercado de iPhone é enorme, ele faturou bem mais no último trimestre fiscal que toda a gigante Google.

Receitas geradas pelo iPhone

Isso nos dá uma ideia de quão assustadoramente grande é o mercado de iPhones e qual é o domínio dele, mesmo perante seus concorrentes. E por mais que alguns insistam em torcer pela derrocada da Apple, afirmando que ela não inova mais e que a concorrência está acabando com ela, o fato é que as vendas de iPhone nunca pararam de crescer desde o seu lançamento. Todo trimestre é um novo recorde de vendas.

E o iPad? Mesmo seu faturamento tendo caído nos dois últimos trimestres, o que ele gerou de valores é maior do que geraram juntas as empresas Yahoo, Twitter, Facebook, LinkedIn, Tesla e Groupon.

Receitas iPad

O iPhone e o iPad são os produtos que todas as empresas gostariam de ter. Talvez por isso que algumas se preocupam tanto em imitá-los o máximo possível. 😉

via Slate

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Carlos Arcas Neto

    Que potencia.

  • Rogério

    Poderia ter um gráfico desses comparando com os produtos da Samsung… Só pra gente ver o tanto que os iProducts ganham dela.

    • Carlos Arcas Neto

      Qual produto da Sanguesuga?? Tem mais de 50 modelios. Hahaha.

  • Fabio

    Isso porque ela nem vende capinhas. O gente de mau gosto.

  • Felipe

    Nessas horas eu penso em qual o lucro da Apple por cada iPhone e se o iPhone custar R$3000,00 realmente é apenas culpa dos impostos ou de um lucro altíssimo.

    • A edição de dezembro da Revista iThing lhe responde com precisão esta sua pergunta. Vale a pena dar uma conferida para ficar bem informado. 😉

    • Leonardo

      cara, você está meses atrasado.. rsrs

  • Brunosh

    Uau! Visto dessa maneira é impressionante mesmo.

  • Emmano Frota

    O iPhone com tela maior vai acelerar ainda mais essas vendas. Será sucesso estrondoso!

    • Cleiton Xavier

      Sim, porém teríamos de analisar o quanto a tela maior (ou o chamado “phablet”)
      impactiaria nas vendas de iPads 🙁 Pode ser um tiro no pé

    • Jackson Freire

      Eu mesmo não compraria um iPhone maior, melhor ter um iPad mini

  • David Weber

    Legal! Pena que nao ganho nada com isso…

  • Felipe Falconi

    Ouvi dizer que o Galaxy fatura tanto quanto o Bobs e a Dolly juntos, boatos só.

  • Felipe

    Aqui no Brasil não temos dimensão disso, mas na América o iPhone eh um símbolo de nacionalismo e em todo canto encontramos produtos apple. E diga-se de passagem os concorrentes tem muio caminho pela frente para conseguirem um produto tão aprimorado

  • Alexandre Gassi

    Surpreendente

  • Daniel Alencar

    Nossa. Quase U$20 bi 0-0 é muita grana

  • Alexandre Luna

    #Iphoneéissoaí #amomuitotudoissonoiphone #iphoneéessacocacolatoda

  • Fabrício

    Isto também mostra o quanto a empresa está dependente financeiramente dos dois dispositivos. Acho que isso é o que preocupa os tais “analistas de mercado” que trabalham com horizontes dilatados. Os atuais patamares de lucro da empresa, na verdade já foram precificados na valorização das ações no passado (lembrar que preço alvo é projeção para a frente). O declínio nas vendas do iPad pode realmente ter acendido a luz amarela aos investidores (novamente: eles investem em expectativas futuras) e certamente vai ser explorado pelos oportunistas. Observamos que o ciclo de obsolescência dos produtos em geral está muito rápido e que novas tecnologias são implementadas de 2 a 4 anos. Outras empresas que já foram potência em suas tecnologias de época sentem o impacto dessa transformação (Sony, Sharp e Philips em TVs; Motorola, Nokia em dispositivos móveis; Sega e Nintendo em consoles; HP e Sony em Notebooks e afins). Sem contar que a própria Apple num passado não muito distante também passou por uma situação complicada. Então, torçamos para que a Apple continue sendo referência no seu segmento e que continue lançado dispositivos que nos deixem maravilhados.

  • João Grillo

    Com esses números estratosféricos entendemos de onde saiu o dinheiro para a nova sede em construção. É um grande império.

  • Mateus Bandeira

    Esses dados são mundiais ou só dos EUA?

  • Vivaldi

    E a bateria, ó…

  • Robson Olindo

    Na verdade ganhamos sim. Já que com o dinheiro que entra das vendas na Apple, possibilita realizar mas pesquisas para criar novos iProducts com uma qualidade melhor.

    • mr_rune

      Na verdade não ganha nada. Seu salário continuará o mesmo, você vai continuar morando no mesmo lugar e Tim Cook continuará sem saber quem é você. A diferença é que você vai ter mais prestações pra pagar.

      • Robson Olindo

        Se eu me importasse com isso de alguém estar ganhando e eu não, acho que ainda viveríamos em uma caverna, pois de todos os lados se compramos algo estamos beneficiando alguém, acho que o capitalismo e em resumo isso. Parcelas? existe planos de operadora que esse papo não e condizente. Pego o meu iPhone sempre com um valor em torno de 70% a menos que o valor de tabela. e não pago uma conta absurda.

      • Marcus Malacarne

        Nem todo ganho é financeiro. Pense o que uma empresa com mais verba em P&D pode trazer em benefícios para os usuários de seus produtos. Não podemos pensar tão pequeno, é preciso uma visão ampla das coisas.

      • Interessante… então, vamos parar de beber Coca-Cola, pq não ganhamos nada com isso, apenas uma úlcera. Vamos parar de torcer pra times de futebol, pois não ganhamos nada com isso, apenas discussões e dores de cabeça com amigos. Vamos parar de comprar carro, afinal não ganhamos nada com isso e só poluímos o planeta… Tá serto! 🙂

        • Xuki

          “Certo” e não “Serto”… =)

  • Eu vejo esses números e penso 2 coisas:
    1- O iPhone poderia ser bem mais barato então, né? O que custa abaixar um pouco…
    2- Se eu fosse americano, iria gostar mais se a fábrica da Apple fosse nos EUA, gerando emprego para os americanos, em troca de um lucro menor…

    • Anderson

      Os graficos mostram “receita” e não lucro

    • mr_rune

      1- Poder, poderia. Mas não precisa, porque vende no preço que tá então….
      2- Será ? O povo de lá parece que não liga muito pra isso não….

  • Nesse ritmo ela compra a Google em pouco tempo..hehehehe…

  • Fabrício

    O fato da Apple ter ser faturamento altamente atrelado fortemente a dois dispositivos pode pesar num futuro próximo. Nas duas últimas décadas vivenciamos um ritmo baste acelerado dos ciclos tecnológicos. Novas tecnologias/tendências são apresentadas e se tornam obsoletas de 2 a 4 anos. Empresas que dominavam alguns seguimentos sentiram o impacto disso (vide indústria de Televisores: Sony, Sharp e Philips; Consoles: Sega e Nintendo; Telefonia móvel: Motorola e Nokia; e Computadores: Sony e HP). Respeitosamente ao blog, números atuais já estão precificados e estão incorporados no lucro das ações (preço alvo) daqueles que investiram anos atrás. Ainda que sejam muito bons, não significam que se repetirão num médio período. Torçamos para que sim. Todavia, não podemos esquecer que mesmo a Apple já passou por um período muito difícil e não tão distante. Continuo fã dos produtos Apple e espero que nos bunkers dela ainda estejam sendo desenvolvidos novos produtos que nos deixem boquiabertos.

  • Bruno

    A receita da Apple com iPhone é sim monstruosa, mas é preciso relativizar essa comparação. Quando se diz que o faturamento do McDonalds no trimestre foi de US$ 7 bi, não estão falando do somatório das vendas dos lanches, só estão falando da ‘holding’ (portanto, majoritariamente receitas advindas de royalties/taxas cobradas dos franqueados). O mesmo vale para a Coca-Cola, o faturamento é o da ‘holding’ The Coca-Cola Company, não é a receita com venda de refrigerantes, e é majoritariamente o fornecimento de xarope para as engarrafadoras. Enfim, não que não seja impressionante, mas é preciso explicar direito, senão vão sair falando que a receita com iPhone é maior do que a de refrigerantes da Coca-Cola e de lanches do McDonalds, o que definitivamente não é verdade…

    • Pedro Cunha

      Excelente. Essas matérias relativistas sobre números contábeis e mercado de capitais têm deixado a desejar. Comparações sem pé nem cabeça que não servem de termômetro pra nada…

  • eles tem os dados pessoais de todos!! Vão dominar o mundo!!!

  • Wagner Carvalho

    Dolly! Eu tô rindo muito!

  • lucasbarbosa

    esse aí não pegou a piada…