AcessóriosCuriosidades

Ringly: o anel que se conecta ao iPhone e avisa sobre novas notificações

Ringly

Não é de hoje que usuários de Apple convivem com rumores sobre um suposto iRing, que dentre outras funções, serviria até mesmo para controlar a Apple TV de uma forma mais eficiente do que o pequeno Apple Remote. Enquanto este improvável rumor não se torna realidade, as usuárias de iPhone  podem comprar este anel que vibra quando o iPhone recebe uma chamada ou notificação, acabando assim com as perdas de ligações ou alertas importantes enquanto o iPhone está fechado dentro da bolsa.

Com uma bateria que, segundo o fabricante, dura 3 dias, o anel se conecta ao iPhone via Bluetooth LE (a mesma tecnologia utilizada pelos iBeacons), e é banhado a ouro 18 quilates. Quem for comprar pode escolher entre 4 pedras preciosas ou semi-preciosas (ônix negra, esmeralda, safira cor-de-rosa, e pedra da lua arco-íris) para serem anexadas ao anel, que estará disponível nos tamanhos 6, 7 e 8.

Anéis

Quatro padrões diferentes de vibração podem ser escolhidos para situações diferentes como ligações, notificações e até mesmo caso a usuária deixe seu iPhone em algum lugar, e uma pequena luz que brilha em até 5 cores diferentes na lateral do anel a ajudam a diferenciar que tipo de notificação o telefone está recebendo. Um aplicativo será necessário para que a comunicação entre o acessório e o telefone aconteça e irá centralizar todas as notificações.

Quem comprar Ringly durante a fase de pré-lançamento receberá 25% de desconto, fazendo com que o anel custe a partir de U$145 (aproximadamente R$325). As primeiras 1.000 unidades vendidas trarão um pequeno diamante acoplado à lateral do anel. O lançamento está programado para ocorrer no outono americano, que corresponde à nossa primavera. Se você se interessou, confira o site do projeto, Ringly.com

Realmente, este é o ano dos acessórios tecnológicos vestíveis. 😛

Via 9to5mac

Tags
Mostrar mais

Marcus Mendes

Publicitário formado pela ESPM-SP. Além do seu trabalho como motion designer, contribui com o Blog desde 2012 e é também um dos editores da Revista iThing. Não sabe dizer o que faz no tempo livre por não saber o que isso significa.