Curiosidades

Na falta da Bíblia em papel, político americano faz juramento sobre um iPad

Bíblia no iPad

Sabe aquela história do “jura pela Bíblia dizer a verdade, nada mais que a verdade“? Pois as coisas estão ficando modernas, pelo menos nos Estados Unidos. Um político, ao assumir seu segundo mandato, precisou jurar sobre a Bíblia. O problema é que não havia por perto nenhuma cópia impressa dela. Como solução, usaram um aplicativo de Bíblia no iPad para a solenidade.

Edward Mangano não se sentiu constrangido ao jurar sobre um iPad para assumir seu cargo, o que não evitou que uma polêmica fosse gerada por alas mais conservadoras que não concordam que um aplicativo substitua uma versão impressa da Bíblia.

Mas se o que importa é o conteúdo trazido pelos textos, qual o problema de se usar o formato digital? Deixe sua opinião sobre isso aqui nos comentários. 😉

via NewsDay

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Douglas Oliveira

    Acho legal isso, não importa se é impressa ou digitalizada, oque importa é o conteúdo, e chega a ser interessante essa inovação, pois daqui uns anos nem desconfio que a maioria de tudo vai ser digital!

  • José Francisco

    Tinha SOMENTE a Biblia ali naquele dispositivo ? Os mais puristas podem dizer que tinham outras obras também, algumas nem tão sacras …

    • Ariel

      Era exatamente por esse motivo que eu ia me dizer contra. A ideia de jurar sobre o “LIVRO SAGRADO” não é de mesmo tom quando se jura sobre um aplicativo, de um dispositivo eletrônico.

      Vale lembrar que tal ato é simbólico e que a bíblia impressa trás um ar de seriedade a situação. Ainda assim acho valido a ideia de ter o aplicativo da bíblia no ipad. inclusive eu tenho.

  • Carlos Alencar

    Interessante.

  • Eric Lopes

    Realmente não acho que isso tenha algum problema. O que vale é o texto, não o formato dele.
    Se o importante fosse o livro, bastaria fazer o juramento sobre uma pilha de papéis em branco entitulada Bíblia.

  • John

    Em um pais laico acho que nem faz sentido jurar sobre a bíblia. Acho que não devemos misturar o Estado com religião. Afinal se não terá também a discussão se devemos usar a bíblia ou o alcorão.

    • Eduardo

      Ser laico significa a não adoção de uma religião oficial, nada a ver com poder ou não poder usar uma oração.

      • bcayres

        Exato! Estado laico não é estado ateísta.

        • Vinicius

          Nem estado cristão.

    • SamuEX

      John,
      Acreditar que exista um “Estado Laico” é um engano.
      Nem aqueles que mais parecem ser, são.

      O Homem ainda não conseguiu separar Política e Religião e não acredito que isso um dia mudará.
      No caso dos EUA é ainda mais forte, pois é um país fundado por Protestantes Ingleses e Judeus. Por este fato eles tem em sua cultura a adoção de várias práticas bíblicas/cristãs, como a citada neste post.

    • Cristiane

      Concordo plenamente com o John. Jurar sobre a bíblia não faz sentido, exceto para deixar bem claro que a religião domina bem mais do que deveria.

      • JanjaBoy

        Concordo com a Cristiane.
        E tem mais; os caras juram e não cumprem.
        Pergunto: faz diferença bíblia de papel, no iPad ou o gibi do homem aranha?

        • Copeta

          Para eles realmente nao existe diferença. Nem simbolicamente.

          • Diógenes Magnus

            Exatamente por este motivo ele o fez em cima de um iPad, apenas para chamar atenção da mídia.
            Juramento? Oque significa isso? É de comer?
            (só podia ser político haha)

  • Eduardo

    Na cerimônia, a bíblia serve pelo que simboliza, como guia da verdade e tal. O iPad, claro que disponibiliza o conteúdo mas está longe de simbolizar como o livro.

  • Saulo Noleto

    Que massa! 😀

  • Danilo Melo

    Não vejo problema..a única coisa que vejo é que vivemos na era das pessoas insatisfeitas ou como eu digo…na era do mimimi.

  • Tuaregue

    LOL Espero q tenha desligado a opção de mudar aplicativo ao juntar 4 ou 5 dedos, senão ao pousar a mão muda de aplicativo ou fecha!

  • Heleno Barros

    Na igreja que sou membro meu Pr. Prega com um iPad e os membros em grande parte acompanha de seus iphones e tablets sem problema. rápido, prático.
    A Bíblia tem q estar é dentro de nós não importe da fonte que venha…. abaixo a hipocrisia.

  • Kouba

    A minha pergunta é outra!! Se o cara for ateu ele tem que jurar pela Bibilia?? Paassar por essa etapa da solenidade?
    O pastor de nossa igreja usa um ipad nos cultos, sem problema nenhum!!,

    • Roberto

      Nos EUA, alguém abertamente ateu nem seria eleito, então nem chegaria ao ponto do juramento! 😉

  • Pedro Passos

    O que importa é o conteúdo do livro e não se está impresso, formato digital ou decorado.
    Válido!

  • Lucas

    Teve isso no filme Amizade Colorida. Não vejo problema algum em se fazer isso, o que importa é o conteúdo da bíblia, mas se ele esta em um pergaminho, em folhas soltas, em um livro ou no aplicativo, pouco importa.

    • Andre Frigotto

      Me lembrei do filme na hora em que vi a foto!

  • Gilberto

    Entendo que a solenidade é um ritual. Sendo assim, ele não jura sobre o conteúdo, mas sim sobre o símbolo. E ter o símbolo digital, ao invés de material diminui o ritual.

    Importante: não digo “ritual” como sinônimo de “ritual religioso”, mas com seu sentido mais amplo: “Um ritual é um conjunto de gestos, palavras e formalidades, geralmente imbuídos de um valor simbólico, cuja performance é, usualmente, prescrita e codificada por uma religião ou pelas tradições da comunidade”

    • Milton

      Perfeito. E como todo “ritual” obedece procedimentos especificos quanto a adocao dos simbolos urilizados, ninguem tem o direito de altera-los, seja por conveniencia ou qualquer outra situacao, ate mesmo porque desta forma nao seria um ritual e o tal juramento seria totalmente dispensado.

  • André Luis

    Juramento 2.0
    😛

  • Madruga

    Se o Juramento foi sobre a Bíblia ou um aplicativo do iPad, creio que nada muda, pois atitudes valem mais do palavras.

  • Thiago Brasil

    A Bíblia precisa estar no coração de quem faz o juramento, e só. Então a forma pouco importa.

    O Velho Testamento já foi totalmente oral por um bom tempo, antes de ganhar os pergaminhos.

    É uma inovação bacana, e qualquer polêmica em torno disso será pueril.

  • Leandro Marques

    Em todo juramento, mais vale a intenção. Pois, o meio pode ser qualquer um. Para jurar por Deus não precisa de uma biblia, basta firmar o pacto com Ele.

    “Deus é onipresente e onisciente. Não estamos sozinhos. Ele está conosco. Ele tudo sabe…”

  • Mayquel

    Não sei opinar sobre essa questão, mas penso que se perde um pouco da seriedade.

  • Ramos

    Enquanto isso no segundo século…
    “Jurar sobre um códice? Nunca! Traz ae o cesto com a centena de rolos do livro sagrado.”

    Enquanto isso no século 21…
    “Jurar sobre um iPad? Nunca! …”

  • Carlos Muniz

    O ideal é jurar sobre a constituição.

    • Henrique A.

      … ou sobre o código penal, especialmente aberto no capítulo dos crimes contra a administração pública (corrupção, prevaricação, concussão… e por aí vai…)

  • Rafael Silva

    Por mim pode se jurar encima de qualquer livro ou dispositivo, o que importa é se o mandato vai ser cumprido com ética.

  • iJunior

    Achei massa! Por mim eu levaria à igreja o iPad (ou o celular) ao invés do livro. Mais prático e ainda podemos escolher o tamanho da letra, versão de tradução, etc… Isso sem contar o benefício do peso! Acho válido!

  • Lucas Pinho

    Isso é apenas um ato simbólico pessoal! Não é um casamento, um novo Papa fazendo voto de castidade ou outra coisa qualquer relacionada a religião.

    Afinal, não é por causa de uma bíblia que políticos vão deixar de serem corruptos.

  • Danilo

    O problema maior aí é misturar religião com política…

    • Thiago Racca

      Sim em estado laico como é os eua esse tipo de coisa é uma abominação e deveria ser abolida

  • Mauricio Mendes

    Não vejo problema nenhum. O que importa é o ato em si, que é o juramento com a mão sobre algo sagrado…

    Se bem que boa parte dos políticos de alguns países faz tanta sacanagem que seria mais lógico jurar com a mão sobre uma playboy…..

  • Elias Dionizio

    Acho que o questionamento é: concordar ou não com a nova forma de juramento, não com o juramento em sí, já que é uma tradição, acho que perde um pouco da força do ato, penso que seria mais ou menos como jurar diante de uma foto da bandeira nacional, ou na falta do original, tocar o hino nacional em rítmico Funk, a letra permanece, mas se perde muito da força da tradição, que na minha opinião transmite mais seriedade ao juramento!

  • Bill

    O que importa é o conteúdo, não importa se é de papel ou digital, que diferença faz?

  • G.M.V.

    O juramento é apenas simbólico.. Se ele vai cumprir ou não com o juramento, não vai ser porque jurou num aplicativo ou na própria bíblia… O que importa é a intenção e a cerimônia e não as ferramentas que são utilizadas…

  • Thiago Racca

    Fala sério praticas medievais…

    Eles deveriam jurar constituição… ou nem jurar nada… um aperto de mão já valia…

    e abolir essa porcaria de bíblia logo de uma vez do estado laico como é na teoria e deveria ser na prática…

    quanto ao ipad nada demais…

  • Junior

    Tbm tenho a bíblia em meu ipad, mas ainda não conseguir parar pra ler.

  • Douglas

    Acho uma besteira esse juramento sobre a bíblia, como se isso tivesse um peso maior ou não na palavra da pessoa. O real peso está no psicológico e no caráter. Então bíblia em papel, digital ou sem bíblia, tanto faz, não há diferença.

  • Douglas

    Acho uma besteira esse juramento sobre a bíblia, como se isso tivesse um peso maior ou não na palavra da pessoa. O real peso está no psicológico e no caráter. Então bíblia em papel, digital ou sem bíblia, tanto faz, não há diferença.

  • AntaGomes

    Pelo tipo de juramento e vindo da classe que vem, esta de bom tamanho esse tipo de bíblia 😉

  • Guilherme brito

    ate hj nao entendo o que tem a ver colocar biblia com relacoes politicas. Se ele fosse sei la, macumbeiro ou o que seja? Acho falta de respeito com a pessoa, e nao acho que deveria haver mistura de politica com religiao

  • Felipe

    Deveria-se julgar sobre a constituição, isso sim.

    Jurar sobre a bíblia é um desrespeito às demais religiões, ateus e agnósticos.

  • Thiago Buccos

    A pergunta foi: Mas se o que importa é o conteúdo trazido pelos textos, qual o problema de se usar o formato é digital?

    Porque estão discutindo o uso ou não da bíblia em si? É cada uma. Particularmente não vejo problema nenhum em jurarem com a mão na bíblia. Pra mim é indiferente.

  • Bragante

    Creio que eu poderia usar outro exemplo… Nossa bandeira. Como sentiria vendo nossa bandeira sendo queimada, e como sentiria ao ver um ipad sendo queimado com nossa bandeira sendo exibida em sua tela. Na minha opinião não são só palavras, mas o significado do conjunto, literalmente sua simbologia. Em real a representação física do objeto sim tem seu valor.

  • iLuk

    A apple com mais uma propaganda gratis…. E é verdade mas se fosse em um samsung ia ser diferente

  • Ramon Roberth

    A idéia de bIblia digital é algo inovador. É evolução! A própria bíblia impressa passou por essa evolução. Antes era em pedras, como os dez mandamentos. Depois vieram os papiros até chegar no estado de hoje . Com certeza o futuro é o digital. Mas o fato em questão é o sagrado. Ela sofreu essas modificações, porém o foco de cada forma de bíblia era um todo que objetivava o sagrado. Isso é bem diferente de apenas um aplicativo. Sou a favor da bíblia digital desde que o dispositivo só tenha a função de bíblia e conteúdos referentes ao sagrado. Também sou a favor app de bíblia, mas somente como “quebra galho”.

  • Wanderson Fróes

    Pessoal,
    não importa nada disso, se é digital e tal, ou está impressa. Na antiguidade não existia o livro Sagrado as pessoas faziam pela fé.
    Mesmo que fosse um livro em branco, o que importa é a sua palavra, deixar seus dogmas de lado.
    O juramento é o comprimento da sua palavra e, colocar a mão sobre a Bíblia é fazer a sua palavra ter peso dois nessa história.
    Vejo como aquela velha máxima quando a minha esposa solta a seguinte frase “Você jura que não olhou pra aquelazinha ?”, minha resposta é simples “Não preciso jurar, a minha palavra basta ou você crê em mim ou não, o que adianta eu jurar se você não acredita em mim ?”, se ele jurou sobre a Bíblia ou não, o que importa é ele honrar o primeiro princípio básico que rege a vida de qualquer pessoa, a sua palavra !
    Papo dado, é papo cumprido!

  • Wanderson Fróes

    Eu assisto aos cultos com uma Bíblia digital e isto fez com que muitos outros se adaptassem, até o Pastor conversou comigo se conseguiria todo o material para colocar em um gadget e passar a carregar menos peso.

  • Calvinista

    “Oxenty”, pois eu vou pra igreja e dou aula da Bíblia pra adolescentes utilizando um iPad. Não vejo problema algum!

  • Hugo Soares

    Não acho isso certo, pois bíblia como um livro impresso, um material físico tem um significado e demonstra seriedade, já jurar sobre um ipad não acho certo.
    “Eu juro solenemente perante ao app bíblia, candy crush, e facebook que assumirei o cargo….”
    Brincadeiras a parte, isto não é diferente de alguem jurando sobre um computador com as paginas da biblia abertas em um pdf. E agora ainda acham isso normal?

  • Lucas

    O juramento sobre a bíblia transcende a questão religiosa, se trata de um ato simbólico de pacto entre o dever do parlamentar que está sendo sacramentado perante seus pares sobre uma obra que representa muitos pilares culturais.

    Sob esse prisma não importa muito o conteúdo da obra, e sim o que ela representa, logo o juramento em um dispositivo eletrônico nada representaria, sob uma ótica político cultural pautada nos costumes, contudo, por outro lado, pode significar uma evolução de concepção, o que é bem-vinda, na minha opinião.

    • Pitter

      Foi bem até o “contudo, por outro lado”

      • Hugo

        Foi bem até vc aparecer –‘

      • Lucas

        Verdade, falha minha. Enquanto eu digitava, algo deve ter tirado minha atenção, e acabei por inserir expressão sinônima à anterior.

        Obrigado pelo toque, mas tenho certeza que esse deslize não afetou a idéia do comentário.

  • Maycon Lima

    Bem, o iLex disse pra colocarmos nossas opiniões, então acho que não tem problema deixar a minha:

    Um juramento sobre a bíblia ou sobre um iPad tem o mesmo valor pra mim, nenhum.

    • Deivid

      Eu ri um bocado do comentario, especialmente pq tambem acredito no mesmo.

  • Allan

    Como Cristão, acho que a Bíblia impressa não deve ser substituída por Bíblia digital. Mas é útil em momentos onde não se tem uma bíblia a disposição.

  • Victor

    Para começar acho um tremenda de uma babaquice misturar política com religião.
    Não vai demorar muito para começarem a fazer isso aqui no Brasil, não podemos esquecer que vivemos em um pais laico.

  • Ronaldo Toledo

    Acho isso de usar Bíblia uma palhaçada…Imposição do Cristianismo…