Opinião

A Europa também tem necessidade de um iPhone mais econômico

iPhone econômico
Imagem meramente ilustrativa, feita no computador

Quando se fala do já velho rumor de um “iPhone econômico, feito com materiais mais baratos e tecnologia menos avançada, é comum dizer que ele seria destinado a mercados emergentes onde planos pré-pagos de telefonia são mais populares. Brasil, China e Índia são bons exemplos disso.

Porém, há outro mercado que a Apple começa a perder bastante, por causa do alto preço: a Europa.

A crise que assola o Velho Continente está pegando em cheio os bolsos dos seus cidadãos. O que antes era um dos maiores mercados para a Apple agora está dando lugar a opções mais econômicas e, com isso, aparelhos com Android estão tomando conta do market share. Na Espanha, por exemplo, 92% dos usuários de smartphones usa Android, um número “inquietante” segundo o presidente da Telefonica, a maior operadora do país. Este número típico de países ainda em desenvolvimento é resultado da falta de capacidade econômica da população em investir em aparelhos top de linha, como o iPhone, por exemplo.

Até mesmo a França (que é a terceira economia da União Europeia) está sentindo o peso de um iPhone caro. No início do mês, o presidente da operadora France Telecom expôs publicamente sua opinião de que está cada vez mais difícil para os europeus comprarem o iPhone, pelo seu alto preço.

Há cada vez menos early adopters [na França] e, provavelmente, com a próxima versão do iPhone, isto fique mais evidente. Vender um telefone por US$ 600 está cada vez mais difícil.

Não vamos entrar na questão de que aqui no Brasil o preço do mesmo produto é mais que o dobro disso. São casos bem diferentes e não é o objetivo do artigo. O fato é que na Europa (e até mesmo nos Estados Unidos), 600 dólares não é pouco, comparado com outras opções no mercado. E com a crise, isto fica ainda mais evidente.

Por tudo isso, é bem possível que, para a Apple, não reste muitas alternativas a não ser diversificar sua gama de produtos e reduzir sua margem de lucro, que a tornou rapidamente uma das maiores empresas do mundo. E vendo nesta perspectiva, talvez a ideia de um iPhone mais barato não seja assim tão absurda.

Nesta terça-feira, a Apple apresentará seus resultados fiscais do último trimestre e Tim Cook terá que enfrentar a sabatina de perguntas dos acionistas, que viram as ações da Apple despencar nos últimos meses não por causa da empresa em si, mas devido a joguinhos de Wall Street (que parece confiar mais na falida Dell que na capacidade atual da Apple). E como Cook é um homem de negócios, deve estar se sentindo bastante pressionado em apresentar resultados rápidos.

Esperemos que isto não o faça tomar decisões equivocadas.

Fontes: linkadas no texto

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Antonio Freitas Neto

    Interessante como tudo gira em torno de educação. O cidadão que não pode comprar ou que entende que um telefone não é artigo de 1a necessidade, simplesmente não compra e procura alternativas compativeis e de valor reduzido, forçando os fornecedores a ‘darem seus pulos’.

    Só nós mesmos para pagar uma fortuma em um aparelho, parcelar e se individar. E olha que pra aqueles lados a renda individual é superior e os aparelhos são mais em conta.

    Educação…educação. O Brasil não pode querer ser um pais de 1o mundo pulando os pilares básicos.

    • Raphael Victor

      Concordo!!!

    • Jonas

      Isso aii vc falou tudo !!! Na Europa eles não aceitam altos impostos eles lutam por preços mais justos o que não acontece no Brasil onde e cobrado altos impostos em produtos importados !!! Não podemos competir com outros países por causa de altos impostos cobrados !!!

      • TiãoGavião

        Só que eles estão se ferrando muito mais.
        Nosso povo é pacifico e na crise aguenta quieto trabalhando, eles quando o cinto aperta, só sabem fazer guerra.
        São sim, “povo evoluído”, sei… 😛

    • Felipe

      Este é o raciocínio lógico mesmo…

      Chega a ser feio ver comentário de pessoas falando que acham ridículo o fato de surgir uma opção mais barata e que “se isso acontecer, não compro mais Apple”.

      Enxergar valor, só no preço é um burrice… e é uma burrice que o brasileiro gosta. A gente acha que é bonito pagar caro pra fingir que é rico, quando na verdade o país é quase que analfabeto funcional.

      • TiãoGavião

        Valores não importam nesse caso:
        Quem compra uma Ferrari não quer saber de versão barata, ele compra “exclusividade”, entendeu 😉

    • Raul

      É interessante notar a sua opinião, lendo a impressão que passa é que uma grande parcela da população gasta com produtos inúteis e caros, quando na verdade e infelizmente poucas pessoas podem adquiri-los

      Esse “nós mesmos” na realidade é um 0,000001 das pessoas no Brasil

      • Antonio Freitas Neto

        Meu comentário adverte apenas as pessoas que compram iphone. Infelizmente é uma realidade que uma parcela significativa das pessoas acaba se individando para comprar um, despriorizando reais itens de primeira necessidade.

        A lição de educação (educação financeira inclusive) da europa é que se for caro, cabe procurar alternativas semelhantes com preço mais interessante, até que o fornecedor se adeque a realidade do cenário.

        abracos amigo.

    • Eduardo

      Desculpe, mas pelo seu comentário, o iPhone vende horrores aqui no Brasil, o que não é verdade.

      • Antonio Freitas Neto

        So sou responsavel pelo o que escrevo, nao pelo o que os outros leem :))

        Mas ta desculpado.

        abracos

        • Joker

          Finish him!
          Fatality!

        • iBruno

          “A palavra pertence metade a quem a profere e metade a quem a ouve” – Michel de Montaigne 😉

      • Thiago

        Não o iPhone, mas sim carros horriveis que custam horrores. Dá no mesmo.

    • iBeto

      Sábias e muito bem colocadas as palavras 🙂

    • Dorinha

      É bem por aí mesmo, e olhe que os impostos por lá também devem ser bem mais baixos do que os daqui.

    • Luka

      Mas isso é em todos os setores que acontece… Veja, o 4G, nao temos nem um 3G que funcione,… Querendo sediar copa de futebol, olimpiadas etc,,, enquanto grande parte do BR PASSA FOME ainda

  • Marcelo

    não tá fácil pra ninguém..

  • Celso F. Araujo

    Além da crise européia, eu diria que a Apple também precisa de um iPhone mais barato caso contrário poderá ser engolida pelos Androids da vida.

  • Michel

    Se este novo iPhone econômico vier, que ele seja pelo menos com tela retina! Seria mais barato mais mesmo assim TOP de linha.

    • Elionardo

      Não será TOP de linha mesmo. Os iPhones de “VERDADE” (esses maravilhosos aparelhos que temos hoje) não saíram do mercado, apenas ficaram mais caros, esses iPhones “econômicos” ficaram pelo mesmo valor que um iPhone custa hoje. :\ É triste… Torcendo pra que isso seja apenas rumores infundados.

      • Gabriel SAP

        “Sairão”/”sairiam”
        “Ficarão”/”ficariam”

        • Elionardo

          Obrigado 🙂

      • Bruno Lopes

        O que você falou não faz sentido algum, pois como um aparelho que, com certeza, terá configurações piores do que o atual iPhone, seria o mesmo preço dele?? Com certeza o celular econômico seria bem mais barato.

        • Elionardo

          Sério que você acha que a Apple vai mudar seus padrões para atingir outros públicos? Ela não ira mudar suas configurações, o IOS será o mesmo (isto é se o aparelho realmente for existir) apenas o material usado ira mudar. Já foi dito que custará em média 300 dólares, quanto você acha que isso vale aqui?

  • João Lucas

    Me desculpe quem discorda, mas eu acho totalmente inútil um “iPhone mais barato”. Os produtos da Apple são TOP porque são CAROS, e são CAROS porque são TOP!

    Pra quê abaixar o nível?

    É como se a Ferrari começasse a fabricar um lixo de carro, pra competir com Gol e Fiat Uno…

    • Elionardo

      Concordo contigo! Na minha opinião a Apple não precisaria de um “novo iPhone” que fosse mais barato, se quer atingir esse novo público é só baixar o preço do i3GS e aumentar a propaganda deste. Pronto! Apple mais uma vez a frente dos Droid’s e sem lançar um iPhone de plástico.

    • Freitas

      Mas que pensamento minimo, hein?! Tudo bem é sua opinião!
      Falar que Apple não precisa fazer um iPhone econômico só retorna as discussões a respeito do iPad Mini. O aparelho econômico precisa vir com o nome iPhone? Creio que não!
      Só lembrando que a FIAT é a dona da Ferreri.
      Sem mais!

    • Ciro Espítama

      Vamos por partes:
      1) Há uma diferença entre ser caro e ter um preço elevado. Explico: Um iPhone vendido na Europa por €600 (R$ 1577) tem um preço elevado mas não é caro, pois em troca recebemos um excelente aparelho. Um iPhone vendido no Brasil por €913 (R$ 2400) tem um preço elevado e é caro, pois os €300 (R$ 823) que pagamos a mais não se traduz em nenhuma melhoria em relação ao aparelho de €600 (R$ 1577) vendido na Europa;
      2) O Mac Book Air e o iPad são dois aparelhos da Apple, são os melhores do seu segmento e custam menos que seu concorrentes. Portanto nem todos os aparelhos Apple PRECISAM ser os mais caros para terem sucesso em vendas.
      3) A Ferrari mais barata à venda no Brasil é a Califórnia e custa 1.600.000,00.
      O Fiat Uno mais caro à venda no Brasil é Sporting 1.4 8V (Flex) 4p 2014 e custa R$ 37.796,00 (com todos os opcionais).
      A Ferrari custa 42 vezes mais. Isso significa que o suposto iPhone “lixo” deveria custar R$ 58 (R$ 2400/42). Portanto sua comparação é no mínimo exagerada. Diria antes que seria como a Audi produzisse Skoda ou Seat (marcas que pertencem ao Grupo VW).
      Nós escolhemos o iPhone (ou qualquer produto da Apple) porque dentre os produtos disponíveis é o que melhor se adequa aos nossos perfis de usuários e não porque ele é caro ou dá status. Por mais bacana que seja o iPhone ele é apenas um smartphone (provavelmente o melhor de todos) e não deve ser valorizado acima disso.

      • Francisco Vorcaro

        Falou tudo! =)

  • Jeferson Ferens

    Concordo com a notícia e a opinião de todos vocês. Porém, dizer que precisamos de aparelho mais baratos porque a Apple será engolida pelo Droids????? Como assim, por um acaso baixou de mil reais o preço do galaxy s3 ? dos motorola top de linha ??? Todas as marcas deveriam se preocupar então, pois não conheço nenhuma marca que venda aparelho de qualidade top de linha por menos de mil reais. Vejo bastante de 1.300, 1600, 2.000. Etc.

    • A diferença é que a Samsung não vende só o Galaxy S3, ela tem diversas opções de R$100 reais no mercado. Ela consegue atingir tanto o público premium quanto o mais econômico.
      Não é o caso da Apple.

      • Elionardo

        iLex, então não seria bem melhor, tanto para a Apple quanto para nós consumidores, lançar esse iPhone “econômico” (porque provavelmente chegará aqui com o mesmo valor que hoje custa um iPhone de verdade) com outro nome, e não usar o nome de um aparelho que já é conhecido por ser bem mais sofisticado?

        • Poderia sim ser uma ótima opção de marketing. 🙂

          • Rodrigo

            Talvez não deviam chamá-lo de iPhone econômico ou usar outro, bastava usar o nome “iPhone mini”, embora o conceito do iPad mini não foi ser um iPad econômico, foi um iPad menor e com configuração que o tornou consequentemente mais barato! Dá uma diminuída no iPhone, usa uma configuração mais simples e lança um iPhone como “mini”, sem expor exatamente que se trata de uma opção mais barata e por favor, sem usar uma traseira em plástico translúcido!

        • Felipe

          Eu acho que eles não usariam outro nome justamente para expandir linhas de produtos e opções, mas mantendo o aspecto de linhas enxutas e de produtos focados como tem hoje.

          • Elionardo

            Verdade. Então outra saída seria baixar o valor dos “fora de linha”, o i4 por exemplo, já esta em um bom preço, baixando mais um pouco os Droid’s na mesma faixa de preço não teriam chances.

        • Antonio Freitas Neto

          Dois lados da moeda. Por um lado pode ser excelente pegar carona na marca iphone, que é mundialmente conhecida e adora, mas por outro lado pode realmente prejudicar a excelencia existente, com um produto eventualmente interior.

      • Acaba de sair um resultado onde mostra que mais de 50% das vendas de Smartphones da Apple são dos antigos modelos ( 3Gs, 4, 4S ). Quem na pode comprar um iPhone 5, compra um 4S ou ainda o iPhone 4 e assim adquirir algo compatível com a sua renda e podendo pagar em alguns casos um valor muito baixo dependendo do plano escolhido.

        Eu não vejo problemas na possível venda de Smartphones de baixo custo sendo vendidos pela Apple, mais não vejo uma necessidade de criar um novo Smart podendo fazer uso dos modelos anteriores e suas limitações.

        • Vitor Sá

          Isso que me deixa incrédulo com essa possibilidade de ter um “iPhone econômico”, o fato da Apple vender sempre até 2 gerações anteriores. Um iPhone 4 está saindo por US$450, teoricamente um celular que custasse US$ 300 seria pior do q um iPhone de 2 gerações passadas! Eu acho q seria mais lógico eles diminuírem o preço dos modelos antigos, se possível, do que lançar um novo e mais barato ainda do que um de 2 gerações anteriores…

  • Luís Felipe

    Assim acho que mesmo com toda essa história de crise a sei que em alguns lugares a coisa ta feia

  • Eduardo

    Digo e repito!
    Se o iPhone mais econômico for igual ao da foto e rodar mesmo sistema dos outros, eu serei um dos que teriam esse modelo, sem sombra de dúvidas!
    Apenas pelo fato de ser um aparelho de baixo custo, não deixaria de ser um produto Apple! E com toda certeza, ela não gostaria de ter seu nome atrelado a produtos de baixa qualidade!

  • Renato

    Tenho um iPhone 5 e estou muito contente com ele e gosto muito do iOS também. Mas é importante ressaltar que independe do aparelho que o Android é um sistema que não deixa em nada a deseja em termos de funcionalidade em relação ao iPhone. Tudo que nós fazemos com o iPhone, melhor ou pior um Android também o faz. Então a grosso modo, quem opta por comprar um aparelho mais barato não vai estar deixando de lado alguma funcionalidade imprescindível que só o iPhone possui. Vamos deixar claro que não estou comparando design, durabilidade, valor de revenda, interface amigável, facilidade de configuração, oferta de aplicativos e sim funcionalidades dos sistemara operacionais iOS e Android. Eu com certeza compraria um aparelho com Android se o iPhone pesasse na minha renda.

    • Giancarlo

      Difícil de ver, mas ainda existe alguém com bom senso… 😉

    • Antonio Freitas Neto

      Vou te falar que ate na revenda o iphone tem me deixado pu**. O desastroso botão Home esta falhando e isso impossibilita a venda dele. Qualquer um que pega ele na mão aperta o home e já sente que a coisa esta meia boca, imprecisa. Meu carater me impede de ‘dar um tapa’ para vender, sabendo que vai apresentar problema no novo dono :/

      • Renato

        Antonio, nem sempre o problema do botão home é um problema físico e ele pode ser calibrado, basta entrar no aplicativo Tempo, segurar o botão on/off até aparecer a mensagem de deslizar para desligar e depois vc aperta e mantenha pressionado o botão home até que o aplicativo feche e volte para a tela inicial do iphone, às vezes resolve e melhora bastante o botão.

        • Antonio Freitas Neto

          Fiz essa calibragem mas achei que o efeito foi psicológico / homeopático. Infelizmente esta falhando pacas atualmente.

      • @AlexandrFachin

        Meu botão home só voltou a funcionar, e como novo, depois que pinguei 5 gotas de álcool isopropilico. Com o iPhone desligado, pingue as 5 gotas e aperte o botão Home diversas vezes como se não houvesse amanhã. Deixe um tempo esperando até evaporar. Se o problema for sujeira nos contatos, iesse procedimento terá resolvido.

        • Antonio Freitas Neto

          Vou tentar essa, vamos ver…valeu!

  • Denis Anjos

    Não tem jeito Apple ou começa a fazer aparelhos mais em conta ou vai ficar para traz!

  • Daniel

    Não sei se estou sendo um pouco elitista, mas não gosto muito da ideia de um iPhone mais barato ( não que isso vá mudar algo ). Parte do “encanto” do iPhone, além de sua qualidade de hardware e software indiscutível, está no seu caráter premium “pra poucos”. Acho que com o lançamento de um iPhone popular o gadget da Apple vai perder parte do seu encando e exclusividade. Ao mesmo tempo, pelos preços publicados até agora, não acredito que essa “popularização” vá alcançar a massa de verdade, pelo menos aqui no Brasil. Enfim, acho que a ideia de Steve J. nunca foi criar uma griffe eletronica para todos, e sim para poucos.

    • Renato

      Manda banhar o seu iPhone de ouro e craveja ele de diamantes. Pronto, seu problema foi resolvido.

    • Antonio Freitas Neto

      Ai que se engana. Esse lance de “para poucos” coisa de pais emergente que paga caro por produtos, se individa e fica desfilando por ai pagando pagando parcela. Na ‘terra’ do iphone, qualquer um pode ter.

      Quem quer exclusividade devia pensar em uma Lamborghini Veneno, porque celular não impressiona ninguem.

    • Ciro Espítama

      O problema é que, (como posso explicar isso?) o iPhone não é uma grife! É apenas um smartphone! O melhor? Talvez! Um dos melhores? Com certeza! Mas apenas um smartphone! Ele custa entre R$ 2400 e R$ 3000, nem perto do que custa uma Ferrari Enzo, um iate Codecasa ou um Jatinho Gulfstream. Esses sim são produtos premium.

      • Nesse mundo não só o carro de um milhão pode ser chamado de premiam pois até água possui o seu produto elite e não seria por isso o preço dessa água 1 milhão de reais !!! O iPhone é sim um produto de luxo, assim como um iMac ou MacBook Air e tudo mais !! ! Em minha humilde opinião o iPhone 5 mais pareçe uma jóia e concordo quando afirmam que o iPhone 5 foi pensado como um relógio suíço !!!

        • Ciro Espítama

          A importância que um produto tem para nós é proporcional ao seu valor em relação ao que auferimos como remuneração. Para uns um smartphone pode ser um produto de luxo, para outros é apenas um gadget interessante.

  • valter

    Tomara que saia um com a traseira de plástico mesmo. Pelo menos assim não vai riscar igual o iphone 5 risca aquela merdinha de aluminio… Não sei porque criar um aparelho onde, se não quiser ver todo arranhado, é obrigatório usar uma capa grotesca.

    Amo meu iphone, mas já está todo arranhado as laterias devido a imbecilidade da apple, de fazer de aluminio. Ipad, da mesma forma. Sem capa, arranha tudo.

    • Goese

      O meu 4 nao e de aluminio e ta todo riscado kkk acho que e uma questao de cuidado. Eu mesmo nao ligo muito, nao uso capa e se arranhar arranhou

  • Bruno Pedro

    Nao sei não… Singela opinião de um analista de sofá:

    não é possivel abaixar o preço do novo iPhone em US$50 e deixar o 4S no preço popular de U$300 como é o plano do iPhone BRIC?

    Não consigo ver um iphone mais barato levando a bandeira Apple, seria o memso caso do Mercedez Classe A, que tinha o lindo slogan “Voce, de Mercedez”.

    • George

      Em tempos de crise global… Velhos hábitos elitistas podem significar falência. As empresas “premium” estão preferindo surfar na grife de sua marca e atingir públicos mais modestos… É sobrevivência mesmo.
      Olha o caso da toyota ( no Brasil sinonimo de status, aqui no BR!!) lançou essa porcaria do etios…Pq? A resposta o tema deste assunto é a resposta. Mercedez, foi só mais uma… Acho perfeitamente normal a apple lançar novos aparelhos para outros públicos. Inclusive, acho q ela já devia ter feito. Ela é uma empresa que conhece a dor de barriga das dificuldades financeiras…

      • Junior

        Mesmo pq, um iPhone mais econômico, poderia ser a porta de entrada para usuários poderem começar no mundo Apple. A 1° experiência de se ter um iPhone e posteriormente comprar um “iPhone 1° linha”.

        • Bruno Pedro

          Como dito em outros comentários, poderiam lançar um novo aparelho com telefone. Tipo um iPod Touch 3G/LTE.

          Nao acredito que alguem que nao tenha um iphone por falta de grana compraria o mais barato e depois o mais caro. Seria gastar em dobro no meu ponto de vista.

          O mais grave será esse monte de rumor sobre o iPhone BRIC deixando todo mercado com a esperança de uma expansao e chega na hora Apple nao lança nada.

          Certeza que as açoes cairao ainda mais… Prevejo Wall Street cair matando.

          • Junior

            Não só pelo fato da falta de grana, mas também para conhecer o aparelho e o sistema operacional!
            Seria muito mais viável fazer uma experiência com um aparelho de R$800,00 do que com um de R$2.500,00.
            Não estou criticando seu ponto de vista, apenas enxergando um outro caminho para esse iPhone low price.
            Assim, entrando para brigar em um mercado onde quem comanda são os droids, pois os WP ainda não acredito que estariam no nível deles!

        • Ciro Espítama

          Concordo! Tenho um amigo que nunca pensou em comprar um Porsche até saber quanto custa um Cayman (cerca de €70000) e hoje já pensa em trocar o brinquedo e subir para um Carrera. É assim que as marcas conseguem angariar novos públicos que uma vez dentro já não conseguem sair!

  • Kba_black

    Sou totalmente a favor de um Idevice mais barato.
    Desde que mantenham o IOS com update funcionando sempre.
    Ajudaria bastante quem não pode comprar um TOP de linha.
    Assim da um grande “Sai pra lá” no robozinho verde.
    (・Д・)ノ

    • Elionardo

      Kkk, verdade, mas acontece que esse “novo iPhone” não ficara por menos do que um iPhone sofisticado é hoje, pelo menos não aqui no Brasil. Isso só nos prejudicaria, aumentando o preço dos nossos iPhones de “verdade” 😐

  • Tao

    Creio ser uma luta ingloria competir com android (eles estão em mais de 300 modelos). O foco deve ser outro !

  • Marcio

    Concordo plenamente também ! Aparelhos mais baratos , DESDE, que o IOS seja para TODOS.!
    E que países, tais , como o BRASIL consigam manter os preços “econômicos”dessa linha de i-phone econômico.

  • Hugo

    Um detalhe que ninguém comentou, a Apple quer ser popularizada pela massa?? Não é esse o objetivo dela… E se for? Se eles venderem o iPhone lá fora por 50 dolares, ainda sim, vai chegar aqui a preciosos 900 reais, no mínimo, com um plano de alguma operadora de 130 reais por mês.

    Somos gados e sempre seremos. Tão pouco nos importa o preço das coisas lá fora, pra gente sempre chega o triplo do preço. Fabricamos o Gol e vendemos para o México por 13 mil reais e vendemos aqui dentro por 31 mil reais. O mesmo país que produz gasolina, vende barato para a Argentina e aqui dentro é mais caro.

    Seremos gado, somos gado, pra sempre.

    • Vinicius

      Só pra deixar bem claro que não produzimos gasolina, produzimos petróleo. Exportamos petróleo e importamos gasolina =)

  • Gatti

    Acho que a apple deveria lançar uma nova linha de produtos na telefonia, assim os usuários tem a opção de adquirir um produto apple de primeira linha, essa coisa de “econômico” nunca foi e nunca será o alvo da apple.

  • Breno

    Acredito que a fabricação de um iPhone “econômico” seria uma contende sobrevivência para a Apple! Nao que ela vai mal, obviamente longe disso!!! Mas ela pode estar detectando uma estagnação nas vendas! Grande parte das vendas do iPhone 5 e para usuários de iPhone 3GS ou 4 e 4s!!
    O preciso aumentar a quantidade de pessoas usando!! E nao simplesmente vender para consumidores antigos!!
    Uma forma de fazer isso e ampliando a faixa de pessoas que podem ter acesso ao iPhone!!
    Os produtos da Apple, possuem qualidade superior aos concorrentes, isso e fato! Mas a linha e pequena!! Ela depende de poucos produtos pra sobreviver!! Se um dia o iPhone empaca nas prateleiras ela sofre um baque tremendo!! So de iMac ela nao sobrevive!! Diferente da samsung ou sony que além de celular vendem televisão, som, e até geladeira!!!
    Nao da pra uma empresa como a Apple depender de so um produto!!

  • Guilherme

    Por essas e outras de diferença de preço que nós brasileiros preferimos comprar em países lá fora, e os gringos ( não necessariamente norte americanos ) preferem comprar aqui…

  • Copeta

    A Samsung faz mais linhas de aparelhos e isso preciona a Apple, por que ficam milhares contra apenas 1.
    Então, e a Apple fizer mesmo esse iphone ela não está perdendo a magia de controlar tudo e se focar em apenas um unico aparelho, nem está perdendo a magia de ditar o mercado.

    Um homem em um bairro pobre vende um ótimo bolo por R$ 100. Mas o seu vizinho vende um bolo ruim por R$ 5. Qual vai vender mais?

  • Juda BenHur

    Acredito que antes de se preocupar em lançar um modelo de iPhone e outros “iDevices” a cada ano, a Apple, poderia sim, aprimorar ainda mais o iOS, liberar recursos importantes e então, a cada 2 anos, lançar um modelo melhor.

    Não acredito que em 12 meses, seja tempo suficiente para explorar a substituição de um modelo.

    Além disso, o preço é bem salgado para uma troca anual.

  • Odirlei

    Na boa, p/ mim a era desse design com plástico transparente já deu o que tinha que dar faz muito tempo. Quando saiu o iMac era muito f*** (até hoje não tive coragem de jogar fora mau iMac verde transparente), mas p/ mim a formula está extremamente saturada.

  • breno

    Ainda que não sejam adotadas cores novas no novo iphone, um modelo com uma traseira transparente parece bem atrativa. Possível, inclusive, que o modelo mais barato seja foco de quem ate possui claras condicões de ter um de melhor qualidade.. Do jeito que o iphone já teve seu tempo de alta fragilidade (leia-se o 4 e o 4S), um iphone como o da foto, feito de plastico de alta resistência seja até melhor que outros modelos de iphone.

    Um medo meu, sem dúvida é a apple utilizar materiais mais em conta deixando a resistencia do aparelho cair de forma notável. Tinha um iphone 4 e passei para o samsung g. S3. Não vou negar que o S3 tinha muito o que me oferecer a mais que o iphone (em questões de inovacoes, modalidades melhores de manuseio… o fato da tela so desligar se nao olhares pra ela era magnifico, fora o fato de virar o celular e ele ficar no silencioso.. super pratico), como algumas questões do android e do próprio material, acabei por voltar pra apple, com o iphone 5.

    Seria uma decepção o iphone ser vendido futuramente com um material da péssima qualidade do S3 (nao digo nem tanto a resistencia em queda, mas para uso diário comum: o S3 descascava e arranhava com facilidade que nunca tinha visto antes, nem meu iphone 4 era assim. Mesmo usando capa completa ele descascava..)

  • Alexander

    Coloca a função celular no iPod touch e problema resolvido

  • Maurício

    O engraçado é que o iPhone sempre foi absurdamente caro, e nos tempos do Steve todo mundo dava risada quando especulavam o lançamento de um “iPhone popular”. Parece que o pessoal quer achar uma justificativa para aceitar essa atitude da Apple. Não vi nada mudar a ponto de se justificar esse lançamento – o próprio Blog cansou de fazer artigos criticando esses sites de rumores.

  • Victor

    Sou contra a Apple lançar um iPhone mais barato, nao paguei 2,500 reais em um celular pra quando eu sair ver qualquer um ter o mesmo celular que eu.

    • Ciro Espítama

      Sinto dizer, mais eu tenho o mesmo “celular” que você e só paguei R$ 186. Isso me faz uma pessoa pior ou melhor que você? 😀

  • Lucas Ramos

    Não sei porque de repente todos mudaram de filosofia, na era Steve muitos achavam um absurdo lançar um iPhone econômico. A questão é qualidade, e a Apple sempre prezou por isso, pelo menos até agora. Com que objetivo a Apple quer lançar um aparelho com qualidade inferior para atingir públicos diferenciados se hoje você pode comprar um iPhone 4 por R$1.099, preço que se equipara com os Andorids do mercado… Realmente existe essa necessidade? iPhone 3GS, 4 e 4S estão ai para isso…

  • Ricardo

    Vou falar uma coisa que muitos vão achar um absurdo, se a Apple nao lançar os iphones econômicos e nao vai ser ameaçada pelo Android, pois pela mesma faixa de preço ela tem uma notada qualidade inferior, mas sim ela será ameaçado pelos Lumias com WP8, poisa eles só pecam pela falta de aplicativos, que pode ser uma questão de tempo, e se os desenvolvedores olharem o WP8 com carinho, aí ferrou!

  • iJunior

    Simples! Baixa bem o preço dos 2 mais antigos! Duvido que se, no Brasil, o 3GS caísse pra uns 500 e o 4 caísse pra uns 800 muita gente não estaria comprando! É só questão de vontade! Reduziria a margem de lucro, mas aumentaria as vendas!

  • António Silva

    Olá. Nunca percebi porque a Apple teria de fabricar um iPhone mais barato. Em primeiro lugar, isso não está no ADN da marca, ela não faz isto com mais nenhum dos seus produtos. Em segundo lugar falar da necessidade de que exista um iPhone, digamos, para pobres, é como se a Jaguar quisesse criar um modelo de carro para competir com o C1 da Citroen…!

  • Arnaldo Lage

    Acho um pensamento tão pequeno esse de que “o iPhone deve ser pra poucos”. Eu penso totalmente diferente: quero que a maior quantidade possível de pessoas tenha a oportunidade de ter esse aparelho encantador. Alias, quanto mais gente com iPhone, melhor pra nós mesmo usuários. Eu continuaria (se a condição permitir) comprando o aparelho top, mas sou extremamente favorável a um mais alternativo.

  • António Silva

    Na realidade eu gostaria que todos tivessem possibilidade de ter um Ferrari ou um Jaguar. Mas muito poucos o podem. Depois há outra questão, a Apple não sabe fazer coisas baratas, um iPhone desses, quanto custaria? Se calhar ainda bastante mais que um da concorrência. Todos concordamos, julgo eu, que a filosofia de deixar mais dois modelos abaixo do mais recente, é uma boa prática. O 4 é, ainda, um excelente aparelho e pode ser comprado por um preço muito competitivo, talvez menos que o tal iPhone popular.

    • Obrigado por desejar que eu tenha uma Ferrari ou um jaguar kkk
      Mas acho que eles não dariam conta de fabricar tantos assim a ponto de todos terem um

  • Luka

    Olha… Essa conversinha fiada eh totalmente inutil e sem fundamento….
    O iphone eh BARATO !!!… Entrem na apple store USA e veja o PREÇO!!!!
    O que acontece que nossos salarios estao TOTALMENTE DEFASADOS, impostos absurdos de importaçao… Etc etc etc

    REPITO: o iphone não é caro

    • Luka

      Um lavador de pratos nos eua compra um iphone 5 a vista em menos de um mes de trabalho,…
      Aqui um Tecnico em Informatica estao oferecendo 1000 reais de salário hj em dia

  • Qual seria a diferença entre um iPhone econômico e um modelo anterior do iPhone que a Apple continua a vender após o lançamento do novo iPhone?
    Quem quer um iPhone econômico pode comprar o 3GS que ainda vejo nas lojas por aqui.