Notícias

Agência aérea americana estuda permissão para o uso de iPads durante pousos e decolagens

Voando com o iPad

Quem costuma viajar muito de avião e é usuário de iPad sabe o quão desagradável é aquele aviso no início e no final, pedindo para desligar todos os equipamentos eletrônicos durante a decolagem e a aterrissagem, que seria um momento perfeito para você ler sua revista favorita no iPad, ver um vídeo ou dar uma jogadinha para distrair da tensão do momento. Mesmo não acontecendo NADA se você deixá-lo ligado, a ANAC e outras agências ao redor do mundo obrigam todos os aviões a respeitarem esta norma.

Nos Estados Unidos, a coisa está mudando. A FAA (Federal Aviations Administration) irá permitir que você use seu iPad (em modo avião), seu laptop ou qualquer eletrônico durante pousos e decolagens. iPhones e telefones celulares ainda não poderão ser usados.

A nova norma valerá para os passageiros, visto que os pilotos já possuem esta autorização há algum tempo.

Provavelmente a liberação vai acontecer até o final deste ano, somente para companhias aéreas americanas. No Brasil ainda dependeremos de uma decisão semelhante por parte da ANAC, mas é bem provável que ela seja influenciada pela decisão americana e também tenhamos, em um futuro distante, o direito de ler nossa revistinha digital durante a decolagem.

Esperemos que não demore muito.

via The New York Times

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • alexis

    nunca entendi o motivo de termos um modo aviao se a porcaria da aeromossa surta se vc nao desliga o aparelho, nao importa o quanto vc fale que esta em modo aviao…

    parece q vc eh um terrorista com uma bomba.

    • DanielBG

      Com essa foto parece que é terrorista msm!

      Mas é norma de segurança,tem q ser seguida

    • Rui Teixeira

      Alexis, com essa foto se não é, pelo menos parece. 😀
      eheheheh
      Brincadeira.

      Abraço

      • alexis

        realmente ! hauahuauaa

        O Gravatar pega a imagem que uso no forum do CS, ai joga a foto aqui, pois ela esta associada ao e-mail…

        Eu nem me ligo mais nela, mas ri alto aqui …

    • mark

      eu fui comissario por 15 anos e minha esposa e comissaria ate hoje, e se voce se refere a profissionais que cumprem a lei e seu dever de manter a cabine segura para o pouso voce nao deveria andar de aviao e sim de jegue, pois existem inumeros dispositivos que usam frequencia de celular para usar o 3g, e hojem em dia qualquer um tem esse dispositivo inclusive os que nao conhecem normas e nao igam para a lei, como voce, agora imagina um airbus com 200 ipads ligados em conexao 3g num momento crucial que e o pouso, se ate hoje nao foi provado que nao interfere, tb nao e provado que interfere, se voce fala uma coisas dessas como vou fiscalizar se seu ipad esta mesmo em modo aviao??
      eu nao confiaria, vc confiaria???
      entao como nao se tem nada provado, o melhor e nao arriscar, ate que se provem que realmente e seguro
      enquanto nao pode vai de busao, de jegue, que eu acho que e o transporte mais apropriado pra quem fala isso de profissionais serios trabalhando cumprindo a lei e cuidando da seguranca ate mesmo de quem nao merece

      • alexis

        pela forma que vose se exalta e leva as coisas como pessoal eu devo ter conhecido sua esposa, e por este motivo tenho uma imprecao ruim… kkk

        • Overlord

          Não sei qual foi o pior comentário… mas logo, logo acho que o iLex dá um jeitinho nisto.

          • Fábio Fonseca

            e eu não sei se o pior foi o comentário ou “dialeto” em que foi escrito

        • Andi Pope

          Alexis. Não tem nenhum aplicativo do tipo “forca” ai no seu ipad.

          No seu caso acho que vc deveria ter permissão especial para fazer palavras cruzadas no seu ipad inclusive na decolagem e no pouso.

          Aeromossa, imprecao, vose ?

          Isto doi…

      • karlitos

        mark, concordo com vc e conpreendo o tom exaltado frente à “associação de letras” do alexis. A ignorância (sentido literal: falta de conhecimento) é um grande problema nos dias de hoje. Mas o que esperar de quem nem sabe escrever? Acha que passa pela cabeça que de um ser desses o significado da palavra segurança? Quanto mais a comprensão de interferência de ondas eletro-magnéticas!

        • karlitos

          * compreendo

    • Limãozinho

      A “aeromossa” também riu alto. kkkk

      • Daniel

        Kkkkkkkkkk

    • Puding

      1 pessoa beleza. Ja fui com celular ate a europa ligado sem querer, e estou vivo. Agora imagina se 300 pessoas decidem fazer o mesmo. Antenas de celular em alta quantidade interferem sim, na comunicação. Normas são normas, para que dar uma de brasileiro malandrão? É so desligar por 10 minutos e pronto, não precisa fazer escandalo pra isso.

      • McKoe

        Vejo vários problemas…

        Muitos não desligam ou colocam o celular em modo avião. O que é proibido? Proibido é mexer no celular durante pousos e decolagens. É isto o que diz a “norma”? Se estou mexendo no meu celular, em modo avião, sou orientado a desligá-lo. O que muda? Ele já está em modo avião, estou tendo a melhor atitude, mas não, sou obrigado a parar de mexer nele. Enquanto isso, vários celulares estão ligados, sem modo avião, nos bolsos e bolsas de vários passageiros e isto tranquiliza todos. Isto não é verificado, e os aparelhos estão lá, transmitindo RF, tentando comunicar com as ERBs próximas.

        – Sr, está em modo avião?
        – Sim!
        – Ótimo, boa viagem.

    • George

      “aeromossa” doeu….

  • Fabio Amaral

    Se para os pilotos esta liberado a tempos o natural seria que liberassem para os passageiros, mas o que me intriga é… será que as pessoas irão respeitar a orientação e realmente deixar o aparelho em modo avião?

    Necessariamente no que interfere o sinal de operadoras de celulares? Na comunicação entre piloto e torre? Na aparelhagem do avião? Em algum outro dispositivo?

    Ficam as perguntas no ar para os astros…

    • Danilo

      Creio se sejam as outras possiveis interferencias que pode ter com o celular… (Não quando falamos de iphone) mas imagine os vários celulares ching lings mal projetados..

    • Alex

      os momentos mais críticos numa viagem de avião, em função de segurança, são o pouso e a decolagem.
      então na verdade o fato de estar com o equipamento desligado é para que você preste atenção nos procedimentos de segurança.

      por que as luzes da cabine são apagadas no pouso e decolagem ?
      por que você tem que colocar a poltrona na posicao horizontal no pouso e na decolagem ?

      porque num eventual acidente, numa necessidade de evacuação rápida, fica mais fácil você se localizar seguindo a luz e se mexer sem a poltrona da frente travar a sua perna.

      não tem relação nenhuma com interferência de sinal, é só para disciplinar e organizar os passageiros.

      • ALX

        Alex, muito importante o q vc colocou aki, e estes são os principais argumentos msm, pois todos devem estar atentos aos procedimentos no pouso e decolagem. O fato de afetar ou não, é mais uma precaução, mas é difícil fazer alguns entenderem q as coisas são feitas para o bem da coletividade e não tem o intiuto de prejudicar ninguém!

  • Marcelo

    Realmente já passou da hora. Em pouco tempo vão acabar liberando o celular também, pois nunca foi provado que isso afeta o funcionamento do avião.

    • Leandro

      Aparelhos eletrônicos afetam aparelhos simples, quando estão próximos a ele… A bússola por exemplo, coloque um iPad do lado e veja como ele muda de direção! Mas aviões de grande porte tem mil equipamentos que levam ate o destino correto. Essa parada de mandar passageiros desligarem seus aparelhos é apenas uma precaução!

  • Claudio Castro

    Laptop não acredito, visto q ele é utilizado na bandeja, ou no máximo no colo, o que, pelas medidas de segurança, não é permitido durante o pouso ou decolagem.
    Não por interferir nos equipamentos, mas por se tornar perigoso ou até mortal ao passageiro em caso de alguma manobra brusca..

    • Tiago Garcias

      Uma vez voltando de Portugal, na decolagem liguei meu not novinho, e ele simplesmente deu pau, cheio de interferência( pelo avião) desliguei rapidamente, deu uma medo de causar um acidente ou coisa do tipo, mas dps de 2hrs liguei novamente e ele funcionou normal. Então TEM SIM INTERFERÊNCIA NO SINAL.

  • Tekiatu

    Galera desculpem a ignorância, mas lá vai minha pergunta idiota.

    O iPad não pode ser usado durante um vôo? ou não pode somente na decolagem e aterrissagem?!

    • alexis

      não pode somente na decolagem e aterrissagem

  • Pedro Fraiman

    A FAA possui, normalmente, decisões sensatas, porém essa não foi…
    Desde já, sou contra a liberação do uso de eletrônicos em pousos e decolagens, mesmo em modo avião. A questão, no caso, não é a interferência nos instrumentos embarcados – visto que em modo avião, não há conexão com a rede, até onde eu sei. Essas situações, como qualquer pessoa que entenda uma merreca de aviação sabe, são momentos críticos do voo e necessitam de uma atenção máxima por parte de tripulação e até dos passageiros. Ao liberar a utilização de eletrônicos, normalmente, há um aumento da distração do passageiro durante essas etapas e, consequentemente, um retardo na reação para iniciar um procedimento de emergência, por exemplo, uma evacuação da aeronave. Vocês podem dizer que seriam apenas segundos de atraso, no entanto, esses segundos podem ser preciosos….

    • George

      Concordo com vc Pedro… A medida nao se refere à não interferência nos instrumentos embarcados e sim a procedimentos de segurança que podem ser comprometidos…

      Perfeito seu comentário!

    • MGil

      Nesse caso deveria também ser proibida a leitura de revistas e jornais em pousos e decolagens, fato que não ocorre. Não acredito que ler no iPad causaria uma distração maior.

  • Luiz Guilherme

    “Mesmo não acontecendo NADA se você deixá-lo liDAdo”, acho que você quis dizer ligado. 😉

  • Glauber

    Fiz uma viagem esse FDS de SP à Salvador pela Avianca (gostei muito por sinal) e o aviso na tela de entretenimento que fica na poltrona pediu para manter os equipamentos eletrônicos desligados não só no pouso e decolagem mas durante toda a viagem e ainda citam mesmo dispositivos móveis que possuem modo avião deverão permanecer desligados! (tanto na ida quanto na volta)
    Não entendi o porque, mas obedeci, afinal se a bosta cai já viu né. rs
    Outra coisa que já percebi por um descuido (o cel não desligou) é que não havia nenhum sinal 3g nem telefonia (parece obvio à 10000 metros de altura), sendo assim realmente não entendi o que interfere.

  • Cleberson Pertile

    Faço curso de pilotagem de avião, conheço pilotos de avião (brasileiros e americanos), pilotos amadores e profissionais, conheço engenheiros aeronáuticos, enfim, sei do que estou falando:

    É IMPOSSÍVEL um dispositivo eletrônico derrubar um avião. Simplesmente NÃO acontece. Primeiro porque TODOS os dispositivos trabalham em caráter secundário (não conseguem efetuar interferência, mas podem receber interferência), e além de os equipamentos de um avião comercial trabalharem em caráter primário, todos os sistemas são redundantes e tem bloqueio de interferência. Vocês acham mesmo que a Boeing, por exemplo, ia gastar DÉCADAS planejando uma aeronave que não consegue se proteger de um mísero celular?
    Não importa se existem celulares ligados ou não dentro de uma aeronave, ela está atravessando DIVERSOS tipos de sinais da mesma forma. Igual a gente. Não precisamos estar com o celular ligado dentro do bolso pra que os sinais de operadoras atravessem a gente a todo momento. Não precisamos ligar o computador pro sinal WiFi atravessar a gente. Não precisamos ligar a TV pro sinal atravessar a gente. Todos esses sinais JÁ ESTÃO atravessando os mecanismos, a única diferença é que um dispositivo ligado intercepta e recebe esses sinais.

    Segundo ponto: os equipamentos das aeronaves, como já citei, operam em caráter primário: se eles detectarem algum sinal tentando atrapalhar seu funcionamento, eles geram interferência destrutiva na banda desse sinal. Então, o máximo que pode acontecer, é o SEU celular parar de funcionar e perder o sinal, não o avião ficar sem instrumentos. Mas isso nunca acontece porque as frequências utilizadas pelos equipamentos não têm nada a ver com as frequências de sinais de celular.

    Terceiro ponto: se fosse tão fácil assim derrubar um avião, era só despachar uma mala com 100 xing-lings (já que a Anatel adora dizer que eles são “perigosos”) ligados e pronto, na hora que o avião for pousar é só pegar seus 100 capangas e mandar eles ligarem pros 100 xing-lings ao mesmo tempo. Gente, presta atenção: se fosse assim tão fácil, alguém já tinha feito. A Coreia do Norte já tinha derrubado um avião usando celular.

    Pegue qualquer aviãozinho besta, um Piper, um Cessna 172, e faça o que quiser com seu celular, acesse 3G, faça uma ligação, não vai ter UM mísero instrumento que vai sofrer interferência.

    “Então qual a função dessa proibição?”
    Puramente emocional. Você acha que um tumulto generalizado de 600 pessoas no meio de um pouso de um 747-400 não ia causar desequilíbrios terríveis na aeronave? O CG de uma aeronave é algo extremamente importante e delicado.
    Desde que saiu esse rumor que “celular derruba avião”, as companhias aéreas proibiram rapidamente, pois não dá pra deixar margem pra toneladas de peso se reovltando descontroladamente dentro de uma aeronave num momento milimetricamente delicado como um pouso. É um placebo pro povo ficar quieto.

    • Christian

      Esclarecimento perfeito, com embasamento técnico e sem influências de ordem emocional. Parabéns 🙂

    • Eduardo Jordão

      Parabéns pela “aula” na explicação! Nada como poder ampliar nosso conhecimento sobre as coisas, baseado em quem conhece, e não em quem dá palpite a esmo e ainda critica as leis e as pessoas que as pregam e/ou as obedecem… infelizmente o Brasil é um país onde respeitar as regras e as leis é cafona! É o país dos malandros!

    • Fabio Amaral

      Excelente resposta eu mesmo nunca tinha compreendido o pq e agora com sua explicação e conhecimento de causa fico inteirado sobre o assunto.

    • SamuEX

      Ciência 1 X 0 Boatos

      E segue o jogo!!

    • thiago

      parabéns pela explicação! curti bastante!

      acho que até as “aeromossas” sabem disso! hahah

      como não sabia, uma vez cheguei a bater boca com um passageiro que não desligava o celular, e quando a “aeromossa” passava ele escondia embaixo da perna. tipo criança. ai gritei com ele kkkk

    • Marck

      Nobre comandante brilhante sua explicação, mas seus colegas também falam completamente o oposto
      faz o seguinte digita no google sobre celular interferindo em comandos da aeronautica e voce vai encontrar inúmeras controvérsias:
      como a que se segue abaixo, a questão e em quem confiar???
      no meu ver com 15 anos tripulando uma aeronave o melhor e se proibir ate os Srs comandantes entrarem num consenso, pois na aviação, eu ja voei com Cmte que diz o que voce disse e que diz o que o estudo abaixo fala, ou seja, voes se contradizem, na duvida melhor desligar, prefiro a prudência!!!!, afinal de contas nao custa nada desligar 10 min antes do pouso ou ligar 10 min apos a decolagem pois o Sr realmente sabe que esses sao os momentos cruciais do voo
      nao acho que seja de interesse da aeronautica ou das cias aereas criar uma norma chula sem nexo
      ou seja, seguranca em primeiro ligar, nao concorda?
      segue o estudo:
      Um Celular Pode Derrubar Um Avião Segundo Estudo
      Postado em CIENCIA – Por Notícia Diaria On sexta-feira, junho 10th, 2011 Com 0 Comments

      Um estudo confidencial da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, na sigla em inglês) vazado nesta sexta-feira revelou que somente um telefone móvel ou dispositivo eletrônico ligado durante um vôo pode desligar o sistema de um avião. Um BlackBerry ou iPad podem desvirtuar o piloto automático e acender luzes de alerta, revelam testes.

      Os instrumentos que guiam os pilotos durante mau tempo podem também ser afetados por sinais elétricos de tablets, laptops ou smartphones com pontenciais situações catastróficas. O estudo ainda diz que nos últimos seis anos aconteceram 75 incidentes separados que envolveram dispositivos eletrônicos em aviões e causaram grande preocupação. Com isso, a IATA está apelando acada vez mais para que os passageiros parem de ignorar os alertas para desligar aparelhos.

      Uma reportagem da rede de televisão ABC News, dos Estados Unidos, revelou que pelo menos uma vez um celular provocou alerta de falhas no motor de um avião, e pelo menos 15 vezes o sistema dos aviões foram interrompidos nos últimos seis anos por conta de um aparelho eletrônico.

      Dave Carson, conselheiro de segurança da Boeing, afirmou ao Daily Mail que celulares e outros dispositivos ligados em um vôo podem causar problemas grandes para os pilotos. “O sinal pode sair do ar e você perde todas as indicações e direções”, explicou Carson.

      Questionado se um celular pode causar muitos grandes danos, ele resumiu: “Se ele estiver no lugar certo e na hora certa, sim”, resumiu.

      Fonte:Daily Mail.

  • Thales Costa

    o tenso é como saber se realmente estará ou não no modo avião!

  • Dorgival

    Existem comentários que deveriam ser evitados. Os ignorantes egoístas que só pensam na conveniência de seus próprios hábitos, deveriam aprender com as leis e disciplinas sociais ao inveis de expressar asneiras, contudo sobre segurança da aviação.
    O aeronauta, em particular, os tripulantes zelam pela prevenção de acidentes.

    **** A porcaria da aeromossa? Citado acima ^ é um desrespeito.
    Além da ignorância sobre segurança de voo, também é ignorante na língua portuguesa.

    • Eduardo Jordão

      Dorgival, assino embaixo de cada palavra dita no seu post. É disso que o Brasil precisa, de pessoas que busquem respeitar e entender as leis. Se elas existem é por algum motivo, e para o bem coletivo. O brasileiro é um dos povos mais egoístas que já tive oportunidade de conhecer, só pensa no próprio focinho! Você disse bem “na conveniência dos seus próprios hábitos”. É isso mesmo!!! Agora é engraçado que estes mesmos brasileiros quando vão para “fora” (pros EUA por exemplo), aí lá respeitam tudo, porque sabem que a lei funciona e pune adequadamente quem ousa não respeitá-la. Nesse aspecto tiro o chapéu pros americanos, e pelo que vimos aqui, “NUNCA SEREMOS”!!!! Esse povinho tem muito o que aprender para sermos um país de primeiro mundo! Educação é a base de tudo, e não aquela educação que recebemos na escola, mas a que vem de casa!!!! Essa ninguém consegue comprar!!!! Um abraço!

  • Issacar

    Eu acho que esse procedimento de não poder usar qualquer tipo de aparelhos eletrônicos durante decolagem e pouso não leva em consideração se estão transmitindo ondas de rádio ou qualquer coisa, e sim diz respeito à atenção do passageiro nesse momento. Esses 2 momentos, decolagem e pouso, são críticos durante o vôo e os passageiros precisam estar atentos para casos de emergência. Acho que é isso…

    • Alex

      exatamente !

    • MGil

      Eu concordo até certo ponto mas, como comentei anteriormente, nesse caso deveria também ser proibida a leitura de revistas e jornais em pousos e decolagens, fato que não ocorre. Não acredito que ler no iPad causaria uma distração maior, inclusive atrapalharia menos que um jornal aberto em uma situação de emergência, além de ser menos inflamável.

  • Walkiria

    Tenho iphone 5 e ipad … adoro meus aparelhos . Porém fico muito desconfortável quando no avião vejo pessoas que são incapazes de “desligar ” realmente esse aparelhos para se ter um vôo mais seguro . Diminuir possíveis riscos é sempre melhor . Não consigo entender essa dependência . ……

    • Fabio Amaral

      Com todo respeito mas pelo que já foi informado acima este risco não existe ele é zero… do contrario quando vc viu a primeira pessoa usando o celular o avião teria caído e vc não estaria aqui para fazer o seu post…

    • Lion

      Nada pior do que alguém do seu lado, escondendo da aeromoça o celular ligado. Dia desses quase “dedurei” uma menina num voo Rio/SP, a peste não parava de escrever, e eu agoniada… rs
      Morro de medo de voar e sigo à risca todas as regras pra um voo seguro rs

      • Alice Sofie

        Lion, concordo com você, afinal, normas são normas, mesmo que você saiba que o risco é igual a 0, devemos respeitá-las.

  • Eduardo

    So uma duvida… Alguem desliga o celular quando esta abastecendo o carro?
    Agora ca entre nos, nao precisa ter um celular ligado para que a antena deixe de mandar sinal…
    Mas em terras tupiniquins, o gerson fala mais alto….