Rumores

E já começam os rumores para o iPhone 5S…

Virou palhaçada. O iPhone 5 nem foi lançado ainda no Brasil e já começam rumores sobre um possível lançamento de um novo modelo (o iPhone 5S) em junho do ano que vem.

Nos tempos de Steve Jobs, faríamos um artigo falando do quão absurdo seria um rumor assim. Mas com as últimas atitudes da Apple e o fácil vazamento dos rumores que se viu este ano, infelizmente tudo isto pode ser verdade.

Os rumores para um provável iPhone 5S indicam que o aparelho traria tudo o que vergonhosamente faltou no iPhone 5: tecnologia NFC, tela com maior definição “super HD”, câmera melhor e uma melhor bateria.

Não tem como não considerar uma regressão por parte da Apple. Diminuir drasticamente a distância entre as gerações dos seus produtos (imitando um dos piores defeitos da concorrência) é um suicídio mercadológico, o fim de uma estratégia que por anos deu certo. Lançar produtos mais frequentemente, com meias-novidades, no lugar de esperar e lançar tudo de uma vez só, é algo que frustra muito o consumidor.

Quando a Apple lançou o iPad 4, sete meses depois do iPad 3, alguns leitores argumentaram que quem reclamava queria impedir o avanço da tecnologia. Mas não é bem assim. O que acontece agora é que o consumidor fica receoso em investir tanto dinheiro em um produto que, daqui seis meses, poderá receber melhorias legais. E para usuários do Brasil, então, nem se fala, principalmente se os rumores acontecem antes do lançamento oficial no país do produto anterior.

Muitos argumentam que é quase impossível hoje em dia segurar as informações com tantos fornecedores diferentes espalhados pelo mundo. Mas no tempo de Jobs, tinha o mesmo número de fornecedores e eu via muito mais controle de informação: se via operário da Foxconn sendo preso por vazamento de informações e até polícia invadindo casa de blogueiro. Claro que estes são extremos, mas era a ponta do iceberg que mostrava que o controle pelo segredo era muito mais rígido que é hoje. Cook não quer ser tão paranóico quanto Jobs, mas pode pagar um preço caro por isso.

Eu torço, com fé, de que este seja apenas um rumor infundado e a Apple não lance outro iPhone antes de setembro de 2013. Porque senão, ficará realmente difícil ficarmos atualizados com seus produtos. Ainda mais com os preços que são praticados no Brasil.

via BGR

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados