Notícias

Primeiros reviews do iPad mini são positivos

Alguns jornalistas americanos tiveram a oportunidade de testar em primeira mão o novo iPad mini (que será oficialmente lançado nos EUA nesta sexta, dia 2), e hoje foram autorizados a publicar suas primeiras impressões. Confira alguns trechos:

Walt Mossberg, do Wall Street Journal: “Testei o iPad mini por vários dias e achei que ele faz exatamente o que promete. Ele traz a experiência do iPad em um dispositivo menor. Todos os aplicativos que eu uso no meu iPad maior funcionaram perfeitamente no mini. Consegui usá-lo com uma mão e segurá-lo por longos períodos de tempo sem me cansar. Minha únicas reclamações são que que ele é um pouco grande demais para caber na maioria dos meus bolsos, e a resolução da tela é um grande passo para trás em relação à tela Retina do iPad maior.

David Pogue, do New York Times: “O golpe de mestre da Apple foi manter o mesmo formato da tela e resolução que o iPad 2 (1.024 x 768 pixels). Como resultado, o mini pode executar todos os 275 mil aplicativos do iPad existentes sem modificações, além de mais 500.000 aplicativos para iPhone. O texto e os gráficos são um pouco menores, mas é perfeitamente utilizável. Acima de tudo, o mini dá a você todas as vantagens do iPad em um tamanho mais prático, e isto é incrível. O mini é o que o iPad sempre quis ser.

Harry McCracken, da TIME: “Pensando em retrospectiva, não é nem um pouco surpreendente que a Apple optou por não competir diretamente os tablets de 7 polegadas custando US$199. Eles estão todos vestidos em caixas de plástico, e seu preço de fabricação ficam no ponto de equilíbrio [custo / preço de venda] — ou talvez até um pouco abaixo — na esperança de virar um lucro futuro com as vendas de livros, vídeos, aplicativos e outros conteúdos {NdE: a Amazon faz muito isso, tem prejuízo na venda para ganhar em conteúdo}. A Apple, por outro lado, tem uma aversão ao plástico; quase todos os gadgets que faz tem um casco de alumínio unibody. Esteticamente, os tablets de 7″ são bons SE considerarmos o seu preço. O mini é bom, ponto.

Joshua Topolsky, The Verge: “Momentos depois da apresentação do iPad mini no evento da Apple em San Jose, eu apressadamente escrevi que ele faria os outros tablets dessa categoria se sentirem como brinquedos. Talvez eu tenha exagerado um pouco levado pela emoção do momento, mas vou dizer que não há um único produto no mercado de tablets de 7 polegadas que se aproxime do visual, da sensação ou da qualidade de construção do novo iPad. Ele é absolutamente lindo de ver, e na mão tem a solidez reconfortante de um produto que foi construído para durar. Se o iPhone 5 é um produto de joalheria, o mini iPad é como um relógio solidamente feito.

John Gruber, Daring Fireball: “❛Uau, parece um Kindle. Mas… a tela é terrível.Essa foi a reação inicial da minha esposa quando eu lhe entreguei o iPad mini para ver o que ela, uma ávida utilizadora diária de um iPad 3, acharia. Sua reação inicial combina exatamente com a minha, e sintetiza perfeitamente a experiência. O iPad mini não é um dispositivo que necessite gastar muito tempo para entender. Minha reação imediata da semana passada permanece inalterada após uma semana de uso diário“.

MG Siegler, do TechCrunch. “Se houver uma fraqueza deste dispositivo, ela será a tela. Mas essa afirmação vem com um asterisco muito grande. Para alguém como eu que usa a tela Retina no celular, no tablet e no computador, o downgrade para uma tela não-Retina é bastante perceptível. Esta impressão desaparece ao longo do tempo conforme você usa o iPad mini continuamente. Mas ao voltar para uma tela Retina , há um choque.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados