Rumores

[opinião] iPad mini: a Apple não sabe mais guardar segredos

Havia uma época que a Apple era considerada a empresa que mais bem guardava seus segredos industriais antes dos lançamentos, o que gerou todo um “mercado” de rumores e boatos. Aliás, boatos muitas vezes infundados, como o iPhone mini ou peças falsas, que no fim nunca se concretizavam. Isso fazia com que as apresentações dos lançamentos tivesse sempre muitas surpresas e emoções.

Mas este ano, todos ficamos sabendo das características do novo iPhone 5 já em maio, e o suposto iPad mini parece estar seguindo o mesmo caminho.

Eu fui um dos que sempre duvidou do lançamento de um segundo iPad em um único ano. Isso nunca foi do estilo da Apple, pois presume-se que os usuários que acabaram de comprar o novo iPad ficariam bem chateados de saber que, em um período de 7 meses, outro modelo mais novo seria lançado. É como se seu novíssimo aparelho recém comprado se tornasse defasado da noite para o dia. Seria mais lógico lançar o produto com outro nome (como um iPod touch maior), para ninguém se sentir enganado. Sim, é psicológico, mas psicologia em marketing é muito importante para o sucesso de um produto.

Mas houve um momento em que comecei a acreditar que todos os boatos do iPad mini poderiam ter um fundo de verdade: foi na apresentação dos novos iPods touch.

O novo layout dos novos iPods possui o mesmo formato arredondado dos protótipos dos supostos iPads mini divulgados há meses. Coincidência?

A Apple mudou muito no que se refere a preservar seus segredos. Depois do que aconteceu com o iPhone 5, em que todos os detalhes foram divulgados na internet há meses, os rumores passam a ganhar um peso que, nos anos anteriores, não possuíam. E em um mundo onde isso ocorre, tudo pode acontecer.


Imagem não real, feita por computador


Imagem não real, feita por computador

Com isso, é bem possível que seja verdade a notícia que a Apple fará um outro evento especial agora em outubro, para apresentar o novo aparelho.

O Wall Street Journal está até noticiando que a Apple já teria ordenado de 8 a 10 milhões de unidades para este ano, visando o período de natal. Há inclusive quem diga que o mini iPad será produzido também na fábrica brasileira, em Jundiaí.

Tem sentido um iPad menor de 7 polegadas? Não sei, provavelmente há público para isso. Mas fica a impressão que a Apple, pela primeira vez, estará “seguindo a tendência dos concorrentes“, ao invés de ditar a evolução no mercado de tablets, como sempre fez.

Seria isso um bom ou um mau sinal?

Tags

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

Back to top button
Close