Apple

Há um ano, Steve Jobs renunciava ao posto de CEO da Apple

Eu sempre disse que se chegasse o dia em que eu não pudesse mais cumprir meus deveres e expectativas como CEO da Apple, eu seria o primeiro a informar vocês. Infelizmente, esse dia chegou.

Foi assim que Jobs iniciou sua carta de demissão da Apple, entregue no dia 24 de agosto de 2011. De lá para cá, a Apple continuou crescendo e lançando novos produtos, se tornando a empresa mais valiosa do mundo.

Observando os comentários dos leitores aquele dia, muitos acreditavam que era o fim da Apple, o início da derrocada. De fato, era um forte sinal que a saúde de Steve não estava nada boa, mas a empresa deu alguns bons passos com o comando do sucessor Tim Cook.

O ano de 2012 foi “o ano da tela Retina”: o iPad finalmente ganhou uma, assim como os MacBooks Pro. De resto, eles tiveram apenas melhorias técnicas internas: melhor processador, mais velocidade. Na parte criativa, poucas novidades.

Aliás, esta é uma grande diferença entre Jobs e Cook: um é criativo, outro é administrador. De um ano para cá, vimos a empresa evoluir administrativamente, começando a pagar dividendos aos acionistas, brigando por melhores condições de trabalho nas fábricas da China e premiando mais os seus funcionários. Também procurou ser mais aberta, publicando pela primeira vez um elenco com todos os fornecedores com quem trabalha e exigindo deles responsabilidades tanto no setor trabalhista quanto no impacto ambiental.

Mas na parte criativa (a que todos mais gostavam), ela ainda não mostrou ser forte neste último ano. O novo iPad trouxe, como única grande novidade, a tela Retina de maior resolução. A prévia do iOS 6 também não está empolgando muito os usuários, sendo considerado como “o iOS mais sem sal” lançado até então. Evoluções bem legais, é verdade, mas faltam aquelas funções adicionais que nos faziam querer demais atualizar o sistema.

Com o novo iPhone (a ser lançado nas próximas semanas), a Apple terá que provar que continua criativa sem Jobs. Provavelmente este foi o último iPhone na qual ele ainda deu palpites, mas as peças vazadas dão a entender que a revolução dará lugar à mudanças que nem todo mundo ainda entendeu. Será que teremos um aparelho com evoluções apenas técnicas, sem a criatividade que sempre marcou a empresa?

Um ano sem Jobs não foi tão catastrófico quando muitos pensaram. Mas a longo prazo, como será?
Só o tempo dirá.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Alex Retamero

    E estamos sentindo falta dele!! Ele era incrível de verdade. Mas acredito que a Apple continuará a crescer a cada dia. Não vivemos mais como antigamente onde a Apple não era muito conhecida, está muito popular, não é mais difícil encontrar um iPhone pela rua. Enfim, Apple…sorte de quem tem!

  • Alexandre Pinheiro Jensen

    Acredito que Jobs deixou algumas boas cartas na manga da Apple para os próximos anos…

    Sentimos falta já do personagem Jobs e de suas keynotes mas, na industria eletrônica, Jobs fará falta daqui a alguns anos…

  • JOAO ROBERTO MARTINS

    Vida longa Apple

  • Junior Silva

    Eu acho que as grandes inovações vem de produtos totalmente novos, ou mudança de conceito como aconteceu com o celular e o tablet, já existiam, mas a Apple mudou completamente o seu significado. Eu penso que no celular e no tablet não há muito o que ser criado daqui para frente que seja tão inovador, tão único. Mas penso que a Apple deve estar pensando em outros produtos como TV e outros que vai revolucionar da forma como vimos hoje. Infelizmente a morte do Steve Jobs nos deu a sensação de falta de criação, vamos ver no próximo ano, este ano ainda tem dedo e ideias do Steve Jobs.

  • Aislan

    Saudades de uma mente que não parava, sempre em busca do novo revolucionário…

    Aislan

  • Felipe

    Esse iOS não vai ter o campo de distorção da realidade do Steve Jobs.

    Pra mim o iOS 5 e o iPhone 4S sim foram os mais fracos, tirando a Siri(que é um Beta ainda) não tem nada que me empolgasse

    • Já para mim o iOS 5 foi fantástico.

      • Luan Carlos

        Já para mim sem sombrw de dúvida foi o iOS 4.

        • Danilo Longhin

          O iOS 4 deu um grande salto em sua parte gráfica!!! Foi ótimo!!!

  • Duvido muito Jobs não ter deixado muito ensino ao Tim Cook, caso contrario o Jobs nunca deixaria o Cook assumir. Então aposto muito nele

  • Renato Maisano

    Ótimo texto!

  • Herique Muringa

    Como disseram na época da sua morte. “Goodbye Steve, closest thing we had to Tony Stark”…

  • Francis

    Penso que a parte criativa morreu com ele.!!

  • Juliano

    Excelente texto.
    Tenho discutido exatamente isso com alguns amigos ultimamente e, como vc mesmo disse, “a Apple terá que provar que continua criativa sem Jobs.”

  • Kaaká

    Um MITO!

  • RAVAGNANI

    Um marco mesmo, gostaria de saber o que os críticos do iOS sentem falta no sistema hoje, eu não sinto falta de nada, ele é extremamente completo e estável e acho que atualizações não vem com tantas novidades porque não tem mais o que ser feito no sistema.

    • Luís M.

      Acredito que ainda tem coisas que podem ser feitas.
      Não se quais, mas o Steve deveria saber ou descobrir, inventar, melhorar…

    • André Pelegrini

      Melhor sistema operacional disparado, mas há seus poréns:

      1 – Comandos ativar/desativar wi-fi/3G poderiam estar mais à mão, na central de notificações por exemplo (já que o seu cabeçalho é uma repetição do topo com informações do status do aparelho)

      2 – Falta de integração dos lembretes com os mapas.

      3 – Impossibilidade de selecionar vários álbuns no música a fim de exclui-los.

      4 – Falta de opção no reforço de senha prevenindo desligamento do aparelho de forma intencional. (poderia permitir eu optar por exigir a senha para desligar o aparelho)

      5 – Agendamento de horários pre-definidos para recebimento de notificações de apps.

      Bem, são alterações de miudezas, porém a empresa que demonstra um zelo tão grande até com o esmaecimento do ícone de modo “não perturbe” e outras animações do tipo “modo avião” não demonstra, ao menos pra mim, entraves para pelo menos pensar nessas alterações.

      • Fabio

        Assino em baixo.

  • Algus Helm

    Continuo dizendo: a Apple é maior que Steve Jobs.

    • JanjaBoy

      [2]

      • Nina

        [3]

        • Andre Rangel

          [4]

    • Thiago Viana

      Os caras que quase a faliram e recontrataram o Steve Jobs também pensavam assim. =)

  • Saulo Amaral

    É uma pena, Steve Jobs, foi um grande marco, na história de vida da Apple, mais a vida continua! Parabéns…Apple!, e Tim Cook!

  • Mario Ueno

    Triste realidade!
    A criatividade e inovação de Jobs eram ímpares!!!

  • paulo

    Um ano sem Jobs não foi tão catastrófico quando muitos pensaram. Mas a longo prazo, como será?
    Só o tempo dirá. tá ai a minha opinião!!

    • Marcello Q

      Ou seja.. Ctrl C… Ctrl V… rs

      • Fernando Augusto

        Realmente um homem de opinião!

        • Sérgio Gonçalves Pereira Couto

          Hahahaha! Muito boa.

  • Vinicius

    “Aliás, esta é uma grande diferença entre Jobs e Cook: um é criativo, outro é administrador.”

    Talvez a resposta do iPhone com tela maior é essa.

  • Igor

    Ter um gps nativo no Iphone e no Ipad, acham isso sem sal?
    Para mim será um IOS digno de Steve.

    Na minha humilde opinião acho que a mão de Steve ainda está nos novos produtos mais do que a maioria pensa e com certeza ele(Steve) deixou umas “dicas” de oque e como lançar novos gadgets para o prodígio Cook.

    Estou otimista quanto o futuro da Apple.

    • Ariel M.

      tb concordo, to louco pra baixar o novo ios, o problema é que mts novidades não tiveram a real atenção, por exemplo, a repaginada grafica do ios não foi dita, o pass book tb é revolucionário, porém só terá real sentido com um nfc q provavelmente ira vir com o novo iphone, uma leve reorganização das notificações e entre outras pequenas mudanças que só com o uso iremos descobrir, e também é questão de estratégia, pois um ano o ios não é tão fantastico e tem um novo iphone super legal e no outro o ios fica fantastico e o iphone sem sal….

  • SamuEX

    Mas o Tio Jobs nao tinha deixado produtos ou ideias para 5 ou 10 anos?
    Eu acredito em algumas coisas:

    1) Nao, o Tim Cook não tem potencial criativo nenhum, mas como Administrador é “o cara”;
    2) Sim, o Jonathan Ive herdou muito da sensibilidade e Criatividade do Jobs;
    3) Sim, o Jobs deixou material e portanto cartas na manga da Apple antes de morrer. Aliás, eu acredito quase que cegamente nisto pois ele nao deu a vida dele para a Apple para morrer e saber que ela afundaria sem ele. Com certeza ele fez de tudo para garantir que ela continuaria sendo fortíssima sem ele.

    Juntanto tudo isso, acredito que a Apple vai continuar nos dando alegrias por um bom tempo!

  • Aldxandre

    Bem, olhando pelo lado da criatividade eu não vi muita coisa mesmo. Jobs tinha um modo de fazer totalmente diferente dos outros e isso nos vimos pelos produtos lançados. Mas uma coisa eu sei: este é o ano onde a Apple deve lançar alguma coisa revolucionária porque se o iphone vier somente com uma tela maior e o os6 não trouxer alguma novidade única será difícil competir. Veja uma pessoa deve fazer o jailbreak para fazer o iphone fazer coisas que qualquer Android faz e isso pra mim não é bom. Espero que alguma coisa realmente nova apareça.

  • lordtux

    Eu não concordo com isso. Que enorme inovação tecnica teve o iPhone 4 para o 4S? Tanto que na epoca do lançamento vi muita gente dizendo que não compensava comprar pra quem ja tinha o 4.
    A mesma coisa do iPad que a grande coisa mesmo foi a tela e claro que Jobs deve ter palpitado aos monte ai.
    Então o iPhone 5 nem me surpreende se não for muita coisa em relação ao 4S. Muita coisa também, em questão de inovação, ainda mais agora com outras empresas querendo copiar e ficar na cola da Apple, vai depender muito da tecnologia disponível no momento. Aquele rumor que dizia que iamos ter um iPad com feedback tatil seria uma grande salto comparado a concorrencia e acredito mesmo que isso ainda irá ocorrer.

  • copeta

    Volta Steve volta!

    • Como zumbi, você quer dizer??? o.O

      • George

        Ou reencarnado….Rsrsrs

    • João Pedro Vianini de Paula

      KKKKK

  • Roberto

    Pra quem leu a biografia do Steve, sabe do que estou falando: o cara era único! Para aparecer alguém próximo à ele, acho que só daqui a uns 100 anos! Decisões rápidas que só ele tinha; conseguir enxergar o que outros não viam, enfim, um gênio!
    Torço para o sucesso da Apple, mas na minha opinião, impossível dizer que ela será a mesma sem o Steve!

  • JanjaBoy

    Toda empresa de tecnologia trabalha com vários anos de pesquisa. Com Jobs ou não, tem muita coisa sendo “burilada” na Apple.
    Basta ver desde quando existia protótipo do iPad. Mas do mesmo jeito que a Apple hoje é a bambambam, outra pode tomar o lugar da Apple com Jobs ou não. Vamos lembrar quem era o Google?

  • Henrique

    Nossa gente, pra mim O iOS 5 foi muito mais sem
    Sal…a central de notificações foi a maior mudança e o resto nao afetou minha experiência.Isso aí e intriga de haters e da mídia.Já o iOS 6 vai trazer navegação, novos mapas, design…

  • Gilberto Marques

    Muitos falam (reclamam) em relação as inovações do iphone 4 para o 4s…e o iphone 3G pro 3GS foi esse mesmo alarde? Jobs era vivo na época!

  • Francisco Vorcaro

    O iOS é um sistema fantástico! Eu fui programador na plataforma Windows e posso dizer que tudo que a Apple faz é fenomenal.

    Pena que algumas atualizações de sistema fazem com que troquemos nossos aparelhos (que nem sempre perdem em hardware) como celulares e notebook’s comuns. Devemos ter consciência dos limites do tempo, mas aproveitar, dentro da dinâmica e do sistema que cada um tem, suas vantagens e desvantagens. 🙂

  • Parabéns pelo texto!
    Gostaria de ter noção do preco do próximo iPhone para me planejar, estou no Canadá e pretendo ir buscar o meu no primeiro dia.

  • George

    iLex, apenas você que redige os textos?
    Parabéns pela forma clara, objetiva, didática e emotiva de escrever…
    Sem bajulação, apenas sendo justo, sua forma de expor os conteúdos é um modelo perfeito pra mim de como TODOS os jornalistas deveriam se comportar e redigir…

  • Breno Giesen

    não sei porque
    caiu lagrimas dos meus olhos 🙁

  • Luiz Paulo

    Continuara a mesma coisa,os produtos sendo aguardados e fazendo o mesmo sucesso e no Brasil….ah no Brasil os preços continuaram la em cima!