Notícias

Segundo o presidente da HTC, iPhone é para ‘gente velha’

Sempre afirmamos aqui nossa opinião de que um dos problemas atuais do mercado é a cultura dos fabricantes de ‘tudo copiar da Apple’. Não porque “ela é genial e perfeita“, mas porque ficamos reféns de apenas uma única empresa, pois as outras deixam de inovar.

Hoje em dia não há muita inovação fora da Apple, e não estou dizendo isso por escrever em um blog sobre iPhone, mas por uma análise fria do que se vê por aí. Qualquer um que observar o mercado mobile (smarthpones e tablets) e até mesmo de computadores, verá que atualmente quem está guiando as evoluções tecnológicas é a Maçã. Você pode até ser fã do Android e ficar irritado com estas palavras, mas de fato não pode negar que o sistema do Google sofreu uma gigantesca influência do iOS.

Aí vemos dirigentes de empresas que, ao invés de inovar e buscar novas soluções, preferem criar um mundo fictício e desculpas para tentar convencer clientes. Como é o caso de Martin Fichter, presidente da fabricante HTC. Segundo ele, os jovens não acham mais que o iPhone seja “legal”, porque seus pais o usam.

Típica citação para ficar na história do iPhone, como aquela dita por Steve Ballmer quando riu do futuro do celular da Apple.

Eis suas palavras:

Fui levar minha filha para a faculdade e lá conversei com algumas ‘crianças’ (sic). Nenhuma delas tinha um iPhone e me disseram que era porque “Meu pai tem um iPhone”. Há coisas interessantes acontecendo no mercado. O iPhone está se tornando menos “legal” do que era antes. Eles estavam usando HTC, Samsungs e aparelhos fabricados na china. Se você olhar no resto do campus, MacBooks Air são “moda”, iPhones não mais. Nós aqui estamos usando iPhones (sic), mas nossos filhos já não o acham mais tão legal.

Engraçado que ele chegou a essa conclusão apenas perguntando a alguns poucos colegas de sua filha (que provavelmente sabiam quem ele era). Nem se questionou que o orçamento de um estudante é bem limitado (talvez por isso eles possuírem telefones mais baratos) e que os pais preferem investir em um MacBook do que em um iPhone para o filho que vai para a faculdade.

De duas uma: ou ele disse isso no desespero, tentando de alguma forma mudar a opinião pública, ou então (o que é bem pior) ele realmente acredita nesta ilusão que criou.

O iPhone 4 ainda é o smartphone mais vendido nos Estados Unidos, mesmo depois de mais de 1 ano do seu lançamento. Ao mesmo tempo, a HTC foi considerada culpada em um processo implementado pela Apple sobre uso indevido de propriedade intelectual. O seu presidente deveria, talvez, se preocupar em encontrar maneiras concretas de criar bons produtos ao invés de ficar fantasiando sobre o mercado.

Enquanto ninguém mais inovar e apresentar soluções novas, será a Apple que continuará ditando as regras do mercado. Ela é o que é hoje porque a concorrência é fraca.

via Cult of Mac

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.