Notícias

Locationgate: Apple deverá enfrentar na justiça processo coletivo de 27 mil coreanos

Quando se pensava que o caso locationgate (ou seja, o escândalo exagerado pela mídia sobre o bug que gravava por onde o iPhone passava) tinha se resolvido completamente, uma notícia vinda da Ásia promete dar trabalho aos advogados da Apple. Isso porque uma ação coletiva está pedindo indenizações de um total de 25 milhões de dólares na Coreia do Sul.

O problema (para a Apple) começou quando, na época, um coreano conseguiu ganhar na justiça uma indenização de US$946 por que “seu iPhone estava registrando sua localização sem o seu conhecimento”. Muitos consideraram isso um valor muito baixo, mas quem está mais acostumado com a vida jurídica sabe que isso abria um precedente perigoso.

Pois foi isso o que aconteceu: 27 mil coreanos (incentivados por um site) entraram juntos em uma ação coletiva, pedindo cada um aproximadamente o mesmo valor de indenização (US930), o que custaria uns 25 milhões de dólares para a Apple.


Site sueapple.co.kr

E o pior, este número pode aumentar ainda mais, pois a Coreia é um dos maiores consumidores de iPhone e iPad. O caso deverá ser julgado pela corte até novembro.

A Apple deve conseguir se defender, provando que as informações sempre foram anônimas. Caso contrário, isso pode ser o caos na comunicação móvel, pois não existe marca de smartphone hoje em dia que não envie informações de localização para o servidor. Não é, Google?

via Engadget

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados