Aplicativos

Aplicativo facilita a consulta por preços de remédios no país

Um recente levantamento do PROCON constatou que os preços dos remédios no Brasil, entre genéricos e de laboratórios, podem variar de até 100% de valor. Por causa desta desinformação, o consumidor às vezes paga muito mais por um produto que poderia ter por um preço menor, com a mesma composição química. Foi para resolver este problema que a MedPhone criou um guia de Preços de Medicamentos no Brasil.

Com o aplicativo, é possível conferir a média de preços de mais de 21 mil medicamentos, possibilitando que você procure alternativas mais baratas a ele.

Junto com os dados do medicamento, a ficha traz uma lista de similares, para o consumidor (ou até o médico que prescreve) possa decidir por uma opção com menos custos. Os preços são por Estado, que você configura no próprio aplicativo.

E um dos pontos fortes do aplicativo é que a base de dados está toda incorporada nele, não precisando de conexão internet.

Ideal para médicos, que podem prescrever os medicamentos de acordo com a realidade dos seus pacientes. Ideal para farmacêuticos, que terão na mão todos os medicamentos, apresentações e preços. Ideal para os demais profissionais de saúde, que lidam com pacientes que utilizam tais medicamentos. Ideal para VOCÊ, que vai conseguir saber o valor do medicamento que vai comprar, além de ter uma ferramenta que pode ser utilizada para ver se o preço está ou não vantajoso.

O Preços de Medicamentos pode ser adquirido na App Store (link) pelo preço de $4,99. Não está adaptado para iPad, mas roda normalmente em versão ampliada.

Se você realmente se interessou pelo aplicativo, iremos publicar 5 códigos promocionais neste sábado no nosso Twitter. Se você quiser um, deverá ficar ligado nele. 😉

Caso você ainda não saiba o que sejam códigos promocionais, não deixe de ver nosso tutorial.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados