iPadNotícias

Apple Brasil volta atrás e muda a tradução de sua página a respeito do iPad 2

Parece que a repercussão gerada pelo ‘fininho e levinho’ (leia “Fininho, levinho e rapidinho: página da Apple atualiza informações em português sobre iPad 2“) na tradução da página brasileira do iPad 2 provocou a despedida de alguns estagiários na Apple Brasil. Desde ontem, a versão brazuca adotou a mesma linha de comunicação de Portugal, chamando o novo tablet de forma menos coloquial, como ‘mais fino, mais leve‘.

O que você achou da mudança de tradução? Prefere um linguajar mais informal e regionalizado ou é melhor a tradução literal da versão americana?

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Fernando Souza

    Prefiro a forma atual, da outra maneira ficou muito domestico..

    • Gustavo Parrini

      E a forma atual é mais selvagem? (não deu pra não perguntar)

    • Thyago Leão

      Era estranho ler da outra maneira, parecia “meio forçado” a definição do iGadget. Assim ficou bem melhor!

      • Caio

        Eu acho que parecía mais amigàvel a nossa cultura principalmente pra mim que trbalho com marketing a forma anterior atrairí muito mais os consumidores

        • Poxa também acho, achei algo bem “brasileiro”, gostava do anterior.

        • Nina

          Depende do consumidor porque, pra mim, aqueles “inhos” funcionaram como repelente.

        • Claudio Viana

          Essa coisa de diminutivo: “fininho, levinho etc. dá um ar de inferioridade ao produto. Achei q o Caio q trabalha com marketing deveria ter essa sensibilidade inerente à sua profissão. Sem contar q “levinho” o outro tbm é.

  • Luciano

    Formal!

    • Nina

      Formal? Eu diria forma correta, pois “thinner, lighter e faster” são comparativos.

      Se vc diz que o iPad2 é fininho, vc não está o comparando a outro, mas sim dando uma qualidade/característica a ele. E a ideia original não é essa, mas sim dizer que o iPad 2 é mais fino, mais leve e mais rápido que o iPad anterior.

      • MP

        10!

        • Claudio Zago Belem

          Acertou em cheio. Eu já estava aqui me lembrando do fast, faster e fastest.

      • Leo Freitas

        Boa!!

      • Marcelo Lagrotta

        Comentário perfeito!

      • Claudio Viana

        You got it. Exato.

  • Renato Montini

    Eu achei legal a Apple tentar se adaptar ao jeito brasileiro..

  • Dirceu Escobar

    Eu acho mais legal como tava mesmo!!!! =)

    • Renato

      Eu tinha gostado como estava. Poderia ter deixado. Apesar que realmente do jeito que estava não indicava que era mais fino que o atual.

  • Com certeza prefiro esta tradução, rs.

  • Nesse caso achei até que ficou melhor assim do que antes, mas acho que a Apple pode sim olhar com mais carinho nas próximas traduções.
    OFF: deviam aproveitar pra atualizar algumas partes do site, a área que fala dos revendedores autorizados faltam alguns, tipo a iPlace e a Fast Shop.

  • Diogo Melo

    Eu prefiro mais informal (fininho, levinho)…
    Deixa a marca mais próxima do público jovem…

    • McKoe

      Fininhu… levinhu…

      • Moondark

        Finim, levim, rapidim.

        • Gabriel

          Finim, levim, rapidim e pra comprar vai vender um rim.

          • Edney

            hahahaha

  • Jardel Mattos

    Prefiro o fininho…

    De certa forma deixa os consumidores mais próximos da marca.

  • Marco Aurélio Azambuja Lima

    Para este caso, eu prefiro o texto mais formal, pois da maneira como estava parecia um brinquedinho. Esta tag eu ainda não conhecia #estagiariodetected…. muito bom.

    • Juarez

      Concordo! me soa, também, meio que
      pejorativo!

  • Joarez

    Formal, sempre. Informal só na conversa Entre pessoas íntimas. Boa Apple, rua pra eles! Pessoas assim ameaçam a imagem da empresa.

  • charlesrubowski

    Olha, é questão de opinião mas acho que fica mais elegante.
    O coloquial fica pro atendimento na loja.

  • Jonei

    Acho interessante eles tentarem inovar, sem depender da sede! Mas devem manter essas mudanças!
    Para ser sincero eu tinha achado bem familiar a frase anterior!
    Mas se jobs bolou, então volte a perfeição da Apple!

  • Cleyton

    O problema com a representação antiga é que dava à velocidade um status de pouca melhora. Se eles tivessem escrito “fininho, levinho e rapidíssimo” talvez soasse melhor, mas também seria exagerado. Seja lá quem alterou esta frase, fez certo do ponto de vista “marketeiro” em minha opinião: não colocou “peso” em nenhuma das alterações propostas no produto.

  • Gibaltrais

    Do jeito que está agora, logicamente! Afinal, estamos falando da Apple. Deixemos os “fininhos”, “levinhos” (e outros “inhos”) para os Ching Ling da vida.

  • Bruno

    Fininho o 1 já era (tanto que usavam esse argumento para vendê-ló no início). Levinho, se o 2 é, o 1 é também, pois a diferença é de 10%, o que não faz o primeiro pesado.

    Portanto não se trata só de estilo de linguagem. A versão do chefe passa muito mais informação do que a do estagiário. 😉

    • Bruno

      Mas acho que ficaria ainda melhor, mais Apple, se fosse:

      Mais fino. Mais leve. Mais rápido.
      Face Time. Smart covers. 10 horas de bateria.

  • Vitor Sá

    Eu tinha gostado da outra forma, mais informal, tinha uma maior aproximação da marca com os clientes, como já disseram aqui. No inicio estranhei, mas depois passei a gostar.

  • rozzenno

    Sem dúvida alguma a formalidade é mais aceitável, é mais fina, mais leve e mais chic combina mais como o produto, esse negócio de diminutivo me dá urticária, fininho, levinho, bichinho, coitadinho, enfim pessoal, nada contra mas no caso de um produto desse porte a formalidade só tem a acrescentar, uma vez que o produto não tem pretensão de público específico.

  • JanjaBoy

    Acho que ficou “caretinha” 😉

    Sempre tive a impressão que o genial Steve Jobs é um cara muito careta. Vai saber, né? O cara é cheio de nó pelas costas…..

    • HAHAHAHAHA!! Gostei!

      Mas Janja, pensa bem: Desse jeito ficou melhor mesmo, porque não deixa ambiguidades e também explica bem a situação. Ele é mais fino e mais leve que o anterior. Fininho e Levinho não explicam o que o departamento de marketing desejou explicar desde o início.

      Abraço!

    • Fininho? Levinho?

      Não, obrigado!

      (Janja, isso pega.)

      • JanjaBoy

        Hahahahaha!!
        Vou cobrar direitos autorais!!
        Vou colocar “copyright ©”

  • Walter Junior’

    pros minerin, axo q a otra raducaozin ficava miózin….

    • Walter Junior’

      **traducaozin**

  • Everton

    Do outro jeito estava péssimo, assim fica infinitamente melhor!

  • Para falar a verdade, eu gostaria de saber quando será lançado no Brasil 😛 . Pouco me importa o linguajar!

    • JanjaBoy

      Hahahahaha!!!
      Isso é verdade. 😉

  • Helbert

    Lógico !
    No outro tópico eu havia comentado como ficou “fresquinho” a tradução.

    Era questão de bom senso….

    Aposto que a tradução foi coisa de estagiário.

  • Eu ia gostar muito se fosse “baratinho”

    • Leo

      Concordo com vc!hehe

      • nrunner

        um outro “inho” que queria ver era “presentinho!”.

        ou, “sortudinho” se o BDI lançar um concurso para o novo ipad xD

  • Eduardo

    A antiga simplesmente estava passando a idéia de tradução errada.

    Fininho ele era no primeiro. A escrita em inglês queria passar a idéia que ele estava mais fino que o primeiro. Portanto, quem traduziu inicialmente errou feio

    • Nina

      Concordo plenamente!

  • ithiago

    Melhor agora, antes tava parecendo um baseado!! Haha fininho,levinho, rapidinho!!

    • JanjaBoy

      Hummmm….. 😉

  • Gerson

    Os “inhos” tinham a cara da irreverência simpática do nosso povo, diferenciando o produto da formalidade adotada pelos outros fabricantes.

    • JanjaBoy

      É mais “Apple” e menos Steve Jobs.

  • Marcelo

    Injusto… Fui eu quem descobriu isso primeiro e mandei para blog através do twitter @marcelowireless ainda ontem… ^^

    • Rafael Costa

      As pessoas tem que saber que TODO mundo tem acesso ao site: apple.com.br! Saiba que se você descobriu algo novo, provavelmente outros também já descobriram, você não é do WikiLeaks, isso não é confidencial, não foi só você que descobriu isso! Sacou????

      • Marcelo

        Rafael Costa, não precisava ser tão “agressivo” assim, pois não sei se você percebeu, mas o comentário foi escrito de forma que servisse apenas como descontração. É obvio que eu sei que o apple.com.br é um domínio público, tanto por isso que eu consigo acessá-lo.

    • Cleberson

      OH meu deus, chamem o jurídico, que injustiça :O

      • Marcelo

        Cleberson, assim como o Rafael Costa, não precisava da ironia. Se não conhece bem o nosso idioma a ponto de compreender uma oração com tom descontraído, nem comente sobre ela.

    • O mundo é injusto mesmo, Marcelo.

      • O Twitter não é confidencial????

      • Marcelo

        Valeu iLex, felizmente nesse mundo ainda existem pessoas que realmente compreendem o idioma nativo, por isso que gosto desse Blog. Excelente matéria! Abraxx…

        • Bruno

          Marcelo, fica a lição, ironia não é fácil de passar por escrito. Muitas vezes vai parecer claro na sua cabeça, mas será mal interpretado. Por isso, use as carinhas! 😉

          • Marcelo

            Valeu Bruno pela dica, realmente carinhas são mais fáceis para os menos intelectuais interpretarem. Abraço. 😉

            • Pedro

              Quem estava falando sobre “agressividade”? Só pq vc é arrogante não quer dizer que é intelectual =D

            • Marcos

              Menos intelectuais??!! A pessoa fala besteira sem deixar explícito nenhum tom de ironia na frase e ainda quer chamar quem não entendeu de menos intelectual…

  • Algus Helm

    A primeira era mais informal e dava um ar de intimidade…

    Prefiro a primeira…

  • Luciano

    Seja a tradução como for, vai demorar uma eternidade pro “levinho” chegar aqui mesmo…

  • Raquel Brandão

    Não gosto de NADA no diminutivo. Parece ironia, sei lá! Prefiro assim.

    • JanjaBoy

      Essa sua frase daria um compêndio de psicologia.
      Freud explica! 🙂

      • Bruno

        Kkkkkkkkkkk!! :p

  • Fernando

    Juro que tinho ficado com certo desconforto com a primeira tradução.
    Vamos para uma linguagem escrita mais adequada.

    Parabéns Apple. Errar é humano, se corrigir é nobre.

    De informalidades e ataques a lingua portuguesa chega o molusco sem dedo que já se foi.

    • Bruno

      E foi tarde!

      • JanjaBoy

        Não acho!

        • Alex iPilot

          Também não acho, aliás, você, eu e mais 80% da população, hehehe… 😉

          • Bruno

            E Hitler tinha 90%! Chaves é reeleito todo dia… Morales tb… Enfim, a cumpanherada toda…
            Se aprovação popular bastasse… 😉

        • Bruno

          Pô, Janja!
          Sei que o espaço aqui não é pra discussão política, mas até agora eu te achava um cara bem inteligente, tem um enorme senso crítico, é ateu, não cai em um monte de historinha, etc… Mas defender o molusco foi osso…
          Abs

          • Vocês estão comentando sobre política aqui ou é impressão minha?

            • JanjaBoy

              Desculpa iLex, eu estou com um “O seu comentário está aguardando moderação. ”
              se você puder passar direto para o e-mail do Bruno, agradeço.

              Janja

          • Aliás, Bruno, dizer que alguém não é inteligente só porque não tem a mesma posição política que você, é o cúmulo da prepotência. Além de ser coisa de gente não inteligente. 😉

            • Bruno

              iLex, você tem razão (como sempre)! Me perdoe a falta de respeito às regras do blog.
              E pode passar meu email para o Janja, é que esse assunto é muito bom de se discutir! 😉

  • Daniel Taiguara

    Fininho levinho parece coisa para criancinha ! aff……..

  • Homero Machado

    Finin, levin, rapidin dimais da conta sô. Aqui in Goiais nois gosta é assim…
    Kkkkkkkkkmkkkkkkkkk

  • Bem melhor assim…

  • Cleberson

    Tudo bem querer usar uma linguagem mais “abrasileirada”, mas fininho e levinho não tavam legal… Davam muito um ar de “brinquedinho”.

    Pode até ser um slogan (traduzido) bem brasileiro, mas não quer dizer que tem que ser extremamente abrasileirado, e muito menos a Apple Brasil “inventar” outro slogan. A criatividade da Apple Brasil ainda não supera a da Apple US.

  • Vitor Hugo Cruz

    Acho que a segunda versão ficou melhor.
    A ideia de comparação faz com que você prefira o iPad 2 ao iPad atual.

  • Bruno Ribeiro

    Caraca, incrível como tem gente tão obcecada, que se não for traduzido ao pé da letra, do jeito que o Jobs escreveu, o produto fica até pior, não tem mais o mesmo brilho. Então façam o seguinte: não acessem mais o site brasileiro e selecionem o idioma inglês no dispositivo. Aí sim, vai ficar tudo original. Afinal de contas, nossa língua é um lixo mesmo. O “ingrês” que é bom!

  • Versão americana

  • Guilherme

    O atual.

  • Ederlon Soares

    Eu gostei. Queria ser estagiário da Apple Brasil 😉 kkkkkkkk

  • Mario

    Gostava mais da antiga. Era a mais brasileira

  • Marcus Malacarne

    Eu particularmente prefiro essa versão atual. O antigo fininho e levinho me parecia uma descrição de um brinquedo de criança, não algo a altura do iPad.

  • Alex iPilot

    Dessa forma fica melhor porque há uma comparação direta com o modelo antigo… A primeira forma poderia ficar com o iPad 1, que aliás sumiu no site…

    Não sei se já comentaram mas a Apple manteve apenas o nome iPad, sem fazer diferenciação com a primeira versão, não acrescentou nem número nem letras, como faz com o iPhone… Preferiria que houvesse mudado algo. Mantendo o mesmo nome, dá a impressão de que o iPad anterior foi “abandonado”…

    • Bruno

      Alex, juro que não entendi… Como não colocaram número se chama iPad 2? Por que é diferente do iPhone 4? Abs

      • Alex iPilot

        Repare bem nas páginas do site da Apple… O número 2 só aparece quando é preciso comparar com o iPad original, inclusive no polêmico título, quando diz que é mais leve, fino, … Nos textos fica sem o número: iPad é isso, iPad é aquilo… Também não há número nas caixas… Compare com os modelos de iPhone.

        Parece ser a mesma estratégia do iPod, não é? Daqui a pouco vamos ter que falar 1ª, 2ª, 3ª geração…

        • Bruno

          Agora te entendi. Verdade. Tá com jeitão de iPod, tanto que no site, no final da página do iPad, tem um: “Saiba mais sobre o
          iPad de primeira geração”…

  • Michel

    Eu tinha gostado do “jeitinho brasileiro” que eles haviam adotado antes.

  • Reginaldo, Santos

    Novo iPadin2, finim, bunitim, jeitozim, levim, rapidim, baratim e facim de ficar paxonadim.

    • Marcelo

      Agora só falta juntar o dindim…

    • JanjaBoy

      Se é “novo iPadin” nem precisa do “2”
      😉

  • Eu acho q tava tosco do outro jeito, mto forçado, e nao se aproximava nada do publico. Sem falar q era fininho, levinho e ‘mais rapido’, em vez de rapidinho pra se igualar com o resto da frase, pra que ser meio coloquial/meio formal?

  • Bruno Ferreira Lindenberg

    O BlogDoIphone é o mais popular sobre iOS do Brasil. Se de vez em quando algumas coisas deixassem de serem deitas a Apple poderia estar muito melhor em relação ao Brasil. Tipo a luta pelo Bumper: a Apple não vai liberou para o Brasil porque é a mesma coisa de um pai que esta no shopping e o filho quer por quer um brinquedo e começa a chorar, o que ele faz? Vai embora do shopping pras outras pessoas nao verem o problema. é isso que acontece..

  • André

    Gosto mais da atual tradução.
    Acho que desse jeito o texto se adequa melhor às marcas “Apple” e “iPad”.
    Antes estava muito, sei lá, avacalhado.

  • Lucas P.

    Eu prefiro do jeito que esta agora. Tipo… o uso de um linguajar mais informal e regionalizado ou a tradução “literal” varia muito em função da situação em que é usado.

  • Smile

    Com certeza esta. Primeiro por se tratar de uma empresa (uma grande empresa) o linguajar deve ser digno de tal. Segundo porque como já disse uma pessoa quando se diz mais leve é feita uma comparação com o Ipad antigo e levinho não.

  • Renato

    Pra mim o “inho” dá uma certa diminuída no atributo…
    Fininho, beleza, mas rapidinho pra mim é tão rápido assim! Hahahah

    E, embora não tenha muito a ver, isso me lembrou um erro grotesco que a Pizza Hut fez aqui em Fortaleza em não pesquisar régio aliamos quando trouxe uma massa fina e a propaganda “pensa na fininha” que aqui pode ser traduzido como “pense na diarréia”
    Hahahahahahahaha

  • Sergio

    Informal !!
    Dava a impressão de ser mais voltado a nós, brasileiros.

  • Leandro Melo

    Tanto faz a linguagem utilizada, como todos aqui são fãs vão comprar de qualquer jeito, o baratinho seria O diferencial, porém o “problema” não é o preço mas sim o quanto ganhamos. 😉

  • Reinaldo P.

    Caros coleas,

    Também prefiro como está agora mas se notarem quando entrarem na página falando sobre o iPad 2 o “Hint” da imagem ainda continua com a tradução antiga!!. Acho que o estagiário teve uma segunda chance mas não resolveu! 🙂

    Acessem a página http://www.apple.com/br/ipad/ e parem com o mouse em cima da imagem do iPad.

    Abraços.

  • Bruno

    E atualizaram mais ou menos! Em http://www.apple.com/br/ipad/ipad-first-generation/ ainda aparece o “finim, levim…”!

  • Bruno Araujo

    Ainda bem que mudou, porque estava muito gay aquela tradução!

  • Julio Souza

    O importante é que o Ipad ficou mais fino, levinho e menos devagar.
    rsrsrs

  • Marco Ewald

    bem melhor agora

  • Junior

    Melhor agora. Pelo menos o paralelismo sintático foi mantido.

  • Adalberto Vilela

    Prefiro assim. “Fininho, levinho” não caiu muito bem.

  • Marcus Alcazas

    O pessoal da apple é inteligente, palavras tem um forte poder de convencimento, colocar diminutivo em frases relacionadas aos seus produtos foi uma má idéia, o marketing foi esperto e consertou em boa hora.

  • Leandro

    Prefiro essa maneira mesmo: com o mais. O diminutivo da uma idéia de informalidade bem maior.

  • Acho que “Mais fino, mais leve” remete a uma comparação com alguma coisa. No caso o modelo anterior.

    Fininho e levinho é relativo… e nem um pouco cara de Apple.

  • Will Jarno

    eu também prefiro assim, só sinto pena dos estágiarios

  • D4n

    Fininho, levinho e rapidinho… Isso é coisa de produto pirata! Ching Ling!

  • Madmediphone

    Ficou melhor aos ouvidos.
    Em tempo alguém esta tendo problemas com iOS 4.3 no 3GS ?

    • Roberto

      Como Português e leitor deste Blog, assim como outros sítios brasileiros, o anterior título era deveras difícil de entender para qualquer português! Claro que o sítio da internet da Apple em questão é para Brasileiros e não para Portugueses, mas de facto numa altura em que as nossa língua se esta a conectar com a entrada (finalização) do acordo ortográfico, e onde os Portugueses adoptaram algumas palavras “do português brasileiro” acho interessante o povo brasileiro ajudar os portugueses a atender também melhor a sua forma de falar e escrever! Quando li “fininho e levinho” eu nem queria acreditar! Para mim tinha sido um título demasiado popular e pouco profissional, não falando do que já foi dito aqui sobre a comparação com o anterior modelo iPad! Imaginem que fui procurar se a palavra levinho existia no Português, pois desconhecia a sua utilização! De facto a palavra pode ser utilizada, mas em Portugal ninguém a usa. Isto é só uma curiosidade.

      Quanto mais formal for o brasileiro mais ele se parece com o português e para nós é muito fácil de entender.
      Se ele for muito popular é mais fácil por vezes ler por vezes espanhol ou inglês! Falo em ler, porque ouvir já é muito fácil e intuitivo.

      Atenção que isto é apenas uma opinião baseada naquilo que eu gostaria que acontecesse, respeitando contudo a natureza do Português do Brasil.

      Pessoalmente gosto deste blog porque o Português escrito é muito fácil de ler de forma fluída.

  • Roberto

    Fininho ! Levinho ? Que papo ridículo . Parecia propaganda de absorvente íntimo . Agora esta como deveria estar desde o inicio.correção apropriada.

  • Cezinha Galhardo

    Em geral prefiro a tradução levando em conta aspectos locais. Mas nesse caso “Fininho e Levinho” ficou muito tosco. Os gadgets da apple não são “inhos”.

  • Melhor na segunda forma. É sempre bom manter a formalidade na escrita.

  • Martinezrj

    Fininho e levinho??? Esse termo não combina com a Apple.

  • Lucas

    A Apple sempre foi famosa por toda a sua “pompa”, categoria e estilo! A frase: “Thinner. Lighter. Faster.” se encaixa totalmente nos padrões da empresa! Eu ainda seria mais fiel, algo como: “Mais fino. Mais leve. Mais rápido.”
    Mas de todo jeito, ficou muito melhor!
    O pior é que tem muita gente que não entende o jeito de ser da empresa… Vi alguns dizendo que seria bom se eles parcelassem em até 48x!!
    Quer um exemplo do que estou falando? Compare o comercial do New Beetle na Europa e no Brasil.

  • Afonso

    O problema do “fininho, levinho…” é que ele não passa a idéia original de que ele está mais fino e mais leve que o iPad 1, que também é fininho e levinho…

  • Afonso

    Mas que eu saiba, estagiário não dá a última palavra em nada.

    Coitado é do diretor de artes.

    • Olha aí, mais um que não entendeu a piada.

  • Afonso

    rs